Importância da pós-graduação para conquistar melhores salários

Além de ser um diferencial competitivo e contribuir para melhores salários, a especialização possibilita o acesso a cargos de liderança, entre outros benefícios.

28/01/2021 08:00 | Atualizado: 28/01/2021 12:26

Por: Cinthia Guedes

28/01/2021 08:00 | Atualizado: 28/01/2021 12:26 - Por: Cinthia Guedes

Com o mercado de trabalho cada vez mais competitivo é comum que o profissional vá em busca de cursos de pós-graduação para se aprofundar na sua área de formação. Mas, quais serão os benefícios para quem está sempre à procura de novos aprendizados? 

Além de ser um diferencial competitivo, a especialização pode trazer diversos ganhos para a carreira, como acesso a cargos de liderança, melhora da empregabilidade e até vantagem em concursos públicos por meio da prova de títulos. 

Outro benefício da pós-graduação e de cursos de especialização para o profissional é o aumento de salário. 

Uma pesquisa realizada pelo Instituto Semesp com base nos dados da PNAD Contínua divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) afirma que estudantes de especialização possuem rendimento médio mensal em torno de R$4,6 mil.

O valor é 150% maior do que a média de rendimento daqueles que fazem curso de graduação. O levantamento também mostra que o rendimento médio ficou em R$4,8 mil mensais para alunos da rede privada e R$3,7 mil mensais para os da rede pública. 

Segundo Mariana Alcântara, especialista de carreiras e mentora educacional da UniCarioca, os profissionais que possuem cursos de especialização costumam ter rendimento maior do que aqueles que possuem somente o diploma de graduação, pois o nível de conhecimento deste profissional na área escolhida passa a ser maior e mais focado.

"O profissional passa a ser especialista em determinado assunto e diferentes cargos podem se tornar disponíveis para ele. Além disso, os estudantes de especialização normalmente já estão ou já estiveram no mercado de trabalho, o que enriquece os debates em sala de aula e faz com que estejam mais antenados sobre as inovações e as demandas de mercado em determinada área de atuação."

Mariana comenta que a especialização também pode demonstrar para o recrutador que aquele profissional está em constante atualização e que busca por conhecimentos aplicados em sua área de formação. 

Mas, não para por aí. Para os cursos em que a possibilidade de atuar em áreas diferentes é diversa, a mentora educacional ressalta que a especialização direciona aquele currículo para uma área específica de interesse e mostra o foco do profissional.

Mariana também cita os contatos/networking como outro benefício para quem busca uma especialização. "Dentro de sala de aula é possível conhecer profissionais que já estão na área de atuação almejada e que conhecem o mercado de trabalho."

 

Importância da pós-graduação
Segundo pesquisa, estudantes de especialização possuem rendimento
médio mensal em torno de R$4,6 mil (Foto: Freepik)


O que + você precisa saber:


Quais as diferenças entre os cursos de especialização?

Antes de escolher a área que deseja se especializar, o profissional precisa estar atento às diferenças existentes entre os cursos de especialização. 

A mentora educacional explica que existem cursos que são voltados para aqueles profissionais que têm interesse em seguir carreira acadêmica ou de pesquisador. Se você tem esse objetivo, os mais indicados são os cursos Stricto Sensu, ou seja, mestrado e doutorado.

Os cursos Stricto Sensu possuem a carga horária um pouco superior a de uma pós-graduação, exigem dedicação exclusiva e estão mais focados na teoria. No entanto, a especialista comenta que já existem mestrados e doutorados profissionais que não exigem dedicação exclusiva e costumam ter como foco de pesquisa e sua aplicação no âmbito profissional.

"Já a pós-graduação ou MBA são especializações Latu Sensu. Essas têm um viés mais de mercado, com cases e situações reais sendo abordadas constantemente em sala de aula. Costumam ser realizados por profissionais que querem seguir carreira no mercado corporativo." 

Outra opção são os cursos de curta duração, que vem surgindo no mercado e podem servir como especialização para atender determinadas demandas. 

"A área de Tecnologia da Informação (TI) e de Marketing Digital, por exemplo, cresceram muito nos últimos anos e nem todas as Instituições de Ensino Superior (IES) têm cursos Latu ou Stricto Sensu para atender a essas demandas. Nesses casos vale sempre conversar com alguém que já esteja na área para entender o que é mais reconhecido e os cursos que são mais valorizados para cada profissão e carreira", aconselha. 

Escolha do curso precisa estar alinhado aos interesses profissionais

Para quem deseja potencializar os benefícios da especialização, a dica é escolher um curso que esteja alinhado com seus interesses profissionais e minimamente com a sua área de formação inicial. 

De acordo com Mariana, a escolha da instituição de ensino também é muito importante, já que existem IES que possuem foco em áreas específicas, apesar de possuírem ofertas de cursos em todas as áreas de formação.

"Por exemplo, um estudante de Administração que quer se especializar em Finanças, provavelmente, vai escolher uma IES diferente daquele que também é formado em Administração, mas quer se especializar em Marketing. E além do foco da IES e de sua tradição, é importante ver se a grade curricular condiz com as suas expectativas e se está atualizada com o que demanda o mercado de trabalho." 

 

Newsletter Folha+

 

Quer receber mais conteúdo como este?

Cadastre-se para receber e-mails com asnotícias em destaque da semana, com dicas de Carreiras, vagas de empregose muito mais!

Buscador de empregos

Milhares de oportunidade de emprego grátis