Notícias sobre PM-RJ - 2013 - 6.000 vagas - Soldado

Concurso para oficial sofre pequeno atraso


A Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro (PM-RJ) pretendia publicar até a última sexta-feira, dia 28, o edital do concurso de oficial combatente, para ingresso na corporação em 2013. Mas, de acordo com o chefe do Centro de Recrutamento e Seleção de Praças (CRSP), tenente-coronel Roberto Vianna, as novas exigências documentais da Diretoria de Logística atrasou a elaboração do contrato com o organizador, o Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC). Ainda de acordo com o tenente-coronel, o edital está pronto e será publicado assim que for assinado o contrato com o IBFC. A previsão é que isso ocorra até esta sexta-feira, dia 5. O edital será oportunamente divulgado na FOLHA DIRIGIDA Online.

Chefe do Centro de Seleção orienta para novo concurso


Nesta quinta, 27, primeiro dia da 3ª Feira da Carreira Pública e Mercado de Trabalho do Rio de Janeiro, promovida pelo Grupo FOLHA DIRIGIDA, o chefe do Centro de Recrutamento e Seleção de Praças (CRSP) da Polícia Militar do Estado (PMERJ), tenente-coronel Roberto Vianna ministrou a palestra "Ser policial é sobretudo uma razão de ser - o ingresso na PMERJ". Ele explicou sobre a história da PM-RJ, a profissão do policial militar, sua atuação, os salários e a progressão na carreira. Os participantes também tiveram a oportunidade de conhecer os benefícios de trabalhar na corporação. "Aqueles que passarem no concurso público receberão assistência médica hospitalar para si e dependentes, alimentação, fardamento, promoção, pensão policial militar, transferência a pedido para a reserva remunerada, férias, afastamento temporário e licenças, porte de armas e Regime Adicional de Serviço", explicou.

Corporação estuda percentual de vagas para as mulheres


Com a confirmação de que haverá vagas para as mulheres no concurso destinado ao preenchimento de 6 mil vagas de soldado, que requer nível médio, da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro (PM-RJ), a corporação agora concentra esforços para definir se haverá quantitativo de vagas específico para as mulheres ou se elas concorrerão em igualdade de condições com os homens. "A questão de não disponibilizar vagas chegou a ser discutida internamente, mas as mulheres são importantes demais no cargo de soldado para não serem contempladas no concurso. Estamos estudando o percentual de vagas a ser definido", afirmou o relações públicas da PM, coronel Frederico Caldas.

Oficial combatente: edital pode sair até esta sexta, 28, com 60 vagas


A Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro (PM-RJ) pretende publicar até esta sexta-feira, dia 28, o edital do concurso de oficial combatente, para ingresso na corporação em 2013. Tão logo isso aconteça, o documento será divulgado na FOLHA DIRIGIDA Online. O contrato com o organizador, o Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC), poderá ser assinado a qualquer momento, segundo informou o chefe do Centro de Recrutamento e Seleção de Praças (CRSP), tenente-coronel Roberto Vianna. O IBFC costuma receber as inscrições em seu site, e quem não tem acesso à internet poderá utilizar os computadores disponíveis em unidades da PM, as mesmas do último concurso para soldado.

Mais quatro concursos em pauta, com 965 vagas. 2º e 3º graus


A Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro (PM-RJ) também planeja a realização de mais quatro concursos, cujo pedido de abertura está em análise na Secretaria de Estado e Planejamento e Gestão (Seplag), para preenchimento de 965 vagas. A corporação prevê 770 vagas só para a área de Saúde, sendo 690 para cabo auxiliar de saúde e 80 para oficial médico. As outras oportunidades serão para sargento músico (135) e oficial combatente (60).

PM-RJ aceitará mulheres no próximo concurso


Mudança importante no aguardado concurso para soldado da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro, cujo edital, com oferta de 6 mil vagas, é esperado para janeiro de 2013: a corporação voltou atrás, decidindo aceitar também mulheres. A informação foi divulgada na última quinta-feira, dia 20, no site da PM, por meio de nota oficial, assinada pelo comandante-geral, coronel Erir Ribeiro Costa Filho. Segundo a nota, o edital do próximo concurso está em fase de elaboração, e a possibilidade de não haver vagas para as mulheres chegou a ser discutida internamente. Mas o comandante-geral da corporação descartou a hipótese. "Acabamos de comemorar os 30 anos da chegada da mulher à PM. Não há uma área da Polícia Militar em que a mulher não atue, mesmo na atividade operacional. E sempre de maneira destacada e com extremo profissionalismo", disse Erir Ribeiro.

Soldado: corporação recua e diz que mulheres poderão se candidatar


Mudança de rumos no aguardado concurso para soldado da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro, cujo edital, com oferta de 6 mil vagas, é esperado para janeiro de 2013. Na verdade, trata-se de uma ótima notícia para as mulheres. Depois de ter sido anunciado que o processo seria exclusivo para homens, elas acabam de ser novamente incorporadas como possíveis candidatas na próxima seleção. Em nota oficial publicada no site da PM-RJ no início da noite desta quinta, dia 20, o coronel Erir Ribeiro Costa Filho, comandante-geral da corporação sinalizou que elas poderão, sim, inscrever-se na disputa.

Edital para oficial sai até o fim deste mês


A Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro (PM-RJ) pretende publicar até o próximo dia 28 o edital do concurso de oficial combatente, para ingresso na corporação em 2013. Tão logo isso aconteça, o documento será divulgado na FOLHA DIRIGIDA Online. Até esta sexta-feira, dia 21, deve ser assinado o contrato com o organizador, o Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC), informou o chefe do Centro de Recrutamento e Seleção de Praças (CRSP), tenente-coronel Roberto Vianna. O IBFC costuma receber as inscrições em seu site, e quem não tem acesso à internet poderá utilizar os computadores disponíveis em unidades da PM, as mesmas do último concurso para soldado.

Orçamento que inclui 6.965 vagas sai em outubro


É grande a expectativa pela autorização dos concursos da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro (PM-RJ), cujo pedido de abertura está em análise na Secretaria de Estado e Planejamento e Gestão (Seplag). Haverá oportunidades para soldado (6 mil vagas), cabo auxiliar de saúde (690), sargento músico (135), oficial de saúde (80) e oficial combatente (60). A Seplag é responsável por avaliar o impacto orçamentário das seleções que serão abertas em 2013. De acordo com a Assessoria de Imprensa da Seplag, o pedido de concursos está em análise para inclusão no Projeto de Lei do Orçamento Anual 2013 (Ploa), a ser enviado à Assembleia Legislativa até o próximo dia 28. A inclusão da previsão do concurso no Ploa 2013 significará que a Seplag destinou orçamento para a Polícia Militar nomear os aprovados no concurso.