Descubra como ser efetivado em uma vaga de emprego temporário

A especialista em carreiras, Paula Dias, dá dicas de como se destacar na entrevista, se destacar durante a atuação temporária e muito mais!

07/12/2020 13:00

Por: Cinthia Guedes

07/12/2020 13:00 - Por: Cinthia Guedes

Mais um fim de ano e, como de costume, muitas pessoas vão às ruas para fazer as compras de Natal. Além da típica troca de presentes, que movimenta os comércios de todo o país, neste período também é comum os eventos familiares e de empresas, férias de família, entre outras comemorações. 

E, é neste período que, junto com as festas de fim de ano, as empresas normalmente precisam de um reforço em suas equipes, e abrem seleção para contratação temporária de funcionários. Dessa forma, pode haver um aumento na contratação de temporários para o comércio, hotelaria, restaurantes, entre outros.

Para quem está em busca de uma oportunidade para se recolocar no mercado de trabalho ou até mesmo para conseguir o primeiro emprego, está é a sua chance. 

Mas, após conseguir uma vaga, como fazer para ser efetivado? Como manter as "portas abertas" para, quem sabe no futuro, ser convidado a fazer parte da equipe de efetivos da empresa em que atuou como temporário? 

Em entrevista à Folha+, a especialista em carreiras Paula Dias esclareceu essas e outras dúvidas muito comuns entre os profissionais temporários. Confira!

Esteja pronto para se destacar já na entrevista 

Sabemos que 2020 ficará marcado pela pandemia do novo Coronavírus e pela forte recessão econômica. Por conta disso, podem surgir algumas dúvidas, como: "será que terá oferta de vagas temporárias?". 

Se esse for o seu questionamento, a Associação Brasileira do Trabalho Temporário (Asserttem) tem a perspectiva de que sejam abertas mais de 400 mil vagas até o fim do ano. Você está pronto para ser entrevistado? 

Mesmo nas seleções temporárias, as empresas costumam fazer processos de seleção bem parecidos com os de vagas efetivas. Sendo assim, para se destacar em uma entrevista de vaga temporária, é ideal que o candidato se comporte como se estivesse concorrendo a uma vaga fixa. 

"Ele tem que se 'vender' falando de projetos e resultados, de situações que ele trouxe melhorias para as empresas em que atuou, com histórico de aprendizado rápido", comenta Paula ao ressaltar que a vaga temporária precisa de alguém que aprenda rapidamente. 

"Quão rápido a pessoa aprender com aquele trabalho, melhor para a empresa que está contratando. Demonstrando isso, vai se sair na frente dos demais candidatos, com certeza." 

 

Efetivação no trabalho temporário
Funcionário temporário deve agir com protagonismo 
(Foto: Freepik)


O que + você precisa saber:


Seja protagonista durante o contrato temporário 

Algumas vagas abertas para contratação temporária já deixam em sua descrição aquela frase capaz de motivar qualquer pessoa que está em busca de uma recolocação profissional: com possibilidade de efetivação. 

No entanto, mesmo que haja essa possibilidade de contratação fixa após o período do contrato, Paula ressalta que é super importante o profissional fazer de tudo para se destacar na vaga temporária, porque acredita em duas situações: 

  1. ele pode ser convocado para vagas futuras, caso aconteça um novo processo seletivo
  2. caso não exista essa oportunidade efetiva, o candidato pode fazer essa vaga existir

"Às vezes, a pessoa é tão boa que a empresa até considera alocá-la em uma outra posição na mesma companhia." 

Mas, afinal, como se destacar em uma vaga temporária? 

enlightened Sendo protagonista, fazendo acontecer. 

"Ser protagonista é vestir a camisa da empresa, se comportar como dono, ser proativo, buscar fazer, às vezes, além do que é pedido, e não somente o que foi solicitado (se tiver autonomia para isso)", ressalta. 

Caso o profissional temporário não tenha autonomia para tal, Paula dá outra dica: sugira melhorias, sugira como a empresa pode ter ideias novas para otimizar o trabalho e demonstre esse "a mais" e não faça só o que é pedido. 

Não desista e dê o melhor de si

Caso você siga todas as dicas recomendadas pela especialista e, ainda assim, não consiga ser efetivado na vaga temporária, não fique triste, muito menos desanimado. 

Assim como profissionais efetivos, aqueles que são temporários precisam ser manter ativos, fazendo cursos, principalmente, em relação à área em que atuam. E, neste ponto, nunca é demais lembrar: qualificação nunca é perda de tempo. 

"A dica que eu dou é pesquisar vagas que tenha interesse, ver o que essas oportunidades pedem e fazer os cursos, as formações e certificações que eles não têm, mas são exigidas para essas vagas."

Segundo a especialista, essa é a forma mais prática de criar um plano de carreira para se manter atualizado e se preparar para ser convidado para novas posições, além de se destacar durante o período de atuação contratual.

Perguntada sobre os erros que devem ser evitados durante a atuação em contrato temporário, Paula é assertiva: o pior erro é quando ele [o profissional] vê que a vaga é realmente temporária e não dá o melhor de si. 

Além disso, a especialista comenta que, muitas vezes, esses profissionais esquecem que 'o mundo dá voltas', que as coisas podem acontecer e ele ser chamado para uma vaga interna ou que, futuramente, ele pode ser considerado para novas posições.

"Ao entrar para uma vaga temporária, entre como se fosse uma vaga efetiva. Trabalhe como se fosse, realmente, uma posição efetiva para que que se destaque e consiga fazer bom networking, se manter na base de contatos da empresa, ou até mesmo conseguir uma efetivação que nem existe ou transferência de área, caso surja uma oportunidade. Se comporte como um funcionário fixo."

 

Newsletter Folha+

 

Quer receber novidades sobre concursos?

Cadastre-se para receber e-mails com asnotícias em destaque da semana, dicas de preparação, novidades da Folha Dirigidae muito mais!