De olho no fim de ano, Centauro recruta mais de mil profissionais

Há oportunidades para vendedores e assistentes nas mais de 200 lojas da empresa. Também há vagas para profissionais de logística em São Paulo e Minas Gerais.

16/10/2020 12:32

16/10/2020 12:32

Com a proximidade do fim ano algumas empresas do setor varejistas começam a abrir oportunidades para contratação temporária em diferentes áreas. É o caso da Centauro, rede multicanal de artigos esportivos, que divulgou a abertura de 1.400 vagas de emprego. 

A companhia está em busca de colaboradores fixos, além de temporários para o final do ano, época de movimento de grande movimento por conta da Black Friday e Natal. As oportunidades incluem vagas de vendedores e assistentes para as mais de 200 lojas da empresa, espalhadas por todo o Brasil. 

Há, ainda, chances para profissionais de logística para os centros de distribuição na rede, localizados nas cidades de Jarinu, em São Paulo, e Extrema, em Minas Gerais. 

enlightened Requisitos e atribuições dos cargos ofertados

Assistente de loja

Para participar da seleção é preciso ter acima de 18 anos, ensino médio completo e disponibilidade para atuar em escala 6X1. O profissional atua na organização e suporte nas áreas de atendimento da loja (caixa, estoque e provador), além disso, presta atendimento ao cliente.

♦ Vendedor de calçado

Serão aceitos profissionais acima de 18 anos, com ensino médio completo, disponibilidade para trabalhar em escala 6x1 e vivência na área de vendas. A principal atribuição é prestar atendimento ao cliente. 

♦ 

Logística

A seleção está disponível para profissionais acima de 18 anos, com ensino médio completo (flexível para ensino fundamental em algumas vagas), vivência na área de logística e disponibilidade para atuar em escala (a confirmar de acordo com a posição). 

A companhia oferece salários e benefícios compatíveis com o mercado. Os interessados podem se inscrever através do link . É importante ressaltar que as oportunidades não possuem prazo definido para candidatura, por isso, podem ser encerradas sem aviso prévio. 

Sobre a Centauro 

Com 39 anos no mercado, a Centauro é a maior rede multicanal de produtos esportivos da América Latina. A rede conta hoje com mais de 200 lojas, espalhadas em 26 estados brasileiros, além do e-commerce e aplicativo exclusivo. 

 

Vagas Centauro
Centauro divulga 1.400 vagas para o fim do ano
(Foto: Divulgação)


O que + você precisa saber:


Como calcular e acompanhar o saldo do Fundo de Garantia?

O Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) é um direito de todo profissional com vínculo formal, regido pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). Todos os meses, o empregador precisa depositar, em conta bancária vinculada, o correspondente a 8% do valor do salário-base do funcionário.

Esse dinheiro, que não é descontado do salário, fica guardado para proteger o trabalhador em caso de demissão. Além disso, os recursos podem ser utilizados para aquisição da casa própria, da aposentadoria e até mesmo em situações de dificuldades.

Neste ano, por conta da pandemia, foi liberado o saque emergencial do FGTS de até R$1.045 das contas ativas e inativas. Os valores foram creditados em uma poupança digital da Caixa e podem ser utilizados até o mês de novembro. 

Contudo, seja por demissão, para comprar uma casa ou até mesmo em situações de emergência, é muito comum que alguns trabalhadores tenham uma surpresa desagradável na hora de sacar o benefício: valores menores do que o previsto ou a conta vazia.

Segundo a Procuradoria Geral da Fazenda Nacional (PGFN), 236.374 empresas estão inscritas na Dívida Ativa da União pela falta de depósitos do Fundo de Garantia. Em junho de 2019, conforme divulgado pelo Valor Econômico , esse valor chegou a R$32,1 bilhões. 

Mas como saber se o meu FGTS está sendo depositado?

Para não acabar sendo surpreendido quando precisar sacar o Fundo de Garantia, a dica é fazer os cálculos e acompanhar o saldo. Para te ajudar com isso, o Instituto Fundo de Garantia do Trabalhador (IFGT) lançou o sistema FGT, que calcula e emite o extrato para poder controlar o que não foi depositado.

O sistema é gratuito e, segundo Mario Avelino, presidente do instituto, a ideia é que você possa ter acesso ao valor com juros e correção monetária, distribuição de lucros mais a multa (de 40% se for demitido sem justa causa; ou de 20% em demissão por acordo).

Inicialmente, a versão em aplicativo está disponível apenas para aparelhos Android, mas também é possível acessar e se cadastrar pelo site do instituto. O sistema não é vinculado com a Caixa Econômica Federal e, de acordo com IFGT, os dados são protegidos e não há solicitação de nenhum tipo de documento.

O trabalhador vai acessar, criar um cadastro com nome, e-mail, senha e informações básicas, como data de nascimento, escolaridade e estado onde mora. Após isso, é só informar os valores recolhidos (ou o salário) e será feito o cálculo.

Leia mais 
 

Newsletter Folha+

 

Newsletter

Newsletter

Quer receber novidades sobre concursos?

Quer receber diretamente no seu e-mail as principais notícias dos concursos da sua região?

E de quebra dicas para seus estudo? Cadastre-se gratuitamente na newsletter FD para ter tudo isso!

Buscador de empregos

Milhares de oportunidade de emprego grátis