BNDES e Sebrae ofertam até R$200 milhões de crédito para PMEs

Valor será repassado pelas grandes empresas às pequenas e médio

22/06/2020 11:30 | Atualizado: 22/06/2020 13:35

22/06/2020 11:30 | Atualizado: 22/06/2020 13:35

O Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) firmaram uma parceria para oferecer crédito às micro e pequenas empresas, que fazem parte da cadeia produtiva de grandes setores da economia. 

O financiamento facilitado será feito por meio do Programa Crédito Cadeias Produtivas, cujo objetivo é atender à necessidade de capital de giro de pequenas e médias empresas (PMEs).

A iniciativa, que faz parte de uma estratégia de atuação do Sebrae, alinhada ao Governo Federal por meio do Ministério da Economia, disponibiliza até R$200 milhões em crédito para as grandes empresas, as chamadas empresas-âncora. 

Elas, por sua vez, vão repassar o capital para os pequenos negócios que fazem parte da sua cadeia produtiva em condições diferenciadas, com taxas de juros abaixo da praticada no mercado, prazo de 5 anos e carência de até 24 meses.

+Declaração anual do MEI é obrigatória. Saiba como fazer a sua! 

Para as grandes empresas, a medida evita perda de fornecedores e distribuidores ao manter o fôlego financeiro dos pequenos negócios, o que garante emprego e renda em todo país. Já para as micro e pequenas empresas, a chegada do crédito pode simbolizar a sobrevivência do negócio.

Em áudio disponibilizado por meio de podcast da Agência Sebrae de Notícias, o gerente de competitividade do Sebrae, César Rissete, destaca o avanço significativo que foi dado com a criação do Programa Crédito Cadeias Produtivas.

"Umas das preocupações que se deve ter numa sociedade é em manter o que se chama as cadeias de produção e de distribuição vivas, ativa, operantes. Preservar as cadeias de produção é não apenas uma condição atual de manter micro e pequenas empresas ativas, mas possibilitar para que essas micro e pequenas empresas continuem sendo parte da cadeia de produção de grandes e médias empresas. O que acaba repercutindo positivamente numa retomada e na possibilidade de um avanço em termos de renda e ocupação no país."

 

Programa Crédito Cadeias Produtivas
Programa Crédito Cadeias Produtivas disponibiliza até R$200 milhões 
(Foto: Pixabay)

 

Empresas de grande porte já podem aderir ao Programa Crédito Cadeias Produtivas

As empresas de grande porte interessadas no Programa Crédito Cadeias Produtivas já podem se habilitar junto ao BNDES. Para isso, devem ter receita bruta igual ou superior e R$300 milhões. Os valores do financiamento serão entre R$10 milhões e R$200 milhões. O pedido de financiamento pode ser feito no site do BNDES , exclusivamente por solicitação eletrônica. 

Os repasses das grandes empresas às PMEs deverão ser feitos nas mesmas condições previstas no contrato original firmado com o Banco, ou seja: sem obter lucro financeiro com a operação. A cadeia de fornecedores, distribuidores ou franqueados que receberá o recurso poderá utilizar o capital de forma livre para se manter durante a crise.

+Ipea propõe pagamento emergencial do abono salarial

Os pedidos de empréstimos poderão ser apresentados ao BNDES até o dia 30 de setembro. Os trâmites para a concessão seguirão a Esteira de Crédito Emergencial, desenvolvida no contexto do Plano de Ação Emergencial de combate à pandemia da Covid-19, cujo objetivo é agilizar o tempo de processamento de pleitos e garantir o rápido acesso das empresas aos recursos.

"Felizmente algumas das maiores empresas brasileiras mantiveram a saúde financeira durante a crise atual, ainda que reduzindo seu nível de atividade. Contudo, tal redução vem afetando de modo mais crítico seus parceiros de menor porte, o que coloca em risco a integridade da cadeia produtiva. Assim, para garantir que o retorno aos níveis pré-crise ocorra sem maiores problemas, várias empresas têm o desafio de preservar seus parceiros estratégicos, evitando que surjam pontos de estrangulamento nos seus fluxos operacionais", avalia Job Rodrigues, gerente do Departamento de Bens de Consumo, Comércio e Serviços do BNDES.

Notícias de empregos


 
 

Newsletter

Newsletter

Quer receber novidades sobre concursos?

Quer receber diretamente no seu e-mail as principais notícias dos concursos da sua região?

E de quebra dicas para seus estudo? Cadastre-se gratuitamente na newsletter FD para ter tudo isso!

Buscador de empregos

Milhares de oportunidade de emprego grátis