Concurso TRE PI 2021 tem comissão oficialmente formada

O concurso TRE PI 2021 teve a comissão responsável formada. Grupo de trabalho dará início aos preparativos.

13/04/2021 20:28 | Atualizado: 04/05/2021 10:58

13/04/2021 20:28 | Atualizado: 04/05/2021 10:58

O concurso TRE PI 2021 já tem comissão responsável formada. A definição foi publicada no Diário Oficial Eletrônico do Tribunal Regional Eleitoral do Piaui desta quarta-feira, 14. Nesta terça-feira, 4, a composição do grupo de trabalho foi publicado no Diário Oficial da União.

Os nomes dos servidores responsáveis pela seleção já haviam sido aprovados na sessão realizada no último dia 29 de março. Os integrantes foram indicados pela Secretaria de Gestão de Pessoas e aprovados pela Assessoria Jurídica do órgão.

Compõem o grupo, que ficará responsável por acompanhar todos os trâmites referentes ao concurso, os servidores: Tadeu Almeida Martins (presidente), Veranice da Silva Torres, Luciana Vilarino da Rocha Nunes, Gabriel Lima Campelo e Sheila Maria Araujo Brito.

Além deles ainda foram indicados para atuarem como suplentes os servidores: Adriana Barbosa de Araújo Lima e Ivo Farias Cavalcanti. 

Após designada a comissão organizadora do concurso, o grupo já pode dar início aos trâmites necessários para a publicação do edital. O primeiro deles deve ser a elaboração do projeto básico do concurso.

Nesse documento são listados alguns dos principais detalhes sobre a seleção, como a oferta de vagas e etapas de seleção, para que as bancas interessadas possam analisar e encaminhar suas propostas. Depois disso terá início o processo licitatório que definirá qual empresa ficará à frente da seleção. 

Concurso TRE PI tem comissão responsável formada (Foto: Divulgação)
Concurso TRE PI tem comissão responsável formada
(Foto: Divulgação)

Veja a oficialização da comissão do concurso TRE PI 2021 

PORTARIA PRESIDÊNCIA Nº 220/2021 TRE/PRESI/DG/SGP/COPES/SEREF, DE 12 DE ABRIL DE 2021

Institui a Comissão responsável pela condução das atividades pertinentes à realização do Concurso Público para provimento de cargos efetivos no âmbito deste Tribunal.

O PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO PIAUÍ, no uso de suas atribuições legais e, Considerando o Acórdão 0600048-65.2021.6.18.0000, de 29 de março de 2021 (documento 1224594), e o Despacho 15283 da COPES, de 8 de abril de 2021 (documento 1224595), inclusos no Processo SEI nº 0014129-61.2020.6.18.8000, R E S O L V E: Art. 1º Instituir a Comissão responsável pela condução das atividades pertinentes à realização do Concurso Público para provimento de cargos efetivos no âmbito deste Tribunal, que passa a ser constituída pelos seguintes membros: I - Tadeu Almeida Martins - Analista Judiciário, Área Judiciária, matrícula TRE/PI nº 258 - Membro Titular e Presidente; II - Veranice da Silva Torres - Analista Judiciário, Área Judiciária, matrícula TRE/PI nº 430 - Membro Titular e Secretária; III - Luciana Vilarinho da Rocha Nunes - Técnico Judiciário, Área Administrativa, matrícula TRE/PI nº 90 - Membro Titular; IV - Gabriel Lima Campelo - Analista Judiciário, Área Judiciária, matrícula TRE/PI nº 639 - Membro Titular; V - Sheyla Maria Araújo Brito Sulichin, Analista Judiciário, Área Administrativa, matrícula TRE/PI nº 215 - Membro Titular; VI - Adriana Barbosa de Araújo Silva- Técnico Judiciário, Área Administrativa, matrícula TRE/PI nº 164 - Membro Suplente; VII - Ivo Farias Cavalcante- Técnico Judiciário, Área Administrativa, matrícula TRE/PI nº 125 - Membro Suplente. Art. 2º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação. Desembargador JOSÉ JAMES GOMES PEREIRA Presidente do TRE-PI

Botão com link para Folha Cursos

Sem concurso válido, TRE PI tem 42 servidores aptos à aposentadoria

O tribunal ainda não informou as vagas e o cargos da seleção. Essa informação deverá ser levantada nos próximos dias pela comissão do concurso. No entanto, o panoramA do quadro de pessoal mostra como deve ser a seleção.

