Contratações com carteira assinada tem alta no país no mês de abril
Números de contratações formais cresceu no país no mês de abril, mas não supera acumulado no mês período em 2021.
08/06/2022 14:45
08/06/2022 14:45

Segundo o Ministério do Trabalho e da Previdência Social, o Brasil registrou o número de 196,9 mil empregos gerados com carteira assinada em abril de 2022. Em relação ao mês de março, o número mais que dobrou.

Em março, o número de empregos formais criados foi de 88,145 mil. Em janeiro, o índice representou 151,493 mil. Já em fevereiro subiu para 333,989 mil.

No entanto, quando o assunto é o acumulado de janeiro a abril deste ano contra o mesmo período no ano passado, o dado não é positivo. Isso porque foram 770,6 mil vagas, contra 894,7 mil no mesmo período de 2021.

Os números foram retirados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) e deveriam ter sido divulgados em maio, mas, segundo o governo, o atraso no repasse das informações ocorreu por conta de um novo processamento de dados que teve que ser realizado.

Contratações formais registrou aumento em abril deste ano (Foto: Divulgação)
Contratações formais registrou aumento em abril deste ano
(Foto: Divulgação)

Números mostram setores e regiões que tiveram mais contratações

Com os números Caged de abril de 2022 é possível verificar também os setores da economia que tiveram mais contratações. O setor de serviços correspondeu a 117,007 mil, a indústria 26,378 mil, a construção 25,341 mil, o comércio 29,261 mil. O setor agropecuário registrou demissões e fechou negativo com -1,021 contratações.

Com os números Caged de abril de 2022 é possível verificar também os setores da economia que tiveram mais contratações. O setor de serviços correspondeu a 117,007 mil, a indústria 26,378 mil, a construção 25,341 mil, o comércio 29,261 mil. O setor agropecuário registrou demissões e fechou negativo com -1,021 contratações.

Ainda segundo os dados, a região que teve mais vagas abertas foi o sudeste, com 101,209 mil. No Nordeste foram 28,813 mil, no Sul 25,102 mil, no Centro-Oeste 25,598 mil e 12,023 mil no Norte do país.

Além disso, há também informações sobre a média salarial de admissão que foi de R$ 1.906,54 no mês de abril. O valor representa uma alta, levando em consideração os valores corrigidos pelo INPC, de R$15 em relação a março, em que o valor foi de R$ 1.891,54.

Já quando comparamos com abril do ano passado, a média salarial teve queda. Na ocasião, o país possuía uma média de salário nas contratações de R$2.089,90.

Quer receber novidades sobre concursos?
Cadastre-se para receber e-mails com asnotícias em destaque da semana, dicas de preparação, novidades da Folha Dirigidae muito mais!
Newsletter