MP recomenda anulação das provas do concurso TJ GO para juiz

Diante de possíveis irregularidades, Ministério Público de Goiás recomenda anulação das provas objetivas do concurso TJ GO para juiz.

26/10/2021 16:23 | Atualizado: 26/10/2021 16:28

26/10/2021 16:23 | Atualizado: 26/10/2021 16:28

O Ministério Público de Goiás recomendou ao Tribunal de Justiça do Estado a anulação da primeira etapa do 57º concurso TJ GO para juiz substituto. O órgão também orienta pela retificação do cronograma, incluindo uma nova data de aplicação da prova objetiva.

De acordo com o promotor de justiça João Teles de Moura Neto, a medida é necessária em razão de fortes indícios de irregularidades na realização do exame e tem por finalidade prevenir responsabilidade em eventual processo judicial.

O TJ GO, agora, tem dez dias para encaminhar, por escrito, informações sobre as providências adotadas para o cumprimento da orientação.

Para apuração de possíveis irregularidades no concurso, conduzido pela Fundação Carlos Chagas (FCC), o MP instaurou inquérito civil público (ICP).

As representações levadas à 73ª Promotoria de Justiça de Goiânia narram diversas situações que, uma vez comprovadas, comprometeriam a lisura do certame, entre elas:

- Queda de energia em um dos locais de prova, que acarretou atraso de duas horas do início da prova;
- Nesse período, candidatos foram autorizados a usar celular nas salas de prova e banheiros, mesmo após a entrega dos espelhos de gabarito;
- Situação desrespeitaria o edital, que determina o desligamento do aparelho;
- Candidato que teria passado mal e sido encaminhado para sala reservada sob a justificativa que seria pessoa com deficiência. O que, segundo noticiado, não seria verdade;
- Ausência de detectores de metais na fiscalização de entrada a um dos locais de prova.

Fachada do Tribunal de Justiça de Goiás
TJ GO realiza novo concurso para juiz substituto
(Foto: Divulgação/Prefeitura de Goiânia)

O Tribunal de Justiça de Goiás ainda não se pronunciou sobre o assunto.

Concurso TJ GO teve provas objetivas em setembro

As provas objetivas do concurso TJ GO para magistratura foram realizadas no dia 26 de setembro em 35 locais distintos. Os candidatos tiveram que responder a 100 questões de múltipla escolha, divididas em blocos, conforme disposto abaixo:

BLOCO I: Direito Civil Direito Processual Civil Direito do Consumidor Direito da Criança e do Adolescente (40 questões)

BLOCO II: Direito Penal Direito Processual Penal Direito Constitucional Direito Eleitoral (30 questões)

BLOCO III: Direito Empresarial Direito Tributário Direito Ambiental Direito Administrativo Direito Agrário (30 questões)

O resultado final da prova objetiva, após análise de todos os recursos, estava previsto para o dia 24 de novembro.

concurso TJ GO ainda terá as etapas de: provas escritas; sindicância da vida pregressa e investigação social, exame de sanidade física e mental e exame psicotécnico; prova oral e avaliação de títulos.

Concurso TJ GO oferece mais de 50 vagas para juiz

No dia 13 de maio, foi publicado o edital do concurso para juiz substituto do TJ GO. A oferta é de 52 vagas imediatas mais formação de um cadastro de reserva.

O cargo de juiz tem como requisitos: Bacharelado em Direito e, pelo menos, três anos de prática jurídica. Além disso, é necessário ter menos de 65 anos na data da posse, idoneidade moral e não registrar antecedentes criminais.

O salário inicial é de R$28.884,25. Com as progressões, o valor pode chegar a R$35.462,28. A seleção registrou o total de 12.199 inscrições, conforme dados da banca organizadora.

O TJ de Goiás ainda realiza um novo concurso com 95 vagas para analista judiciário. Desse quantitativo, 46 são para analista da Área de Apoio judiciário e Administrativo, carreira que exige nível superior em qualquer área. Nesse caso, as remunerações são de R$3.833,88.

As outras 49 chances são para analista da área Judiciária, para formados em Direito. A remuneração é de R$4.259,86. As inscrições serão abertas na quinta-feira, 28 de outubro.

Os interessados poderão se candidatar até 29 de novembro, pelo   site do Centro de Seleção da Universidade Federal de Goiás   (UFG), banca organizadora.

O primeiro passo será preencher o formulário com todas as informações solicitadas. Em seguida, gerar o boleto e pagar as taxas de:

  • R$115: para analista judiciário – Apoio Judiciário e Administrativo;
  • R$127,70: para analista judiciário da área Judiciária. 

A seleção para analista judiciário será composta por provas objetivas e discursivas, de caráter eliminatório e classificatório. A aplicação das avaliações será no mesmo dia: 19 de dezembro. Confira todos os detalhes!

Estude para concursos de tribunais com a Folha Cursos

Assim como o TJ GO, outros tribunais pelo país preparam novos concursos públicos. Incluindo o cargo de técnico judiciário, de nível médio. 

Você sabia que a Folha Dirigida também tem cursos preparatórios para concursos de tribunais? A Folha Cursos dispõe de videoaulas, material escrito e questões comentadas para te auxiliar no caminho até a posse. 

Confira os cursos para carreiras de tribunais e comece já sua preparação!

Quer receber novidades sobre concursos?

Cadastre-se para receber e-mails com asnotícias em destaque da semana, dicas de preparação, novidades da Folha Dirigidae muito mais!

Carregando...