Aprender Inglês ou Espanhol é importante para se recolocar em 2021?

Em entrevista à Folha+, a Head de Talentos da Skore fala sobre a importância de uma segunda ou terceira língua nos processos seletivos.

22/01/2021 17:00

Por: Bruna Somma

22/01/2021 17:00 - Por: Bruna Somma

O ano de 2021 traz a esperança da recolocação no mercado de trabalho para milhões de brasileiros desempregados. Mas será que aprender Inglês ou Espanhol ainda é importante para conquistar uma vaga?

De acordo com a Head de Talentos da Skore, Cibele Stefani, a maioria das empresas tem a Língua Estrangeira como requisito para ingresso. Sobretudo, o Inglês.

A Skore é uma startup especializada em desenvolvimento e treinamento para grandes corporações, através de uma plataforma inovadora para o aprendizado digital.

Em entrevista à Folha+, Cibele destacou que saber Inglês continua sendo importante para entrar no mercado de trabalho. Principalmente, em comparação ao Espanhol e a outras Línguas Estrangeiras.

“Muitas empresas precisam de colaboradores que possam se comunicar com parceiros e clientes em todo mundo. E o Inglês continua sendo a língua mais utilizada”, apontou a profissional.

Domínio do Inglês continua como um dos requisitos para muitas empresas
Domínio do Inglês continua como um dos requisitos para
muitas empresas (Foto: Divulgação)

 

Ter uma segunda ou terceira língua no currículo é relevante. Na opinião de Cibele Stefani, o Espanhol só é válido para empresas cujo público domine esse idioma. Como por exemplo, em países da América do Sul e da Europa.

“O peso só se torna relevante se a empresa precisar do Espanhol para atender clientes e parceiros que tenham o Espanhol como primeira língua”.

Sobre a importância de Inglês ou Espanhol no currículo, a especialista não hesitou em afirmar: “Na maioria das vezes é melhor ter alta proficiência em Inglês do que ter dois idiomas”.

enlightenedComece a estudar um novo idioma agora mesmo!

Inglês ainda é a língua mais solicitada, diz especialista

Questionada sobre outros idiomas que os recrutadores procuram nos profissionais, Cibele Stefani citou o Mandarim para casos específicos. Porém, segundo ela, o Inglês ainda é a língua mais requisitada no mercado.

“Em posições muito específicas, o Mandarim pode ser exigido. O Inglês seguido do Espanhol continuam sendo as línguas mais solicitadas”, apontou a Head de Talentos da Skore.

Mas é necessário ter um nível de proficiência alto ou fluente para conseguir uma vaga no mercado de trabalho? De acordo com Cibele, não. A especialista detalhou que as empresas continuam aceitando profissionais com nível básico. Porém, fez um alerta:

“Quem não investe no Inglês como segunda língua acaba perdendo muitas oportunidades comparado às pessoas que têm o idioma como segunda língua”.

A Head de Talentos da startup conclui que ter o Inglês como segunda língua abre inúmeras possibilidades de recolocação, já que o modelo de trabalho remoto se tornou mais popular no mundo todo desde a pandemia do novo Coronavírus.

“Brasileiro que tem o Inglês como segunda língua consegue ter mais oportunidade de trabalho não apenas aqui como em outros lugares do mundo”. 

O que + você precisa saber sobre Inglês no mercado de trabalho:

Aprender Inglês é meta para 40% dos brasileiros em 2021

Algumas empresas de renome, como Danone e Mondelēz (dona da Lacta e Bia) já abriram processos seletivos para estagiários sem a obrigatoriedade do Inglês. No entanto, aprender o idioma continua como uma das metas para 2021 de 40% dos brasileiros.

Conforme uma pesquisa feita pela 7Waves, plataforma que auxilia na organização de metas, 40,2% das pessoas que estabeleceram um propósito para 2021, querem aprender Inglês.

Outra pesquisa desenvolvida pela Worldpackers mostrou que, entre março e dezembro de 2021, seis em cada dez brasileiros já têm viagens programadas para o exterior. Desse total, 20% das viagens foram planejadas com a intenção de aprender o idioma.

"Ainda é cedo para falar, mas temos vislumbrado um aumento das matrículas dos cursos de Inglês, justamente para pessoas que estão planejando um intercâmbio ou morar fora", avaliou Leiza Oliveira, CEO da Minds Idiomas.

Grande parte dos brasileiros já entendeu a importância do Inglês no currículo para recolocação no mercado de trabalho. Para quem ainda está em dúvida, veja cinco motivos para aprender o idioma:

  • Inglês abre fronteiras;
  • É um diferencial dos concorrentes;
  • Possibilita salários mais altos;
  • Proporciona maior estabilidade nos cargos;
  • Cria mais oportunidades no mercado de trabalho.

E, você, o que está esperando para começar a estudar Inglês ou outra Língua Estrangeira? A Open English tem diversas ofertas de cursos. Confira!

Botão com link para newsletter

Quer receber mais conteúdo como este?

Cadastre-se para receber e-mails com asnotícias em destaque da semana, com dicas de Carreiras, vagas de empregose muito mais!

Buscador de empregos

Milhares de oportunidade de emprego grátis