Hoje há 42 servidores aptos a se aposentar nas seguintes áreas: 

  • 28 técnicos judiciários — área Administrativa;
  • Seis analistas judiciários — área Judiciária;
  • Seis analistas judiciários — área Administrativa;
  • Um analista judiciário — apoio especializado em Taquigrafia; e
  • Um analista judiciário — apoio especializado em Biblioteconomia.

De acordo com a última portaria do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o TRE PI tem oito vagas autorizadas para provimento. Dessa forma, uma das alternativas é o tribunal lançar um edital com esse quantitativo de oportunidades imediatas e destinar o restante para formação de um cadastro de reserva.

Nesse caso, os aprovados em cadastro poderão ser convocados ao longo do prazo de validade da seleção, que deverá ser de dois anos, prorrogáveis por igual período. Assim como ocorreu no último concurso.

A validade da seleção de 2015 encerraria no dia 29 de agosto de 2020. Mas, por conta da pandemia do novo Coronavírus, o prazo foi suspenso. No entanto, o tribunal também já que não possui mais concurso válido.

De acordo com o TRE-PI, a nova suspensão das validades dos concursos do Poder Judiciário, por parte do CNJ, foi publicada em 6 de abril, quando a seleção do TRE PI de 2015 já tinha o prazo de validade expirado. Portanto, o novo concurso deve ser aberto normalmente. 

Requisitos e salários no TRE PI

Quem tem interesse em tornar-se servidor público do TRE PI deve ficar atento aos requisitos, salários e benefícios.

O cargo que mais chama atenção é o técnico judiciário da área Administrativa. É exigido para a função apenas o nível médio e os ganhos mensais chegam a R$8.501,45, já considerando o auxílio-alimentação de R$910,08.

No nível superior, as oportunidades são na carreira de analista judiciário. Várias áreas costumam ser contempladas na carreira. No último edital do TRE PI, por exemplo, houve oportunidades nas áreas  Administrativa, Análise de Sistemas, Taquigrafia e Judiciária.

Na Administrativa a exigência é o nível superior em qualquer áreas. Nas demais é preciso formação específica. A remuneração é de R$13.365,38, também somando o auxílio-alimentação de R$910,08

Além dos salários, os servidores têm direito a vários benefícios, como assistência médica e odontológica (R$215), adicional de qualificação (por nível de escolaridade superior ao exigido para a carreira), auxílio-creche (R$719,62 por dependente de até 5 anos). O regime de contratação é o estatutário, que garante estabilidade.

Cargos e salários do concurso TRE PI

Técnico judiciário — área Administrativa - Nível médio e R$8.501,45
Analista judiciário — área Administrativa - Nível superior em qualquer área e R$13.365,38
Analista judiciário — área Judiciária - Nível superior em Direito e R$13.365,38
Analista judiciário — área Taquigrafia - Nivel superior em Taquigrafia e R$13.365,38
Analista judiciário — área Biblioteconomia -  Nivel superior em Biblioteconomia e R$13.365,38

Último concurso TRE PI aconteceu em 2015

O último concurso TRE PI foi realizado em 2015. Na época, foram oferecidas vagas para as carreiras de técnico e analista, que exigem os níveis médio e superior, respectivamente. 

As vagas estavam distribuídas pelas seguintes especialidades:

  • Analista Judiciário: Administrativa, Análise de Sistemas, Taquigrafia e Judiciária;
  • Técnico Judiciário: Administrativa, Operação de Computadores e Programação de Sistemas.

