Folha Dirigida Entrar Assine

Rede Pague Menos expansão gera 150 vagas em cargos de 2º e 3º graus. Vários locais


Com previsão de crescimento, a rede de farmácias Pague Menos será responsável pela geração de novos postos de trabalho no estado. A rede, que já possui diversas unidades no Rio de Janeiro, pretende inaugurar, ao longo de 2015, mais sete lojas e, com isso, gerar, aproximadamente, 150 oportunidades de emprego em funções como auxiliar de farmácia, operador de caixa, auxiliar de serviços gerais e farmacêutico.

De acordo com o gerente de operações da Pague Menos, Glauber Araújo, a seleção de novos funcionários é realizada constantemente pela empresa, tanto em função das novas unidades como para o preenchimento do quadro de colaboradores das lojas já existentes. O processo
seletivo também é aberto a profissionais com deficiência. Os interessados em concorrer aos cargos de auxiliar de serviços gerais e operador de caixa devem possuir o ensino médio completo. Para estes dois cargos, não é feito exigência de experiência, dando chance para quem está em busca do primeiro emprego. Para a função de auxiliar de fármacia, também é necessário ter o nível médio, além de seis meses de experiência na área.

Já o candidato a farmacêutico deve possuir o nível superior em Farmácia e registro no Conselho Regional de Farmácia (CRF) ativo. A seleção dos candidatos é feita através de análise curricular e entrevista. Segundo o gerente de operações, os selecionados já podem ser encaminhados para o preenchimento de vagas nas lojas existentes. Para as novas unidades, a seleção deve acontecer no mês de maio. "No momento, já há previsão de abertura de duas farmácias da rede, sendo uma no bairro da Taquara e a outra na cidade de Itaperuna. Essas inaugurações devem acontecer daqui a 60 dias", informa.

Ainda de acordo com o gerente, os novos colaboradores passam por um treinamento de integração, onde é apresentada a empresa, além dos valores e a missão. Há, também, um treinamento prático com o gerente da loja na qual o profissional irá atuar. "Além dos treinamentos iniciais, existe uma grade de treinamento anual para todos os setores da empresa. Há, por exemplo, um curso de educação, o Educafarma, ministrado por farmacêuticos, voltado para funcionários de outras funções que desejam ser promovidos para o cargo de auxiliar de farmácia", diz.

Glauber Araújo informa, também, que os funcionários contam com chances de crescimento, com 90% dos cargos de liderança da empresa sendo preenchidos por profissionais que já atuavam na rede e foram promovidos. "Como exemplo, temos uma funcionária que trabalha atualmente como supervisora de 13 lojas. Ela inciou na empresa como operadora de caixa e alcançou a atual função através de promoções internas", explica.

De acordo com a rede, a jornada de trabalho a ser cumprida é de 44 horas semanais e o salário oferecido é de acordo com a função. Os profissionais recebem, também, benefícios como plano de saúde e vale-refeição, além do vale-transporte. Não há um prazo final para inscrição, pois a empresa recebe cadastros constantemente.  A rede de fármacias já possui unidades na capital em bairros como Tijuca, Meiér, Madureira, Recreio, Barra da Tijuca, Botafogo, Copacabana, Ilha do Governador, Vila Isabel, além de lojas nas cidades de Niterói e Campos dos Goytacazes. Segundo a rede, em todo o Brasil, é prevista a inauguração de 90 lojas, gerando, aproximadamente, 2 mil postos de trabalho.

Os interessados devem enviar currículo para [email protected]  ou [email protected] É desejável mencionar o cargo pretendido no assunto ou, no caso de vagas para deficientes, colocar PCD no assunto.




 
 

Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações