O que são soft skills ou habilidades comportamentais?

Você já ouviu falar em soft skills e sabe o que significam essas habilidades tão valorizadas pelos recrutadores? Não se preocupe, que a Folha+ te conta.

15/09/2020 08:00

Por: Audryn Karolyne

15/09/2020 08:00 - Por: Audryn Karolyne

Criatividade, persuasão, colaboração, adaptação, inteligência emocional. Essas são as cinco soft skills consideradas essenciais para as empresas em 2020, segundo pesquisa realizada pelo LinkedIn. Mas você sabe o que significam essas habilidades comportamentais tão valorizadas pelos recrutadores?

Características como essas são cada vez mais importantes e até mais procuradas em candidatos à vagas de emprego. Às vezes, até mais do que as hard skills, ou seja, as habilidades técnicas relacionadas a uma formação profissional.

5 soft skills mais essenciais, segundo o LinkedIn

Humanidade é o resumo para essas habilidades

O head de Conteúdo e Experiências da Slash Education, Fabio Correia, destaca que quanto mais você for capaz de demonstrar sua originalidade e capacidade de desenvolvimento humano, maior as chances de se diferenciar. 

Ele lembra de uma vez que contratou uma estagiária para uma vaga de designer sênior. Por que ele optou por alguém com menos experiência profissional?

“Ela me convidou para tomar um café, disse que estava sedenta para aprender comigo e levaria o bolo da mãe… Entende o que eu digo? É sobre humanidade”, explica o profissional.

Para ele, encontrar o profissional ideal, mais do que observar as hard skills ou um currículo “perfeito”, é preciso se perguntar:

  • Como o candidato se comportaria diante de um conflito?
  • Como ele trabalha em equipe?
  • Ele é capaz de mudar de ideia?
  • É um solucionador de problemas, independente de onde venham?
Fabio Correia, da Slash, destaca que quanto mais for capaz de demonstrar originalidade e capacidade de desenvolvimento, maior chances de se diferenciar
Fabio Correia, da Slash, destaca que quanto mais demonstrar originalidade
e capacidade de desenvolvimento, maior chances de se diferenciar

As soft skills na prática

As soft skills - traduzidas literalmente do inglês como “habilidade suaves" - nada mais são do que habilidade humanas e comportamentais que, muito resumidamente, representam quem você é, fazendo parte até mesmo da sua essência.

Fabio Correia a descreve como a capacidade de ser elástico, isto é, de se adaptar a diversos meios e situações. Para ele, adaptabilidade é a grande palavra do século XXI.

O Fórum Econômico Mundial divulgou o estudo "The Future of Jobs Report" , com uma lista das dez soft skills mais importantes para as carreiras do futuro até 2022. São elas:

  1. Pensamento analítico e inovação
  2. Capacidade resolver problemas complexos
  3. Pensamento crítico e analítico
  4. Aprendizado ativo e estratégico
  5. Criatividade, originalidade e iniciativa
  6. Atenção aos detalhes, confiabilidade
  7. Inteligência emocional
  8. Raciocínio, resolução de problemas e ideação
  9. Capacidade de liderança e influência social
  10. Coordenação de gerenciamento

“As soft skills são um ponto de alavanca. Ponto de alavanca são locais físicos ou imaginários em que uma pequena diferença em uma das pontas leva a uma grande diferença no fim delas”, completa Hendel Favarin, um dos fundadores da Escola Conquer.

A importância das habilidades comportamentais

Se até agora você não está convencido de que é importante desenvolver soft skills, principalmente se está em busca de uma colocação profissional, aqui vai mais um motivo: são elas que vão impedir que o trabalho que você faz agora seja realizado por máquinas no futuro.

“Em um mundo cada vez mais globalizado, tecnológico, o que vai diferenciar um profissional é a capacidade dele de ser humano. Aí que as habilidades comportamentais, que já eram importantes há 2 mil anos, ganham mais importância nos dias de hoje”, explica o fundador da Conquer.

Ele cita ainda uma pesquisa da Dell, que estima que 85% das funções profissionais que existirão em 2030 ainda não foram criadas, graças a rápida evolução da tecnologia.

Não dá para prever quais serão essas profissões ainda, mas, conforme ambos afirmam, essas características tão humanas já estão aí e já podem começar a ser trabalhadas! É preciso entender que elas já são uma tendência em alta no mercado de trabalho.

O que vai diferenciar um profissional é a capacidade dele de ser humano, destaca Hendel Favarin, cofundador da Escola Conquer
O que vai diferenciar um profissional é a capacidade dele de ser
humano, destaca Hendel Favarin, cofundador da Escola Conquer

Desenvolver as soft skills

É muito importante que você, lendo esta matéria, tenha em mente que as soft skills podem sim ser desenvolvidas. Você pode não se achar muito criativo ou talvez seja muito tímido e tenha dificuldade de se comunicar em público. Não se preocupe, pois as habilidades comportamentais podem ser trabalhadas e melhoradas.

Segundo Fabio Correia, muitas pessoas já têm essas habilidades de berço e têm muito mais facilidade com elas, mas qualquer um pode desenvolvê-las. Para ele, a melhor escola é a escola da vida. 

Algumas dicas do head de Conteúdo e Experiências da Slash são:

  • Quer desenvolver gestão? Lidere algo.
  • Quer ser criativo? Procure novas formas de fazer uma mesma coisa.
  • Quer ter inteligência emocional? Comece a perceber como reage às coisas e gere suas emoções.

“Encontrar o caminho pessoal para o autodesenvolvimento e felicidade também não deixam de ser soft skills”, destaca Fabio Correia.

Para Hendel Favarin, da Conquer, desenvolver soft skills é como tocar violão: é possível aprender sozinho, mas ter um curso, um profissional te guiando, pode ser grande ajuda.

Tanto a Slash quanto a Conquer, por exemplo, tem cursos e ferramentas, pagos e gratuitos, para ajudar a desenvolver essas habilidades já tão procuradas pelos empregadores.

Quer receber mais conteúdo como este?

Cadastre-se para receber e-mails com asnotícias em destaque da semana, com dicas de Carreiras, vagas de empregose muito mais!

Buscador de empregos

Milhares de oportunidade de emprego grátis