Concurso TRE PI: veja os próximos passos até a publicação do edital

Veja quais são os próximos passos para a realização do concurso TRE PI, que já foi aprovado pela Corte do tribunal.

08/04/2021 07:12 | Atualizado: 09/04/2021 09:21

08/04/2021 07:12 | Atualizado: 09/04/2021 09:21

A aprovação do concurso TRE PI movimentou o noticiário nos últimos dias. Mas, quais são os próximos passos para a publicação desse edital?

De acordo com o relatório da reunião em que foi definida a aprovação do concurso, a Secretaria de Gestão de Pessoas (SGP) do Tribunal Regional Eleitoral do Piauí já havia indicado os nomes dos integrantes que irão compor a comissão organizadora da seleção. 

Tais nomes também foram aprovados pelo presidente do tribunal, desembargador José James Gomes Pereira, e pelos membros do TRE PI que participaram da referida sessão onde foi discutida a aprovação do concurso. 

Segundo informações da Seção de Capacitação e Desenvolvimento Organizacional do TRE PI, caberá agora à SGP providenciar a publicação da portaria da comissão em Diário Oficial. Somente após essa formalização o grupo poderá dar início aos trâmites necessários para a realização do concurso.

A comissão será a responsável, por exemplo, por elaborar o projeto básico da seleção. O documento reúne algumas informações importantes sobre o concurso, como o quantitativo de vagas e cargos, além das etapas de seleção dos candidatos.

Mas não para por aí. Além de cuidar de todos os trâmites iniciais referentes à seleção, incluindo o processo de escolha da organizadora, a comissão acompanhará e fiscalizará todas as etapas de seleção dos candidatos, até a homologação do concurso.

► Concursos TRE 2021: confira os editais que podem sair este ano

TRE PI
Tribunal quer realizar etapas do concurso ainda em 2021
(Foto: Divulgação)

Cargos e vagas do concurso TRE PI ainda serão definidos

Ainda de acordo com informações da Seção de Capacitação e Desenvolvimento Organizacional do tribunal, não foram definidos até o momento os cargos e a quantidade de vagas que serão oferecidos no concurso. Mas, uma informação divulgada no processo de aprovação do concurso indica o que os futuros servidores podem esperar.

Conforme consta no documento, o TRE PI conta, atualmente, com 42 servidores em condições para se aposentar. Essas vagas estão distribuídas da seguinte maneira:

  • 28 técnicos judiciários — área Administrativa;
  • Seis analistas judiciários — área Judiciária;
  • Seis analistas judiciários — área Administrativa;
  • Um analista judiciário — apoio especializado em Taquigrafia; e
  • Um analista judiciário — apoio especializado em Biblioteconomia.

Vale lembrar que a última portaria do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), indica que o TRE PI tem oito vagas autorizadas para provimento. 

Dessa forma, uma das alternativas é o tribunal lançar um edital com esse quantitativo de oportunidades imediatas e destinar o restante para formação de um cadastro de reserva. Os aprovados em cadastro poderão ser convocados ao longo do prazo de validade da seleção, que deverá ser de dois anos, prorrogáveis por igual período.

O tribunal também não conta, ainda, com uma estimativa de data para a publicação do edital. Mas, quem almeja garantir uma vaga no TRE PI não deve perder tempo e iniciar a preparação desde já. Isso porque o próprio tribunal já divulgou que a intenção é realizar todas as etapas de seleção dos candidatos ainda em 2021.

Botão com link para Folha Cursos

Em 2015, TRE PI realizou concurso para técnicos e analistas

O Tribunal Regional Eleitoral do Piauí não realiza um novo concurso desde 2015. Naquele ano, a seleção ofereceu vagas para as carreiras de técnico e analista, que exigem os níveis médio e superior, respectivamente.  Foram contempladas as seguintes especialidades:

  • Analista Judiciário: Administrativa, Análise de Sistemas, Taquigrafia e Judiciária;
  • Técnico Judiciário: Administrativa, Operação de Computadores e Programação de Sistemas.

A remuneração oferecida para a carreira de técnico era de R$6.224,79 e para analistas, era de R$9.662,84. Os valores já contavam com o auxílio-alimentação, de R$799. A carga de trabalho no tribunal é de 40 horas por semana.

O tribunal ainda oferecia a seus servidores alguns benefícios. Entre eles: adicional de qualificação, auxílio-creche e gratificação por curso de pós-graduação. O regime de contratação é o estatutário, que garante estabilidade empregatícia.

Em 2015, o Cebraspe foi o responsável por organizar o concurso. Os candidatos foram avaliados em três etapas: prova objetiva, Redação e prova prática de apanhamento taquigráfico (sendo esta última apenas para candidatos às vagas de Taquigrafia).

A prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório, foi composta por 70 questões. Os itens foram distribuídos pelas disciplinas de Conhecimentos Gerais (30) e Conhecimentos específicos (40).

Quer receber novidades sobre concursos?

Cadastre-se para receber e-mails com asnotícias em destaque da semana, dicas de preparação, novidades da Folha Dirigidae muito mais!

Carregando...