Sem concurso, ANTT tem 749 servidores a menos que o previsto em lei

No aguardo de aval para novo concurso ANTT, a autarquia tem 749 cargos vagos, de acordo com levantamento de agosto.

13/08/2019 08:15 | Atualizado: 15/08/2019 11:21

13/08/2019 08:15 | Atualizado: 15/08/2019 11:21

À espera da autorização de novos concursos ANTT, a Agência Nacional de Transportes Terrestres tem apenas 56% do seu quadro de profissionais ocupado. Das 1.705 vagas previstas em lei, 956 estão preenchidas. As outras 749 estão em aberto. O quantitativo foi divulgado pela autarquia no dia 1º de agosto.

Tal déficit poderá ser suprido parcialmente caso o Ministério da Economia conceda aval para o concurso ANTT. A autarquia confirmou à FOLHA DIRIGIDA que foi solicitada a abertura de 394 vagas para provimento.

Desse total, 208 são para técnico em regulação de serviços de transportes terrestres e 87 para técnicos administrativos. Ambos os cargos têm como pré-requisito somente o ensino médio completo. Os ganhos são de R$7.846,37 e R$7.474,67, respectivamente.

O pedido para o edital ainda contempla 63 oportunidades de especialista em regulação de serviços de transportes terrestres e 36 de analista administrativo. Tais oportunidades têm a exigência em qualquer área. As remunerações são de R$14.265,57 e R$15.516,12, nessa ordem. 

ANTT solicita abertura de novo concurso público ao governo federal
(Foto: Divulgação)

 

A ANTT tem sede em Brasília (DF), mas há possibilidade de abrir vagas nos seguintes estados, onde há unidades regionais: Rio de Janeiro, Minas Gerais, São Paulo, Rio Grande do Sul, Ceará, Maranhão, Bahia, Pernambuco e Santa Catarina.

Resumindo, o pedido para concurso da agência foi distribuído da seguinte forma:

Nível médio
Técnico em Regulação de Serviços de Transportes Terrestres 208 vagas
Técnico Administrativo 87 vagas
Nível superior
Especialista em Regulação de Serviços de Transportes Terrestres 63 vagas
Analista Administrativo 36 vagas
Total394 vagas

 

Um ponto positivo é que a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para 2020 propõe a autorização para provimento de cargos federais. O texto foi aprovado no último dia 8 de agosto pela Comissão Mista de Orçamento e ainda precisa passar por sessão conjunta no Congresso para sanção do presidente Jair Bolsonaro.

Em maio de 2017, a agência também protocolou pedido para novo concurso com 720 vagas. Na época, a solicitação foi arquivada pela extinto Ministério do Planejamento.

+Tenha acesso a assinatura Folha Dirigida com materiais exclusivos!
+ Concurso ANTT: tudo sobre o cargo de técnico em regulação

Último concurso ANTT foi realizado há cinco anos

Em 2013, a ANTT abriu o último concurso para ingresso de servidores. Na época, o edital trouxe a oferta de 135 vagas nos níveis médio e superior. Tais oportunidades foram distribuídas pelos cargos de técnico administrativo (dez), técnico em regulação de serviços de transportes (45).

Além de analista administrativo (17) e especialista em regulação de serviços de transportes terrestres (63). A maior parte das vagas era para lotação em Brasília. Porém, outros municípios como Boa Vista/RR, Rio Branco/AC e Porto Velho/RO também contaram com chances.

Acesse cursos de preparação para concurso ANTT:

Os vencimentos chegavam a R$10 mil. A autarquia contrata pelo regime estatutário, que garante a estabilidade empregatícia.  Os candidatos foram avaliados por provas objetivas, com as disciplinas de Conhecimentos Básicos e Específicos.

Além de redação; avaliação de títulos (para os cargos de nível superior) e curso de formação para especialista. Os exames foram aplicados nas cidades para as quais os candidatos concorreram. A banca organizadora do concurso foi o Cespe/UnB (atual Cebraspe).

Saiba como estudar para concursos de agências reguladoras: 

Quer receber novidades sobre concursos?

Cadastre-se para receber e-mails com asnotícias em destaque da semana, dicas de preparação, novidades da Folha Dirigidae muito mais!

Newsletter

Sobre o concurso

Previsto

ANTT - 2020 - Níveis médio e superior

Nacional
Não informado
Fund...
Não informado