Em 2015, o Cebraspe foi o responsável por organizar o concurso. Os candidatos foram avaliados em três etapas: prova objetiva, redação e prova prática de apanhamento taquigráfico (sendo esta última apenas para candidatos às vagas de Taquigrafia).

A prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório, foi composta por 70 questões. Os itens foram distribuídos pelas disciplinas de Conhecimentos Gerais (30) e Conhecimentos específicos (40). As disciplinas foram as seguintes:

Conhecimentos gerais para todos os cargos

  • Língua Portuguesa
  • Noções de Informática
  • Normas Aplicáveis aos Servidores Públicos Federais
  • Noções de Administração Geral
  • Regimento Interno do TRE PI
  • Código de Ética do TRE PI

Conhecimentos Específicos

Analista Judiciário na área Administrativa

  • Noções de Direito Administrativo
  • Noções de Direito Constitucional
  • Noções de Direito Eleitoral
  • Noções de Administração Orçamentária e Financeira e Orçamento Público
  • Noções de Administração Pública

Analista Judiciário na área de Análise de Sistemas

  • Fundamentos em Ti
  • Governança e Gestão de Ti
  • Processos de Negócio
  • Engenharia de Software
  • Arquitetura de Software
  • Desenvolvimento de Software
  • Redes de Computadores
  • Bancos de Dados
  • Segurança da Informação

Analista Judiciário – Área de Taquigrafia

  • Língua Portuguesa

Analista Judiciário – Área Judiciária

  • Direito Administrativo
  • Direito Constitucional
  • Direito Eleitoral
  • Direito Civil
  • Direito Processual Civil
  • Direito Penal
  • Direito Processual Penal
  • Noções de Administração Pública

Técnico Judiciário – Área Administrativa

  • Noções de Direito Administrativo
  • Noções de Direito Constitucional
  • Noções de Direito Eleitoral
  • Noções de Administração Pública

Técnico Judiciário – Área de Operação de Computadores

  • Operação de Computadores

Técnico Judiciário – Área de Programação de Sistemas

  • Programação de Sistemas

Como foram as provas?

As provas objetivas e discursiva para todos as especialidades do analista judiciário, exceto a área de Taquigrafia, tiveram a duração de 4 horas e 30 minutos e foram aplicadas no turno da manhã.

As provas objetivas, para o analista judiciário da área de Taquigrafia, foram aplicadas no turno da manhã, com duração de 3 horas e 30 minutos.

No período da tarde, as provas objetivas para todas as áreas de técnico Judiciário foram aplicadas com duração de 3 horas e 30 minutos.

Para todos os cargos foram cobradas provas objetivas:

  • Conhecimentos Gerais: 30 questões, peso 1.
  • Conhecimentos Específicos: 40 questões, peso 3.

Além disso, as áreas do analista Judiciário, exceto Taquigrafia, contaram com uma prova discursiva de peso 2. Para área de Taquigrafia, houve cobrança de prova Prática.

Concorrência do concurso

No total, 15.490 candidatos se inscreveram para o concurso TRE PI em 2015. 

  • Técnico Judiciário – Administrativa: foram 10.123 inscritos para 8 vagas, uma média de 1.265
  • Analista Judiciário – Judiciária: foram 2.779 inscritos para 4 vagas, uma média de 694 candidatos x vaga

Os demais cargos ofertavam apenas uma vaga ou cadastro de reserva:

  • Analista Judiciário – Administrativa: 1.371 inscritos
  • Analista Judiciário – Taquigrafia: 52 inscritos
  • Analista Judiciário – Análise de Sistemas: 407 inscritos
  • Analista Judiciário – Operação de Computadores: 541 inscritos

Quer receber novidades sobre concursos?

Cadastre-se para receber e-mails com asnotícias em destaque da semana, dicas de preparação, novidades da Folha Dirigidae muito mais!

Carregando...