Eleições 2020: "Rio pode ser berço das startups", diz Fred Luz

O candidato a prefeito Fred Luz (Novo) fala sobre planos para Empregabilidade, Educação e mais

26/10/2020 09:00

Por: Fernanda Gomes

26/10/2020 09:00 - Por: Fernanda Gomes

Empresário e Carioca, Fred Luz (Novo) é o sexto entrevistado do Especial Eleições 2020 e não esconde sua postura voltada para a gestão empresarial.

Entre suas propostas de campanha, estão o desenvolvimento do setor privado e a aposta em tecnologia e startups para o crescimento da economia da cidade. Nesta entrevista também fala sobre seus planos para áreas de Educação, Turismo e mais.

Questionado sobre o que pretende fazer, caso eleito, para lidar com os impactos no mercado de trabalho causados pela pandemia do Coronavírus, o candidato logo afirma: "posto de trabalho quem abre é a iniciativa privada".

Para Fred Luz, quem teve um grande prejuízo com essa pandemia no Brasil foi a iniciativa privada e o  governo não tomou nenhuma iniciativa para reduzir suas despesas.

"Quem está fora do governo teve que se virar nos 30, que é até o número do meu partido, meu número na candidatura (risos).  Eu não vi nenhuma iniciativa do governo de contenção de despesas, pelo contrário. Aqui no Rio, no estado e no munícipio, eu vi despesas absurdas com hospitais de campanhas desnecessários".

Exemplificando o seu ponto, o candidato cita o único governo executivo eleito pelo partido Novo, que é o governo de Minas Gerais. 

Segundo ele, o governo de Minas teve em seu primeiro ano o maior volume de investimentos, mais do que nos quatro anos do governo anterior, e neste ano com toda a pandemia está tendo mais investimentos.

"De quem? Da iniciativa privada. E foi também o estado que mais gerou empregos. É disso que precisa, destravar e descomplicar a iniciativa privada. A prefeitura tem que incentivar e aí sim buscar os caminhos da Construção Civil, do Saneamento - que é intensivo em mão de obra, mas atraindo a iniciativa privada para fazer. No Rio de Janeiro se construíram hospitais de campanha com mais de 1.500 leitos nos hospitais existentes e ociosos", disse. 

enlightenedEleições 2020: Fred Luz quer contar com servidor para recuperar o Rio

Principal pilar no desenvolvimento econômico

Mais especificamente para a geração de boas oportunidades de emprego e crescimento para os jovens, o candidato a prefeito afirma que pilar está no desenvolvimento econômico. 

Segundo ele, as coisas não caem do céu e a lógica atual está errada. 

"Sem esse desenvolvimento, se a gente não conseguir fazer o que Minas Gerais já está fazendo, que é atrair o desenvolvimento privado - Minas do governador Zema, eleito pelo Partido Novo -, foi o estado que mais gerou empregos no ano passado, porque atraiu com segurança jurídica, com desregulamentação, com apoio com seriedade, o governo honesto e qualificado. Anima a atividade privada a investir, isso gera emprego". 

Para Fred Luz, sem a geração de empregos, é ilusão achar que qualquer coisa vai se resolver.

"Rio de Janeiro pode ser o berço das startups", diz Fred Luz

Ainda falando sobre seus planos voltados para economia e empregabilidade, o candidato afirma que:

"Com a desregulamentação e a facilitação o Rio de Janeiro pode ser o berço das startups"

Segundo Fred Luz, a cidade não está aproveitando seu potencial nesta área e tem perdido oportunidades para outros municípios.

"Estamos perdendo isso para Recife, Florianópolis, São Paulo, Belo Horizonte, por absoluto descaso do governo". 

Outro ponto citado pelo candidato é que é preciso qualificar muito melhor os jovens e crianças. Ele afirma que o ensino fundamental do Rio de Janeiro tem resultados pífios.

Candidato Fred Luz (Foto: Divulgação)
Fred Luz concorre a prefeito do Rio de Janeiro
pelo partido Novo (Foto: Divulgação)


De acordo com ele, atualmente, ao final do terceiro, 50%  das crianças são analfabetas funcionais e ao final do nono ano do ensino fundamental, 81% não aprendeu a matéria direito. 

"O que gera mais possibilidades de ganhos maiores e maior inserção no mercado de trabalho, principalmente olhando os empregos do futuro? É o aprendizado, o conhecimento. Então temos que investir no desenvolvimento econômico, que o Rio de Janeiro seja o melhor lugar para abrir uma empresa, tocar um negócio no Brasil". 

Metodologias já consagradas e tecnologia para melhora na Educação

Para que o Rio tenha um melhor desempenho na área da Educação, o candidato tem como propostas a adoção de metodologias já consagradas, um maior uso de tecnologia e também avaliações mais periódicas.

"O principal foco é o ensino fundamental. O que nós vamos procurar fazer? Copiar os exemplos já consagrados e garantir que as crianças aprendam ano a ano".

Ele afirma que o Rio de Janeiro tem em média 20% de reprovação e o orçamento da Educação é de R$7,5 bilhões. Para Fred Luz, se não houvesse reprovação seria possível ter uma economia hipotética de 1,5 bilhão, mas que, ao mesmo tempo, a aprovação automática não faz o menor sentido.

