Quais cargos estarão em alta em 2021? Veja na análise da Robert Half

A Robert Half divulgou levantamento com as principais tendências para o mercado de trabalho no ano de 2021. Confira!

27/10/2020 15:30

27/10/2020 15:30

O ano de 2020 já está chegando na reta final. Para 2021, a expectativa é de que diferentes setores iniciem um processo de retomada, após a crise provocada pela pandemia do novo Coronavírus. Mas, quais carreiras estarão em alta no próximo ano?

A Robert Half, empresa global de consultoria de Recursos Humanos, divulgou o Guia Salarial 2021, que aponta tendências de recrutamento e quais carreiras deverão se destacar no próximo ano. Confira!    

De acordo com o guia elaborado pela Robert Half, 62% das empresas tiveram uma experiência positiva com o trabalho remoto durante a pandemia. Outros 60% disseram que a pandemia acelerou os processos de transformação digital em suas organizações.

Além disso, 74% dos entrevistados relataram que esperam contar com uma equipe híbrida de trabalho. Ou seja, que alternam entre o trabalho presencial e o remoto (home office). Dentre os principais motivos, estão:

  • O reconhecimento de que as pessoas devem trabalhar onde se sentem mais produtivas;
  • Essa flexibilidade vai aumentar a motivação e lealdade do time; e
  • A experiência com o trabalho remoto foi positiva durante a pandemia.

 

Tecnologia
Setor de tecnologia continuará entre os destaques para o próximo ano
(Foto: Divulgação)

Profissionais buscam por benefícios diferenciados

Ao que tudo indica, o home office veio para ficar. Mas, na visão dos colaboradores, a alteração no modelo de trabalho deve ser acompanhada de uma mudança nos benefícios oferecidos pela empresa. 

Segundo os dados da Robert Half, 86% dos profissionais consideram interessante que os benefícios oferecidos pelas empresas mudassem daqui para frente. 

Outros 80% declararam que não consideram o trabalho remoto um benefício e 71% destacaram que o pacote de benefícios oferecidos em uma vaga é um fator a ser considerado na hora de aceitar ou não uma proposta.

De acordo com as respostas, a consultoria chegou ao top 8 de benefícios mais importantes. São eles:

  1. Assistência médica;
  2. Vale refeição;
  3. Vale alimentação;
  4. Assistência odontológica;
  5. Aporte na previdência privada;
  6. Notebook;
  7. Auxílio financeiro para montar o Home Office;
  8. Auxílio estudo.

Outro modelo de contratação que vem ganhando cada vez mais destaque é a contratação por projetos. Ou seja, os profissionais são contratados temporariamente para atuarem em projetos específicos.  Metade dos entrevistados considera explorar esse modelo no futuro. 

→ Estoque de empregos encerrou 2019 no maior nível desde 2015

Pesquisa indica principais habilidades comportamentais para 2021

O documento já aponta quais indústrias deverão estar em alta em 2021. De acordo com a Robert Half, os destaques ficam para os setores de:

  • Tecnologia;
  • Saúde;
  • Agronegócio;
  • Infraestrutura; e
  • Logística.

Além disso, algumas soft skills (competências comportamentais) também vão se destacar mais em relação a outras. São elas: pensamento estratégico, comunicação, agilidade, inovação e adaptabilidade.

O guia estabeleceu quais são as posições em destaque em algumas áreas. Especialmente as que apresentaram crescimento este ano, mesmo com a crise, e as que têm boa tendência de crescimento para 2021.

Botão com link para Newsletter

Veja quais são as carreiras que estarão em alta em 2021

Tecnologia

Carreiras em destaque:

  • Segurança da Informação;
  • Cientista/Engenheiro de dados;
  • Desenvolvovedores/Engenheiros de Software;
  • Infraestrutura/Cloud; e 
  • Business Intelligence.

Setores em destaque: mercado financeiro/seguros, tecnologia, educação (EAD), telecom/internet e varejo (e-commerce).

