Recrutamento e seleção: descubra quem é a Revelo e como funciona

O que torna a Revelo uma plataforma diferente é que são as empresas que vão atrás do candidato. Confira!

26/11/2020 11:08

Por: Audryn Karolyne

26/11/2020 11:08 - Por: Audryn Karolyne

A Revelo já acumula R$ 90 milhões em investimento e mais de 80 mil seguidores no LinkedIn. Ela também já esteve na lista das 50 startups mais promissoras da Forbes e foi uma das 30 convidadas no mundo inteiro pelo Google para passar um tempo no Vale do Silício. Mas esses números não são o que há de mais importante para seu co-fundador, o engenheiro químico Lucas Mendes. Para ele, o mais importante são as pessoas:

“Não gosto de medir o sucesso das empresas pelo investimento que elas conseguem”, afirma o empreendedor. “Me sinto muito orgulhoso que, em todos os meses, a gente impacta a vida de milhares de pessoas.”

A vontade de Lucas Mendes de criar uma empresa de recrutamento especializado diferente das tradicionais é paralela com sua própria trajetória. Ele trabalhou apenas por seis meses como engenheiro para depois passar pelo mercado financeiro e chegar até mesmo ao cargo de diretor de Marketing antes de ir para Stanford fazer um mestrado. Ele percebeu que era algo típico da sua geração mudar muito de carreira do que para as gerações anteriores.

O ano era 2014 e o desemprego no Brasil começava a crescer. O que chamou sua atenção foi que havia muitas pessoas desempregadas, mas ainda assim os recrutadores encontravam dificuldades para contratar. Nasce, então, o serviço de consultoria Revelo para fazer essa ponte entre vagas e empregadores.

Lucas Mendes conversou com o CEO da Folha Dirigida sobre como isso impactou no surgimento da Revelo e como é trabalhar na empresa no podcast do Folha+, o POD+. Você pode tanto ouvir o podcast quanto ler o que foi discutido nesse post, ok?

Aqui você pode conferir o episódio na íntegra. Então, dá o play!

Quem é a Revelo?

A Revelo é a maior empresa de recrutamento e seleção da América Latina. Ela se baseia em recrutar profissionais de forma simples, ágil e humanizada. Lucas Mendes, seu co-criador, considera-a uma plataforma de carreiras que também trabalha com capacitação.

 

Lucas Mendes, co-fundador da Revelo
(Foto: Thays Bittar)

 

O que ele notou e o incentivou a atuar na criação da startup foi que faltava justamente uma maior capacitação dos candidatos para serem contratados e que esse era o grande gap entre ter tantas pessoas desempregadas ao mesmo tempo que os recrutadores alegavam não encontrar o que procuravam.

Outro grande diferencial da Revelo é que, ao contrário das plataformas de emprego tradicionais, é a empresa que procura o candidato. Ou seja, a organização solicita alguém com um determinado perfil e a Revelo encaminha aquelas pessoas que eles acreditam que se encaixe à vaga. O volume de currículos acaba sendo menor, porém mais direcionado. 

A plataforma também é excelente para quem está buscando uma recolocação ou mudar a área em que atua, algo cada vez mais comum. Ela funciona da seguinte forma:

  • O candidato seleciona a carreira em que quer ingressar
  • Se ele não tem experiência, a Revelo vai encaminhar alguns testes para testar seus conhecimentos na área
  • Se ele já tem experiência, a Revelo vai medir o nível da atratividade do currículo e sugerir alguns cursos para a aumentar

Com o intuito de tornar essa capacitação mais acessível, a startup chega a financiar esses cursos para o candidato e, no final, ele paga parcelado. Em alguns casos, às vezes, as próprias empresas que contrataram chegam a bancar algumas das parcelas.

Segundo dados do próprio programa, o ReveloUp, a empregabilidade aumenta 224% depois da capacitação e o salário sobre cerca de 106%.

“A gente coloca o candidato no protagonismo, no centro do processo de busca de emprego”, destaca Lucas Mendes.

Ouça também outros episódios do POD+

Quais são as carreiras mais quentes do momento?

Para o co-fundador da Revelo, a pandemia acelerou um processo que já era natural de colocar em destaque as carreiras digitais, relacionadas à tecnologia. Elas não precisam necessariamente estar envolvidas com programação, por exemplo, apesar de essa ser uma das áreas mais buscadas por empresas. Algumas que ele cita são marketing digital e design, por exemplo.

Essas são carreiras, inclusive, que são super possíveis de se obter conhecimentos através de um curso de especialização online. Lucas Mendes acredita que, hoje em dia, esses cursos acabam preparando mais para o mercado do que uma faculdade, que tem um papel mais de formação em quem é o profissional, já que se conseguem se manter mais atualizados a demanda dos empregadores do que um bacharel ou uma licenciatura de quatro ou cinco anos.

Como trabalhar na Revelo?

O co-fundador da Revelo afirma que a empresa usa seus próprios métodos para contratar seus pessoal interno. O que ele mais gosta no universo das startups comparado  ao de uma empresa grande é a proximidade entre todos, conseguir saber quem fez cada tarefa e o ambiente colaborativo.

Se você tem vontade de trabalhar na Revelo, ele explicou algumas características da empresa que podem te ajudar como soft skills:

  • Obsessão pelo cliente
  • Tecnologia
  • Dados são mais importantes que a hierarquia
  • Trabalho em equipe
  • Disposição em ajudar
  • Resiliência

A parceria e a resiliência são fundamentais no ambiente da Revelo. “Como toda empresa passa por momentos ruins, a vida dentro da startup tem muitos desafios”, afirma, mas ele garante que as dificuldades valem a oportunidade de estar em um ambiente inovador e colaborativo. 

“A gente não deixa as pessoas na mão. Se precisar a gente pula na granada pelo nosso colega de trabalho”, explica.

Por fim, o conselho que ele dá, para quem procura trabalhar na Revelo ou em qualquer outro lugar é estar de olho nas carreiras digitais. O futuro é agora e é desses profissionais que o mercado mais tem precisado.

Ainda não deu o play? Confira aqui o episódio do POD+ com a Revelo!

Quer receber mais conteúdo como este?

Cadastre-se para receber e-mails com asnotícias em destaque da semana, com dicas de Carreiras, vagas de empregose muito mais!