25% dos empreendedores tiveram a saúde mental afetada pela pandemia

Estudo inédito, realizado em junho, revela como a pandemia afetou a saúde mental dos empreendedores brasileiros. Ao todo, foram obtidas 653 respostas.

17/11/2020 11:30

17/11/2020 11:30

Com a pandemia do Coronavírus e as incertezas em relação ao futuro, temas relacionados à saúde mental dos trabalhadores vêm ganhando grande destaque nas mídias. No entanto, ainda são poucos os estudos que relacionam a saúde mental ao empreendedorismo, por exemplo. 

Pensando nisso, a Troposlab , empresa especializada em inovação, em parceria com a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), por meio do Programa de Pós-Graduação em Psicologia: Cognição e Comportamento (PPG Cogcom), realizou um estudo pioneiro sobre a saúde mental dos empreendedores durante esse período. 

Na pesquisa, que foi realizada em junho, foram obtidas 653 respostas de quase todos os estados brasileiros. O estudo contou com o apoio de instituições como Sebrae, Inovativa e Anprotec, entre outras. 

De acordo com os dados apresentados, 51,1% dos empreendedores tiveram a vida afetada pela pandemia, mas se sentem bem a maior parte do tempo. Enquanto isso, 24,9% dos entrevistados afirmaram que foram muito afetados. 

Por outro lado, 15,6% dos empreendedores entrevistados relataram a necessidade do acompanhamento e cuidados com a saúde mental e início do uso de medicamentos, como antidepressivos, ansiolíticos ou ambos nesse período de pandemia.

Segundo Marina Mendonça, sócia e diretora de cultura e times da Troposlab, a percepção de incerteza, a autoeficácia e o tipo de negócio afetam diretamente a saúde mental do empreendedor durante a crise. 

"Os sintomas de doenças psicológicas aumentam à medida que o rendimento familiar cai, ainda que com força pequena. Mas quanto mais o empreendedor percebe que possui estratégias pessoais para lidar com os desafios trazidos pela pandemia, menores são os seus níveis de adoecimento psicológico."

Saúde mental empreendedores
Mulheres apresentam maior intensidade nos sintomas
(Foto:  Pixabay)


O que + você precisa saber:


Sintomas recorrentes nos empreendedores durante a pandemia 

Ainda de acordo com o estudo, as mulheres apresentam maior intensidade de sintomas para ansiedade (28,5%), quando comparadas aos homens (22,2%); estresse (5,36%) e nos homens (5,22%); e, também, maior prevalência de depressão (10,4% para mulheres e homens 3,4%).

O relatório apresentado afirma que 80% dos empreendedores apresentam níveis baixos de estresse, ansiedade e depressão, enquanto cerca de 4% a 6% apresentam níveis severos dos mesmos sintomas. Desses, 13,8% dos respondentes disseram 'sim' para depressão, enquanto 50,7% responderam positivo para ansiedade.

Os estados que mais apresentaram frequência em sintomatologia alta, o que poderia apontar para níveis de sofrimento psicológico mais altos foram: São Paulo, Goiás e Distrito Federal.

"O levantamento desses dados é muito importante, pois a partir deles novas pesquisas sobre a saúde mental do empreendedor poderão ser geradas, o que abre portas para a discussão e sensibilização da importância do desenvolvimento saudável no ambiente de negócios", explica Mendonça.

Newsletter Folha+

O estudo também mostrou que, durante a pandemia, aqueles empreendedores que conseguiram elaborar um plano de contingência, para o enfrentamento dos efeitos da pandemia nos negócios, conseguiram se sair melhor e com menos efeitos adversos em termos de ansiedade e depressão. 

Nesse sentido, o presidente do Sebrae, Carlos Melles, lembra que "os empreendedores que têm maior propensão a planejar suas ações, além de garantir maior chance de vida ao seu empreendimento, também conseguem reduzir os efeitos negativos da pandemia sobre sua qualidade de vida".

Sobre a Troposlab

A Troposlab é uma empresa especializada em inovação, nascida do Grupo Instituto Inovação, que desenha programas personalizados de transformação cultural, jornada de desenvolvimento do comportamento empreendedor, interação com startups e intraempreendedorismo para empresas de diversos setores.

Focada nas necessidades do ecossistema empreendedor e em gerar conhecimento, a Troposlab é pioneira no Brasil em promover inovação nas empresas a partir de seus próprios colaboradores. São mais de 920 startups aceleradas e 400 programas de aceleração desde a sua fundação, em 2012.

Confira o bate-papo com o Zenklub sobre saúde mental! Dá o play no POD+!

 

 


 

Quer receber mais conteúdo como este?

Cadastre-se para receber e-mails com asnotícias em destaque da semana, com dicas de Carreiras, vagas de empregose muito mais!

Buscador de empregos

Milhares de oportunidade de emprego grátis