Os maiores salários do setor ficam para área de gerência (CIO, CTO, gerente de desenvolvimento e outros), cujas remunerações podem chegar a R$27.550. Mas, as demais funções também apresentam bons ganhos, com iniciais que variam de R$3 mil a R$13,9 mil.

Finanças e Contabilidade

Carreiras em destaque:

  • Coordenador e gerente de tesouraria;
  • Analista e coordenador de Contabilidade Fiscal;
  • Gerente de fusão e aquisição;
  • Coordenador de controle interno;
  • Analista e coordenador de planejamento financeiro.

Setores em destaque: Agronegócio; Tecnologia; Saúde; Alimentos E Bebidas; e Mineração.

Neste caso, os cargos de diretoria se destacam entre os maiores salários. Os valores chegam aos R$50 mil. No geral, as remunerações variam de R$2.750 a R$19,5 mil.

Mercado financeiro

Carreiras em destaque:

  • Analistas e associados em aquisições e fusões;
  • Analistas de crédito;
  • Analistas, gerentes e CFO em Finanças;
  • Gerentes e diretores de riscos; e
  • Analista de Back Office.

Setores em destaque: bancos em reestruturação ou adaptação digital; fundos de investimentos/private equities; fintechs; e meios de pagamentos.

Para esse setor, os destaques em termos de remuneração são os cargos de diretoria e funções de associados e analistas, cujos salários chegam a R$49 mil em início de carreira. Entre os demais cargos, os salários variam até R$41 mil.

Seguros

Carreiras em destaque:

  • Analistas e especialista em produtos;
  • Analistas, especialistas e gerentes autorais;
  • Analistas e especialistas em precificação; e
  • Analistas, gerentes e CFO em finanças.
  • Setores em destaque: seguros para infraestrutura; seguros para agronegócio; e tecnologia.

Os maiores salários são para os cargos de diretor, CFO, coordenador e analistas. As remunerações variam de R46 mil a R$33mil.

Engenharia

Carreira em destaque:

  • Comprador;
  • Engenheiro de aplicação;
  • Gerente de operações;
  • Gerente de supply chain; e 
  • Gerente de projetos.

Setores em destaque: Saúde; Alimentos e Bebidas; Tecnologia/Logística; Infraestrutura; e Mineração.

Os destaques em termos de remuneração são os cargos de diretoria e gerência, cujos valores chegavam a R$23 mil. Dentre os outros cargos variam de R$2,3 mil a R$19,3 mil.

Vendas e Marketing

Carreiras em destaque:

  • Head of Growth;
  • Customer experience;
  • Executivo de vendas;
  • Gerente comercial; e
  • Gerente de e-commerce.

Setores em destaque: Tecnologia (startups); Logística (e-commerce); Alimentos e Bebidas; Educação; e Saúde.

As funções de gerência rendem salários de até R$51 mil, dependendo do tamanho da companhia. No geral, os valores variam de R$3 mil a R$24 mil.

Recursos Humanos

Carreiras em destaque:

  • Especialistas a gerentes seniores de remuneração e benefícios;
  • Coordenador a gerentes seniores de Business Partner;
  • Departamento Pessoal (todos os níveis);
  • Gerentes de RH generalistas; e 
  • Head de RH.

Setores em destaque: Energia, Farmacêutica, Bens de Consumo, Logística e Agronegócio.

Assim como no setor de vendas, as remunerações neste caso variam de acordo com o tamanho da empresa, podendo chegar a R$29 mil.

Jurídico

Carreiras em destaque:

  • Generalista de empresa;
  • Advogado contencioso cível;
  • Advogado trabalhista;
  • Advogado tributário;
  • Advogado contratual.

Setores em destaque: Farmacêutico, Agronegócio, Tecnologia, Logística e Energia.

O setor também apresenta números expressivos em termos de remuneração inicial. Os valores variam, chegando a R$28 mil.

→  Confira na íntegra todos os dados do Guia Salarial 2021 da Robert Half

Quer receber mais conteúdo como este?

Cadastre-se para receber e-mails com asnotícias em destaque da semana, com dicas de Carreiras, vagas de empregose muito mais!

Buscador de empregos

Milhares de oportunidade de emprego grátis