Notícias sobre PM-RJ - 2013 - 6.000 vagas - Soldado

Corporação otimista quanto à oferta de 6.965 vagas


O chefe do Centro de Recrutamento e Seleção de Praças (CRSP) da Polícia Militar do Rio de Janeiro (PM-RJ), tenente-coronel Roberto Vianna, reafirmou na última sexta-feira, dia 29, que está otimista quanto à aprovação na íntegra das 6.965 vagas, a serem oferecidas em concursos. A previsão era que o pedido fosse encaminhado à Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag), para avaliação do impacto orçamentário e autorização dos concursos, até o último dia 30. Porém, de acordo com o tenente-coronel, a solicitação será entregue até o próximo dia 13, de acordo com o Decreto nº 43.585, que ampliou o prazo para pedido de abertura de concursos para o ano de 2013.

Governador afirma que concurso já está autorizado


O governador Sérgio Cabral informou na última quarta, dia 27 de junho, que já autorizou a Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro a realizar concursos para 6.965 vagas de soldados e oficiais. O anúncio foi feito durante a inauguração de duas novas Unidades de Polícia Pacificadora (UPP), instaladas no Complexo da Penha (Morro da Chatuba e Morro da Fé/Sereno). A PM-RJ pretende contratar 6 mil soldados, 690 cabos auxiliares de enfermagem, 135 sargentos músicos, 60 oficiais combatentes e 80 oficiais médicos. Conforme a FOLHA DIRIGIDA publicou anteriormente, existe a possibilidade de que as oportunidades para esta última função sejam redistribuídas por outras, como fisioterapeutas, assistentes sociais, entre outras.

770 vagas na Saúde, para 2º e 3º graus


Auxiliares de enfermagem (cabo auxiliar de saúde) e médicos que sonham em fazer carreira militar devem iniciar os estudos desde já. Isso porque a Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro (PM-RJ) já planeja a realização de concurso para 770 vagas, sendo 690 para a primeira função e 80 para a segunda. A PM estuda a possibilidade de redistribuir as 80 oportunidades de médicos para as funções de fisioterapeuta e assistente social, entre outras, segundo informou, na última segunda-feira, 25, o chefe do Centro de Recrutamento e Seleção de Praças (CRSP) da PM-RJ, tenente-coronel Roberto Vianna.

Expectativa é pela manutenção das 6.965 vagas para níveis médio e superior


O chefe do Centro de Recrutamento e Seleção de Praças (CRSP) da Polícia Militar do Rio de Janeiro (PM-RJ), tenente-coronel Roberto Vianna, está otimista quanto à aprovação na íntegra das 6.965 vagas, a serem oferecidas em concursos. O pedido, que será encaminhado até o próximo dia 30 à Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag), destina-se ao preenchimento de 6 mil vagas de soldado, 690 de cabo auxiliar de enfermagem, 135 de sargento músico, 80 de oficial médico e 60 de oficial combatente. De acordo com Roberto Vianna, os concursos estão previstos para serem abertos a partir de janeiro de 2013.

Comando Geral já deu sinal verde para concurso


Os interessados em ingressar na Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro (PM-RJ) já podem ir se preparando, pois a corporação programa a realização de novos concursos públicos, em janeiro de 2013, para 6.965 vagas.

Primeiro edital a ser liberado será para soldado


O pedido de abertura de concursos para a Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro (PM-RJ), que visa ao preenchimento de 6.965 vagas nos cargos de soldado (6 mil), cabo auxiliar de enfermagem (690), sargento músico (135), oficial combatente (60) e oficial médico (80), será encaminhado até o próximo dia 30 à Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag-RJ), que ficará responsável por avaliar o impacto orçamentário e autorizar os concursos. Em entrevista à FOLHA DIRIGIDA, o chefe do Centro de Recrutamento e Seleção de Praças (CRSP) da PM-RJ, tenente-coronel Roberto Vianna, diz que já há um planejamento para os concursos, previstos para serem abertos a partir de janeiro de 2013.

Comando-geral aprova abertura de 6.965 vagas


O Comando-Geral da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro (PM-RJ) já aprovou o pedido de abertura de concursos para os cargos de soldado (6 mil), cabo auxiliar de enfermagem (690), sargento músico (135), oficial combatente (60) e oficial médico (80). A novidade é que a oferta foi ampliada de 6.885 para 6.965 vagas, com a inclusão da última função. O chefe do Centro de Seleção de Praças (CRSP) da PM-RJ, tenente-coronel Roberto Vianna, informou que o pedido agora será encaminhado até 30 de junho à Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag-RJ), que ficará responsável por avaliar o impacto orçamentário e autorizar os concursos.

Pedido de concurso será enviado até o fim de junho


Os interessados em ingressar na Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro (PM-RJ) já podem ir se preparando, pois a corporação vai encaminhar até o dia 30 de junho, para análise da Secretaria de Planejamento, um pedido de abertura de concursos para 6.885 vagas, distribuídas pelos cargos de soldado (6 mil), cabo auxiliar de enfermagem (690), sargento músico (135) e oficial (60). De acordo com o chefe do Centro de Seleção de Praças (CRSP) da PM-RJ, tenente-coronel Roberto Vianna, os editais devem ser divulgados em janeiro de 2013.

6.885 vagas em pauta para polícia. Diversos cargos


O chefe do Centro de Seleção de Praças (CRSP) da Polícia Militar do Rio de Janeiro (PM-RJ), tenente-coronel Roberto Vianna, informou à FOLHA DIRIGIDA na última terça-feira, dia 22, que o Comando Geral da corporação continua analisando o pedido de abertura de concursos para 6.885 vagas, distribuídas pelos cargos de soldado (6 mil), cabo auxiliar de enfermagem (690), sargento músico (135) e oficial (60).