Folha Dirigida Entrar Assine

Notícias sobre TCU - 2015 - Técnico e Auditor

TCU confirma organizador este mês


A medida em que outubro avança, cresce a expectativa pela definição do organizador do concurso para o Tribunal de Contas da União (TCU). Instituição responsável pelos preparativos iniciais, o Instituto Serzedello Corrêa (ISC) informou que são enormes as chances do Cespe/UnB ser o escolhido, em virtude do histórico e da segurança de seus certames. O ISC prevê que a questão será resolvida até o final deste mês. 

Cespe/UnB deve ser o organizador


O Instituto Serzedello Corrêa (ISC), responsável pelos preparativos iniciais do concurso para o Tribunal de Contas da União (TCU), praticamente decidiu que o organizador será o Cespe/UnB. Segundo o órgão, essa banca é a favorita para assumir o processo, “em função do histórico, da qualidade e da segurança de seus certames”. A decisão definitiva deve ser tomada em até um mês, com expectativa, ainda que remota, de publicar o edital até o fim deste ano. 

TCU já seleciona sua organizadora


O Tribunal de Contas da União (TCU) aguarda propostas para definir quem organizará o concurso visando ao preenchimento de 18 vagas de técnico (nível médio) e 12 de auditor (superior). Segundo o Instituto Serzedello Corrêa, responsável pelos preparativos iniciais, ao menos três instituições especializadas devem ser contactadas, sendo que o Cespe/UnB foi a primeira delas. 

Acelerados preparativos do concurso para 2º e 3º graus


O Tribunal de Contas da União (TCU), reconhecido pelo status que oferece aos seus servidores, é mais um órgão federal que trabalha internamente para realizar concurso. Inicialmente, serão preenchidas 18 vagas de técnico (nível médio) e 12 de auditor (nível superior). Atualmente, conforme informações obtidas no Instituto Serzedello Corrêa (ISC), responsável pela organização inicial da seleção, a administração do tribunal avalia as condições para definir as regras do edital, que deverá ser publicado ainda em 2014.

STF nega mandado sobre cotas em concurso


O Supremo Tribunal Federal (STF) negou, nesta sexta-feira, 15, o Mandado de Segurança 33.072, impetrado pelo Instituto de Advocacia Racial e Ambiental (Iara), que pretendia que a mais alta Corte do país determinasse a reserva de 20% das vagas nos concursos públicos dos poderes Legislativo e Judiciário para negros e pardos.

Concurso do TCU depende de decisão sobre a cota de negros


Segundo o Instituto Serzedello Corrêa (ISC), responsável pelos trâmites iniciais do concurso para técnico federal de controle externo (médio) e auditor federal de controle externo (superior) do Tribunal de Contas da União (TCU) será realizado somente após a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) acerca do mandado de segurança impetrado pelo Instituto da Advocacia Racial (Iara).

Autorizado concurso para 2º e 3º graus


O presidente do Tribunal de Contas da União (TCU), ministro Augusto Nardes, autorizou a abertura de concurso para o preenchimento inicial de 30 vagas, sendo 18 de técnico federal de controle externo, de nível médio, e 12 de auditor federal de controle externo, de nível superior.