"Nós temos que garantir que a criança aprenda e se faz isso com metodologias já conhecidas já aplicadas, até mesmo em algumas poucas escolas do Rio. Com avaliações de dois em dois meses para o aprendizado das crianças desde o primeiro ano, para ver os desvios de aprendizado e dar o reforço escolar na hora".

Ele complementa dizendo que também é necessário sistema de informação, tecnologia, registro, saber turma a turma como está o desempenho, assim também identificando oportunidade de capacitação e desenvolvimento dos professores e dos diretores de escola como gestores.

"É um grande caminho para o Rio de Janeiro sair de um dos piores ensinos fundamentais entre as capitais do Brasil e passar a ser um dos melhores ao final do mandato".

"Turismo é setor importantíssimo de negócios para o Rio de Janeiro", afirma candidato

Falando sobre suas propostas para a recuperação do Turismo na cidade, Fred Luz diz que setor é importantíssimo e que a resposta que dará vale para o Turismo e também para as áreas de Eventos, Economia Criativa, Ciência e Tecnologia,  e qualquer atividade empresarial no Rio de Janeiro.  

"O que a cidade precisa fazer? Número 1 - atacar a questão da sensação de segurança, isso espanta o turista, empresas, diminui a capacidade de empregar e dar trabalho futuro ao carioca".

Ele continua dizendo que o segundo pilar é descomplicar, destravar, desregulamentar.

"Hoje para se ter uma ideia é mais fácil fazer uma filmagem de uma rua em São Paulo, do que de uma rua no Rio. Quando essas imagens iriam propagar a imagem da cidade para tudo quanto é canto e trazer mais turistas para cá. Por que se faz isso no Rio de Janeiro? Em nome falso de tentar cobrar mais taxas e junto com isso facilitar a corrupção".

Leia também: 

Para o candidato, o Rio de Janeiro está em um sentido inverso. Está girando em um ciclo vicioso de criar impostos maiores, regulamentações maiores, complicações que espantam as empresas, turistas, eventos, além de, segundo ele, não atacar despesas e nem ter responsabilidade fiscal.

"O que acontece? Cai a receita porque as empresas vão indo embora, o trabalho vai indo embora, atividade econômica decrescendo e o que sobra para esse ciclo vicioso? Aumentar mais os impostos, aumentar mais as regulamentações. Esse é o ciclo vicioso, o drama do Rio de Janeiro". 

O político afirma que, além da segurança, é  preciso descomplicar, destravar, dizer muito mais sim do que não para que as empresas venham.

"Para que o turista venha, para que gere mais atividade econômica para que possamos diminuir os impostos. Para gerar o circulo virtuoso: mais atividade econômica, menor necessidade de imposto". 

Ele afirma que quem ativa a atividade econômica é o empresário, é o investidor, é, principalmente, o pequeno empreendedor.

"O Rio de Janeiro está cheio de pequenos empreendedores é só você andar em qualquer comunidade. E eles têm apoio zero do poder público, principalmente da prefeitura, que só aparece lá para atrapalhar e não para incentivar, para encorajar. Esses 'caras' é que são os geradores de empregos".

O candidato complementa dizendo que assim tudo vai fluir.

"A cidade com sensação de segurança e desregulamentação vai atrair muito empresário do ramo para fomentar o Turismo do Rio de Janeiro. O que está sendo feito em relação ao turismo e a todas as demais atividades econômicas é criminoso!"

Recado ao eleitor

Perguntado se irá cumprir com suas promessas de campanha, Fred Luz deixa o seguinte recado aos eleitores, 

"Já estou começando aqui. A única promessa que fiz é que vou gastar menos do que ganha e colocar muita tecnologia de controle, de gestão para fazer as coisas com o dinheiro que tem. Não vendo promessa falsa, nunca fiz isso na minha vida. Pode gravar toda essa entrevista e me cobrar lá na frente".

Te garanto que o Rio de Janeiro vai ter um plano muito claro, com metas, com objetivo, com orçamento e exequíveis. Em todas as empresas que trabalhei foi assim.

E complementa:

"Essa é a minha promessa, pode olhar meu histórico. Falo com você eleitor. Pode olhar por onde eu passei, nós todos em conjunto conseguimos criar um ambiente ético, saudável, competente, organizado, para fazer dar a virada. O Rio de Janeiro tem todas as condições para isso, mas não vai ser com essa turma que está aqui até agora. Esses 'caras' não sabem fazer. Eu te garanto isso! Vamos dar uma chance, venha junto para tornar essa cidade boa e maravilhosa para viver. Temos todas as condições, mas precisamos mudar a lógica de sair dessa politicagem e garantir que tenha gestão de qualidade, seriedade e honestidade".

Quer receber mais conteúdo como este?

Cadastre-se para receber e-mails com asnotícias em destaque da semana, com dicas de Carreiras, vagas de empregose muito mais!

Newsletter

Buscador de empregos

Milhares de oportunidade de emprego grátis