Coronavírus: veja os serviços sociais que podem ser acessados online


Para evitar a circulação e aglomeração de pessoas, numa tentativa de frear os avanços do Coronavírus no Brasil, muitos órgãos públicos foram fechados durante o período de quarentena. Entre eles, unidades do Ministério do Trabalho e agências do INSS.

Mas, os trabalhadores ainda podem realizar diversos serviços, como solicitação de seguro desemprego e agendamento de perícia no INSS, sem sair de casa. Diversos órgãos oferecem aplicativos para as solicitações ou aplicativos.

FOLHA DIRIGIDA listou alguns dos principais serviços que podem ser requisitados online, durante este período de quarentena. Confira!

+ Calamidade pública devido ao Coronavírus: o que muda para o trabalhador?

Computador
Trabalhadores não precisam sair de casa para acessar diversos serviços
(Foto: Pixabay)

Serviços no Ministério do Trabalho

As unidades do Ministério do Trabalho nas 27 unidades federativas suspenderam os atendimentos presenciais. A medida entrou em vigor na última quarta-feira, dia 18. 

Durante esse período, os trabalhadores podem solicitar diversos serviços pelo site do governo federal ou pelo Alô Trabalho, com o número 158. As demandas que não puderem ser resolvidas por meio destes canais ficarão temporariamente suspensas.

Fake news: governo desmente cadastramento do 'coronavoucher'

Os trabalhadores continuam tendo acesso aos seguintes serviços:

  • Carteira de Trabalho - a carteira pode ser acessada pela plataforma de serviços do governo federal ou pelo aplicativo "Carteira de Trabalho Digital". O ícone é o brasão da república branco em um fundo azul;
  • Seguro-desemprego – o seguro-desemprego também pode ser solicitado diretamente pelo site ou no aplicativo da Carteira de Trabalho Digital;
  • Registro Profissional – o cadastro inicial deve ser feito em site próprio para esta finalidade e a documentação, onde o requisitante também deve encaminhar a documentação necessária. Não é preciso nenhum tipo de agendamento ou entrega de documento presencial;
  • Plantão trabalhista – em casos de dúvidas ou denúncias em relação ao cumprimento de legislação trabalhista, as solicitações devem ser feitas no canal de serviços 158. A ligação é gratuita de telefone fixo de todo o país.

Coronavírus: quais impactos estão sujeitos o trabalhador com a MP 927?

Meu INSS

A ferramenta Meu INSS, disponível para computadores ou celulares, pode ser utilizada para agendamentos, solicitação de benefícios, serviços e realização de consultas. No portal, o segurado consegue acompanhar dados sobre contribuições previdenciárias, empregadores e períodos trabalhados.

Na ferramenta, os segurados têm acesso a serviços referentes a:

  • Aposentadorias;
  • Salário maternidade;
  • Extrato previdenciário;
  • Agendamentos/requerimentos;
  • Extrato de pagamento de benefício;
  • Carta de concessão de benefício;
  • Agendamento de perícia;
  • Resultado de requerimento/benefício por incapacidade;
  • Extrato de empréstimo consignado;
  • Extrato para imposto de renda (IR);
  • Declaração de benefício – consta/nada consta;
  • Declaração para o contribuinte individual; 

Plataforma Sine Aberto

As unidades do Sistema Nacional de Emprego (Sine) também estão com as atividades paralisadas, mas quem está em busca de uma vaga pode utilizar a plataforma Sine Aberto. A ferramenta intermedia o contato dos trabalhadores com empresas parceiras. 

Os trabalhadores podem acessar a plataforma por meio do portal Emprega Brasil ou no aplicativo Sine Fácil. O app está disponível, apenas, na Google Play.