Notícias sobre TJ-RJ - 2014 - técnico judiciário

Presidente confirma edital e mudanças no programa


O Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJ-RJ) já está concluindo alguns detalhes importantes do edital do concurso para técnico de atividade judiciária, função de nível médio e ganhos de R$4.478,13, e de analista judiciário, cargo de nível superior, cuja remuneração é de R$6.754,26 (ambos os valores já incluem R$960 de vale-refeição).

Comissão do concurso já vai ser formada


O Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJ-RJ) deve designar nos próximos dias os membros da comissão do concurso para técnico de atividade judiciária, cargo de nível médio e que proporciona ganhos de R$4.478,13, e analista judiciário, cuja remuneração é de R$6.754,26 (ambos os valores já incluem R$960 de vale-refeição). Formada a comissão, terá início o processo de escolha da organizadora, para que o edital seja publicado em novembro, prazo estipulado pela presidente do TJ-RJ, desembargadora Leila Mariano

Tribunal tem cerca de 2.100 vagas ociosas


Com cerca 2.100 vagas ociosas (393 na função de técnico e 1.707 de analista), segundo o Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro (Sind-Justiça), a expectativa é de que, nas próximas semanas, o Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJ-RJ) possa anunciar a oferta do concurso, assim como os membros que farão parte da comissão da seleção. Formada a comissão, em pouco tempo deverá ser anunciada a organizadora do concurso, cujo edital será concluído em novembro, segundo informou a presidente do TJ-RJ, desembargadora Leila Mariano.

É grande a expectativa por detalhes do concurso


Com a informação de que o edital do concurso para técnico (nível médio) e analista (nível superior) do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJ- RJ) sairá em novembro, a expectativa é pela definição da organizadora, que será feita após a designação da comissão do concurso. É possível que já nos próximos dias o TJ-RJ escolha os membros da comissão a fim de prosseguir nos preparativos do edital, sobretudo quanto às especialidades que serão contempladas na concorrência para analista.

Paulo Estrella: tempo é aliado dos que já estudam


Com o anúncio feito pela presidente do TJ-RJ, desembargadora Leila Mariano, de que o edital do concurso da área de apoio ficará pronto em novembro, a preparação e a estratégia de estudo poderão ser planejadas de forma mais eficiente por aqueles que já iniciaram os estudos. Para Paulo Estrella, diretor acadêmico da Academia do Concurso, aqueles que ainda não iniciaram os estudos terão também tempo hábil para começarem a preparação e obterem um bom rendimento nas provas.

Edital programado para novembro, afirma presidente


Enfim, novidades a respeito do concurso para técnico e analista judiciários do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJ- RJ). A presidente do órgão, desembargadora Leila Mariano, informou que o edital para a área de apoio estará pronto em novembro. A declaração foi feita na útima quinta-feira, dia 23, durante  a exposição do balanço de sua gestão, em sessão plenária na sede da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

Ansiosos, concurseiros apostam na busca de sonhos


A realidade começa a se formar a partir de sonhos. É com essa certeza que os futuros candidatos aos cargos de técnico e analista judiciários do novo concurso do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJ-RJ) se preparam para as vindouras provas, ainda sem data de aplicação divulgada.

William Douglas orienta estudos para novo concurso


Enquanto aguardam pela definição da comissão do concurso, os futuros candidatos a técnico e analista judiciários (nível médio e superior, respectivamente) do concurso do TJ-RJ devem aproveitar o máximo do tempo disponível para estudar as disciplinas já confirmadas no concurso e realizar muitos exercícios. A expectativa é que nos próximos dias sejam designados os membros da comissão do concurso, que ficarão responsáveis por definir a organizadora. Feito isso, o edital deverá sair em curto prazo de tempo, já que o objetivo da presidente do TJ-RJ, desembargadora Leila Mariano, é de concluir toda a seleção até o fim deste ano.

Edital deve sair após aprovação do novo Codjerj


Conforme noticiado pela FOLHA DIRIGIDA no último dia 13 de junho, o Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJ-RJ) poderá cobrar em seu concurso o novo Código de Organização e Divisão Judiciárias do Estado do Rio de Janeiro (Codjerj). Um projeto de lei, alterando o código, será votado na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) em regime de urgência, a qualquer momento. A divulgação do edital para técnico e analista estaria atrelada também à votação do novo Codjerj.