Notícias que Inspiram: o brasileiro com QI maior que o do Einstein

Conheça a história de Fabiano de Abreu, o homem com um QI maior que o do Einstein. Ele conta como isso lhe causou traumas na infância e como os superou.

04/10/2020 09:00 | Atualizado: 05/10/2020 09:25

Por: Mateus Carvalho

04/10/2020 09:00 | Atualizado: 05/10/2020 09:25 - Por: Mateus Carvalho

Todo mundo já teve aquele trauma de infância que ficou marcado, né? Mas como você reagiu a essa situação? Para Fabiano de Abreu, 38, o homem com um dos maiores QI's do mundo foi uma situação desafiadora.

E até hoje ele revela que ainda precisa lidar com uma série de fatores que interligam a sua capacidade cognitiva. Até mesmo em questões sociais, ele revela que ter uma visão diferenciada das coisas, por vezes, pode afastar as pessoas.

O Notícias que Inspiram de hoje conta um pouco sobre a história desse carioca que venceu alguns obstáculos na infância e hoje é conhecido por ter uma inteligência superior a de grandes figuras, como Albert Einstein e Steve Jobs.

 

(Foto: Divulgação)
Fabiano de Abreu é conhecido por ter um dos maiores QIs do mundo
(Foto: Reprodução Instagram)

Jovem diz que quase foi expulso do colégio quando criança

Não é segredo para ninguém que pessoas mais inteligentes e com um alto QI costumam se destacar na sociedade, né? E isso acontece por terem uma visão diferenciada das situações e conseguirem soluções mais diferentes e imediatistas.

E esse foi o caso de Fabiano de Abreu, que precisou se adaptar de uma forma na qual isso não fosse um empecilho total na sua vida. Ele revela que chegou a ter problemas na infância.

             → Notícias que inspiram: de catador de latinha a grande empreendedor

E que, por isso, defende a importância de se fazer testes de QI nas escolas com o objetivo de se evitar com que algumas crianças cresçam sem esse aspecto de sociabilidade.

Em uma entrevista à Rádio Jovem Pam, Fabiano revelou que já teve problemas de não conseguir falar com pessoas e ter muita vergonha, com dificuldades de se relacionar. Ser inteligente demais, nestes casos, não era uma vantagem.

“Tive muitos problemas para ser sociável na infância porque não falava com as pessoas, só observava. Sentia um misto de vergonha, introspecção e preocupação com a imagem que tinham de mim. Então, buscava conforto trancado no meu mundo. Quando estou em ambientes públicos é como se minha mente estivesse aberta para tudo, ouvindo e captando tudo ao meu redor. Por um lado, é um momento que meu raciocínio encontra-se apurado e posso fazer muitas coisas ao mesmo tempo. Mas, às vezes, isso me perturba de uma maneira que pode gerar um pânico e passo mal”.

Fabiano faz parte do grupo de pessoas mais inteligentes do mundo

E não à toa é que Fabiano começou a fazer parte do Mensa, a associação das pessoas mais inteligentes do mundo. Com 38 anos, ele atualmente é filósofo, neurocientista, neuropsicólogo, psicanalista, jornalista, escritor e outras atribuições.

Ele está incluído em um grupo muito restrito, das pessoas que têm um QI (coeficiente de inteligência) de 180, valor este que é superior a grandes figuras nacionais e internacionais.

Por exemplo: Steve Jobs tem 140 pontos, Bill Gates 162 pontos e Albert Einstein 160 pontos. Todos superados pelo carioca.

            → Notícias que inspiram: de desenhista de rua aos R$10 milhões

O carioca fez dois testes, um para entrar para a Mensa, que precisa ter o percentil maior que 98, e um teste com a psicóloga Roselene Espirito Santo Wagner, que confirmou que ele tem os 99 de percentil

De acordo com o ex-presidente da Mensa Brasil, Cadu Fonseca, o percentil se configura como sendo a escala de medida adotada pela Mensa, associação de pessoas de alto QI. Para ser admitido no teste da Mensa é preciso ter alto QI, e tirar 98% de percentil nos testes.

A psicóloga ainda destaca que alguns sintomas são muito comuns em pessoas com QIs tipo o de Fabiano, como crises de ansiedade, preocupação e sobrecarga de pensamentos.

_________

E você, o que achou dessas histórias? Você conhece alguma outra que merece destaque e possa ser contada aqui na Folha+?

Então que tal deixar a sua contribuição? Curta, comente, compartilha e nos mande mensagem dizendo uma notícia, história ou ocorrido que possa inspirar mais pessoas a não desistirem dos seus sonhos. Afinal, mesmo em meio à dificuldade, existem pessoas boas dispostas a te ajudar.

Quer visualizar agora esse conteúdo?

Então não perca tempo e cadastre-se agora! Você terá acesso a conteúdos exclusivos para cadastrados.

OU

Já possui uma conta?

Quer receber mais conteúdo como este?

Cadastre-se para receber e-mails com asnotícias em destaque da semana, com dicas de Carreiras, vagas de empregose muito mais!

Buscador de empregos

Milhares de oportunidade de emprego grátis