Notícias sobre TJ-RJ - 2014 - técnico judiciário

Saiba como elaborar um quadro de estudo


A FOLHA DIRIGIDA entrevistou o consultor em concursos públicos Marcus Silva sobre como o candidato ao TJ deve elaborar seu quadro de estudo, para conseguir otimizar a preparação para as provas. Segundo ele, o planejamento depende da quantidade de horas disponível semanalmente, verificando em cada disciplina a quantidade de questões e o peso, tendo como  base o último edital.  

Maior necessidade é para cargo de técnico, nível médio


Quem sonha em ingressar no quadro de servidores do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJ-RJ) já deve iniciar a preparação, pois já está em elaboração o edital de novo concurso para técnico (nível médio) e analista (superior) judiciários.

Presidente confirma novo concurso para técnico e analista


A presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJ-RJ), desembargadora Leila Mariano, confirmou à FOLHA DIRIGIDA, na última sexta-feira, 4, que o órgão já programa a abertura de novo concurso para técnico e analista judiciários, cargos dos níveis médio e superior, respectivamente. “A intenção é divulgar um novo edital para que a próxima administração tenha um cadastro de reserva para poder trabalhar. Ainda não temos data exata para a divugação, mas a intenção é que ela ocorra logo após o término de validade do concurso atual.

Tribunal inicia levantamento do quadro de apoio em breve


O concurso do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJ-RJ), considerado um dos mais atraentes no âmbito do estado, pode sair no segundo semestre deste ano. Segundo a Assessoria de Imprensa, a presidente do órgão, desembargadora Leila Mariano, tem a intenção de realizar novo certame tão logo identifique as demandas após o fim da validade do concurso em vigor, 18 de maio para técnico e analista sem especialidade (2º e 3º graus), e 6 de junho para analista com especialidade (graduados).

Área de apoio: candidatos devem se preparar desde já


A previsão de abertura de novo concurso para a área de apoio do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJ-RJ), contemplando os níveis médio e superior, requer a necessidade de se iniciar o quanto antes a preparação para a concorrência. De acordo com a Assessoria de Imprensa do tribunal, é intenção da presidente do órgão, desembargadora Leila Mariano, identificar as novas carências após o fim da validade da seleção de 2012 (em 18 de maio para os cargos de técnico e analista sem especialidade, e 6 de junho para analista com especialidade), com o objetivo de abrir novo certame.

Área de apoio tem tradição de muitas convocações


Com a próximidade do término do prazo de validade do concurso de 2012, em 6 de junho, cresce a expectativa pela abertura de nova seleção para técnico e analista judiciários do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJ-RJ). Além da estabilidade e boas remunerações, um outro atrativo é que o órgão costuma chamar um grande número de aprovados. No concurso de 2008, por exemplo, foram oferecidas 138 vagas, mas 2.707 aprovados (1.717 técnicos e 990 analistas) foram convocados.  

Apoio: expectativa por novo concurso


Interessados com ensinos médio e superior poderão ter em breve a chance de integrar o quadro de apoio do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJ-RJ). É intenção da presidente do órgão, desembargadora Leila Mariano, a realização de concurso para os cargos de técnico e analista judiciários (2º e 3º graus, respectivamente), após a identificação das demandas surgidas com o fim da validade do concurso de 2012, que ocorrerá em maio e junho deste ano.

Professora dá dicas de Legislação


A informação de que o Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJ-RJ) irá identificar as carências de pessoal na área de apoio tão logo termine as convocações da seleção de 2012, no fim deste semestre, para abrir novo concurso, está levando os interessados a iniciarem os estudos. Seriam contemplados os cargos de técnico judiciário (2º grau), que proporciona ganhos de R$4.222,13, e de analista judiciário (graduados), cuja remuneração é de R$6.498,26, valores já somados os R$704 do vale-refeição.  

TJ do Rio não descarta abertura de novo concurso


O Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJ-RJ) deve analisar as carências de pessoal de apoio nos setores da Casa tão logo termine a validade dos concursos anteriores, em 18 de maio para técnico e 6 de junho para analista, cargos de níveis médio e superior, respectivamente. A informação é da Assessoria de Imprensa do tribunal, que diz ser intenção da presidente do TJ-RJ, desembargadora Leila Mariano, a realização do concurso após a identificação das demandas.