Como funciona o emprego temporário? Veja dicas para alcançar uma vaga


O desemprego é um dos principais problemas que afetam nossa sociedade nos dias atuais. No entanto, no fim de julho deste ano, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou que a taxa de desemprego no país caiu para 12% no segundo trimestre de 2019.

Segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Cadeg) também de julho, na primeira metade de 2019, o país gerou cerca de 408.500 mil empregos formais. Ano passado, nesse mesmo período, foram gerados 392.461 novas oportunidades. 

enlightenedConfira 5 dicas de livros para ter sucesso na sua carreira

O segundo semestre é sempre marcado pela movimentação nas contratações, já que nesta época há uma crescente demanda de empregos temporários em decorrência da aproximação do Natal, considerada a melhor data para o comércio brasileiro. 

E é justamente nessa época que acontecem as contratações temporárias, não só para o varejo, como também para a indústria e logística. 

"Para essas demandas a empresa está trabalhando oportunidades efetivas e temporárias. Mesmo que a oportunidade seja temporária, é importante que o candidato demonstre todo seu interesse, uma vez que há grandes chances dele ser efetivado", afirma Barbara Alves, gerente de RH da consultoria Luandre, que tem uma taxa de efetivação de 40%. 

Currículo
É importante que seu currículo esteja sempre atualizado (foto: Pixabay)

Como funciona a contratação temporária? 

Enquanto a vaga efetiva não chega, o trabalho temporário pode ser uma boa oportunidade e o pontapé para conseguir a vaga efetiva. Barbara conta que o contrato temporário é um dos formatos mais requisitados à Luandre, que não só realiza todo o processo seletivo, mas também é responsável pela contratação para diversos ramos da economia, em todo o Brasil.

enlightenedHome office: veja dicas de como ser bem-sucedido trabalhando em casa

Segundo a gerente de RH, o contrato temporário de trabalho se tornou um ponto muito forte no impulsionamento da economia, uma vez que dá a empresa a possibilidade de busca pelo funcionário que mais se adequa à algum cargo, evitando turnovers, ou na linguagem popular, a rotatividade de pessoal.

Em 2017, a lei de contratos temporários foi alterada, o que contribuiu para a antecipação da chamada pelas empresas. Ou seja, hoje a lei permite a contratação por 180 dias, com possibilidade de prorrogação por mais 90. Com essa extensão de prazo, os profissionais têm mais tempo para mostrar seu trabalho e isso aumenta a chance de serem efetivados.

Dicas para conseguir um emprego temporário

Antes de sair por aí atrás de uma recolocação no mercado, é preciso estar atento à algumas dicas. Uma das principais orientações destacadas por Barbara é manter sempre o currículo o mais atualizado possível, sempre lembrando que as informações sobre formação e experiência são essenciais. 

Além disso, a gerente de RH ressalta que é de extrema importância que o número de telefone e endereço de e-mail também estejam atualizados para facilitar o contato da empresa com candidato. 

enlightenedComo fazer um bom currículo e se destacar no mercado?

Barbara conta que todos os segmentos abrem vagas com frequência. Pode ocorrer algumas sazonalidades em varejo, indústria e logística. No entanto, todos os segmentos costumam abrir vagas o ano todo. 

Para finalizar Barbara aconselha que o candidato tenha foco na hora da busca, priorizando as vagas que estão de acordo com a sua formação e experiência.

"Mostre vontade e dedicação quando chegar na entrevista, esteja ciente do básico sobre a empresa contratante." E ainda ressalta que mostrar-se interessado no cargo, atividade e empresa, ter pontualidade durante o período de experiência e responsabilidade são dicas essenciais para conseguir a tão sonhada efetivação.

Comentários