Notícias sobre PM-SP - soldado - 2016

Concurso autorizado para 5.400 vagas de soldado


O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, autorizou nesta quarta-feira, dia 31 de agosto, o concurso público para o preenchimento de 5.400 vagas para o cargo de soldado da Polícia Militar (PM-SP) no decorrer do ano de 2017. A informação foi divulgada por meio de despacho publicado no Diário Oficial do Estado.  

Oferta pode ser superior a 2 mil vagas para soldado


O concurso para soldado da Polícia Militar de São Paulo (PM-SP) poderá oferecer mais vagas além das 2 mil previstas, de acordo com o Departamento de Seleção e Alistamento da corporação. A oferta poderá aumentar em função do atraso no edital, que era aguardado para outubro de 2015. Desde então, o déficit de servidores tem crescido com as aposentadoras, exonerações e desligamento de servidores.

PL que permite a realização do concurso será enviado à Alesp nas próximas semans


A realização do concurso público de soldado da Polícia Militar de São Paulo depende da aprovação da lei de ingresso na corporação. O texto, já encaminhado ao governador Geraldo Alckmin, será enviado à Assembleia Legislativa (Alesp) já nas próximas semanas, como informou na última semana o Subchefe de Estado Maior da Polícia Militar, coronel Audi Anastácio Felix. A lei de Ingresso deve normatizar as regras de ingresso na corporação e atualizar o quadro de servidores. Na última atualização da lei, em 2013, foram menos de 36 dias entre a entrada da proposta na Alesp e a sanção da lei.

Comandante geral diz que concurso para soldado depende de atualização de lei


O próximo concurso público para a carreira de soldado da Polícia Militar de São Paulo (PM-SP) depende de uma atualização na Lei de Ingresso da Polícia Militar (LC 1.224/2013), que deve ser enviada nas próximas semanas à Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp). “Ela está sendo apresentada e tem que ser votada. É uma questão, espero, de poucos meses para isso acontecer”, afirmou em entrevista à FOLHA DIRIGIDA o comandante geral da PM, coronel Ricardo Gambaroni. O texto fixa regras para o ingresso e evolução dentro da corporação, além de alterar o quadro de servidores, atualmente fixado em 36.947 vagas, no caso de soldado. Projetos do gênero costumam tramitar rapidamente. Na última atualização da lei de ingresso, em 2013, foram menos de 36 dias entre a entrada da proposta na Alesp e a sanção da lei.  

Edital para 2 mil vagas de soldado não tem data prevista para ser divulgado


A Polícia Militar de São Paulo ainda não definiu uma nova data para a publicação do edital do concurso público que visa o preenchimento de 2 mil vagas de soldado. A expectativa inicial era de que o documento fosse divulgado em novembro, como nos últimos anos, mas o processo de contratação da organizadora adiou a abertura da seleção. De acordo com a Divisão de Alistamento e Seleção da PM a seleção ainda passa por trâmites finais dentro da corporação. Apesar de não definir prazos, o órgão não descartou a publicação do edital ainda neste mês.  

Confira como funciona o curso de formação da PM


Respeito, conduta e disciplina. Essas sãos três das primeiras e mais importantes lições que um soldado PM 2ª classe aprende ao ingressar na Escola Superior de Soldados da Polícia Militar. É lá que, após obter aprovação no concurso público, os novos servidores são treinados e passam um ano aprendendo aspectos essenciais da carreira. Para a 1° tenente Thais Cristina, chefe da seção de Comunição Social da Escola Superior de Soldados, a escola é a maior importância da Polícia Militar, pois ela forma a base da segurança pública. “A gente tem que preparar o policial militar para prestar o melhor serviço possível para a sociedade. Então eu acho que a nossa maior missão é formar bem para servir”, afirma ela.

Edital para 2 mil vagas de soldado deve sair em novembro


O edital do concurso público para soldado da Polícia Militar de São Paulo (PM-SP) deve ser publicado até o fim de novembro. A previsão inicial era de que o edital fosse lançado até o final de outubro, no entanto, apesar de já possuir autorização do governador Geraldo Alckmin, a seleção ainda aguarda aprovação da Secretaria de Segurança para a contratação da banca organizadora. De acordo com o Departamento de Alistamento e Seleção da PM-SP o edital já está finalizado e a expectativa é que, como nas últimas edições do concurso, a Fundação Vunesp seja a contratada.  

Edital segue previsto para esse mês: 2 mil vagas de soldado


A Polícia Militar de São Paulo voltou a confirmar para este mês a publicação do edital de seu concurso público para soldado. O edital já está praticamente finalizado, de acordo com a Divisão de Alistamento e Seleção da PM, e será lançado imediatamente após a contratação da banca organizadora, que aguarda aprovação do Conselho Jurídico e depende da disponibilidade orçamentária. O setor informou ainda que a Fundação Vunesp deve ser a contratada por meio de dispensa de licitação, como nas últimas edições do concurso.

Edital previsto para esse mês: 2 mil vagas de soldado


O edital do concurso público para soldado da Polícia Militar de São Paulo continua previsto para esse mês. De acordo com o Departamento de Alistamento e Seleção do órgão, o concurso passa pelos tramites finais e aguarda a aprovação do Conselho Jurídico para a contratação da banca organizadora, que depende da disponibilidade orçamentária. Ainda segundo o Departamento, a expectativa é que a Fundação Vunesp seja a contratada como nas últimas edições do concurso. O edital, que já está finalizado, deve ser lançado imediatamente após a contratação.