Notícias sobre PGE-RJ - 2020 - Médio e Superior

Novo concurso: autorização da Copof pode ocorrer em abril


O concurso para técnico processual (nível médio) e outros cargos (nível superior) da Procuradoria Geral do Estado do Rio de Janeiro (PGE-RJ) já foi confirmado pela procuradora-geral Lucia Léa Guimarães, mas a instituição agora aguarda o aval da Comissão de Planejamento Orçamentário e Financeiro (Copof) para que a seleção possa ser aberta.  

Estratégia é manter foco nos estudos, dizem especialistas


Seja pela remuneração atraente (R$4.542 mensais), seja pela escolaridade (apenas nível médio), seja pela estabilidade conquistar, o fato é que o concurso para técnico processual da Procuradoria Geral do Estado (PGE-RJ) vem despertando um grande interesse entre muitos candidatos e, segundo especialistas na carreira pública, para eles a estratégia não é diferente dos demais concursos. 

Órgão recomenda estudo antecipado para o concurso


Aproveitar a divulgação antecipada do concurso para estudar, a fim de garantir a aprovação futura. Esse é o segredo para que os interessados no concurso da Procuradoria Geral do Estado do Rio de Janeiro (PGE-RJ), que visará à formação de cadastro de reserva em cargos de níveis médio e superior da área de apoio, consigam a aprovação. 

Concurso é desafio para muitos. R$4.542 para 2º grau


Uma regra geral que tem sido notada nos principais concursos públicos é a falta de disciplina nos estudos, sobretudo, quando não há definição na data para divulgação dos respectivos editais, o que leva muitos candidatos a adiarem seus estudos, aguardando a divulgação do edital. Como o intervalo entre a divulgação dos editais e a realização das prova é muito curto, esses candidatos acabam não conseguindo se preparar adequadamente e, assim, participam do respectivo concurso apenas para arriscar a sorte.

Procuradoria orienta candidatos a prosseguirem na preparação


O concurso para cargos dos níveis médio e superior da área de apoio da Procuradoria Geral do Estado do Rio de Janeiro (PGE-RJ) segue confirmado, apesar de ainda estar pendente da autorização da Comissão de Planejamento Orçamentário e Financeiro (Copof), criada recentemente pelo governo esstadual para analisar os gastos públicos.

Especialista recomenda estudo enquanto edital não sai


O concurso para cargos dos níveis médio e superior da área de apoio da Procuradoria Geral do Estado do Rio de Janeiro (PGE-RJ) está em compasso de espera. Isso porque, apesar de a seleção ter sido autorizada em novembro pela Casa Civil, terá de passar por uma nova análise, desta vez da Comissão de Planejamento Orçamentário e Financeiro (Copof), criada pelo governador Luiz Fernando Pezão para avaliar os gastos públicos.

Comissão organizadora já prepara o concurso


Apesar de o concurso para cargos dos níveis médio e superior da área de apoio da Procuradoria Geral do Estado do Rio de Janeiro (PGE-RJ) precisar da autorização da Comissão de Planejamento Orçamentário e Financeiro (Copof), recém-criada pelo governo para controlar os gastos, a comissão organizadora, designada no dia 29 de dezembro, está trabalhando nos preparativos da seleção, segundo assessores da vice-presidente da comissão, Renata Ruffo Rodrigues Pereira Rezende.

Apesar de cortes, procuradora-geral garante realização do concurso


O concurso para a área de apoio da Procuradoria Geral do Estado do Rio de Janeiro (PGE-RJ) continua confirmado, apesar dos cortes orçamentários que estão sendo realizados pelo governo. A informação foi passada pela procuradora-geral Lucia Léa Guimarães, à FOLHA DIRIGIDA, na última terça, dia 6. Embora a previsão inicial fosse divulgar o edital em janeiro, a procuradora-geral Lucia Léa Guimarães disse que irá fazer a modelagem do concurso com calma, por isso não quis precisar uma mês exato para a abertura da seleção.

Técnico processual: professor orienta estudo de Direito Administrativo


Com concurso para níveis médio e superior da área de apoio já anunciado, a Procuradoria Geral do Estado do Rio de Janeiro (PGE-RJ) concentra esforços na definição dos detalhes do certame. Enquanto isso, os interessados devem aproveitar que o órgão anunciou a seleção com antecedência para estudar, em especial os candidatos a técnico processual, cargo que deverá ter a maior concorrência da seleção, por exeigir apenas o nível médio devem dar atenção especial a disciplina de Direito Administrativo.