Presidente anuncia estudos do concurso TJ GO para área de apoio

Presidente do Tribunal de Justiça de Goiás delibera realização de estudos para novo concurso TJ GO. Oferta será para analistas judiciários!

06/02/2021 12:51 | Atualizado: 06/02/2021 12:53

06/02/2021 12:51 | Atualizado: 06/02/2021 12:53

O presidente do Tribunal de Justiça de Goiás, desembargador Carlos Alberto França, anunciou, na sexta-feira, 5, estudos para um novo concurso TJ GO na área de apoio. Objetivo é o preenchimento de cargos vagos para analista judiciário, de nível superior.

Carlos França emitiu um despacho orientando o diretor-geral do TJ GO, Rodrigo Leandro da Silva, a adotar as providências para obter as informações sobre a seleção. No documento, o presidente deu um prazo de 15 dias para que seja feito um levantamento de vacâncias para analista.

Tal estudo deve considerar todas as comarcas, a necessidade mínima e máxima de servidores em cada uma delas. Além de informações sobre o movimento forense nestas unidades judiciárias, como número de processos em andamento e entrada de novas ações no último triênio.

Ainda será preciso considerar a capacidade/impacto orçamentário, observando também as normas do Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

O presidente do tribunal reforçou o que já havia dito no dia que assumiu o Poder Judiciário goiano, 1º de fevereiro. Ou seja, que outros concursos terão prioridades além dos para preenchimento de juízes substitutos e para provimento da titularidade dos cartórios extrajudiciais vagos.

TJ GO realiza levantamento para novo concurso de analista judiciário
TJ GO realiza levantamento para novo concurso de analista judiciário
(Foto: Divulgação)

“Providências visando aprimorar e agilizar a prestação jurisdicional, a continuidade no investimento em tecnologia de ponta, zelo com as práticas que podem refletir positivamente na sustentabilidade ambiental e na defesa dos direitos humanos, aprimoramento e valorização de magistrados e servidores serão os principais eixos da gestão”, afirmou.

Ao assumir a presidência do TJ de Goiás, o desembargador Carlos França firmou o compromisso de focar sua gestão na agilidade e aprimoramento da prestação jurisdicional. Os concursos públicos são uma forma de atingir tal objetivo.

Resumo concurso TJ GO

  • Órgão: Tribunal de Justiça de Goiás
  • Vagas: a definir
  • Cargo: analista judiciário
  • Requisito: nível superior
  • Banca: a definir

À espera de concurso, TJ GO tem mais de 300 cargos vagos

Segundo dados de dezembro de 2020, o Tribunal de Justiça de Goiás tem mais de 300 cargos sem preenchimento na área de apoio. O maior déficit é para analista judiciário – especialidade de apoio judiciário e administrativo. Faltam, ao todo, 183 servidores.

Há ainda 21 postos em aberto para analista judiciário – área especializada e 39 para analista judiciário – área judiciária.

O último concurso TJ GO para analistas judiciários foi realizado em 2014 e já teve sua validade expirada. Isto é, o tribunal não pode chamar aprovados para suprir a necessidade por novos servidores efetivos.

Na época, o edital publicado trouxe a oferta de 474 vagas imediatas para analista judiciário, com exigência de nível superior em diferentes áreas. As remunerações puderam chegar a R$3.879,91. As oportunidades foram distribuídas pelas 13 regiões judiciárias do estado.  

A Fundação Getulio Vargas (FGV) foi a banca organizadora. Os candidatos foram avaliados por provas objetivas e discursivas. Foram cobradas questões sobre Conhecimentos Básicos (Língua Portuguesa, Geo-História de Goiás), Conhecimentos Específicos e Legislação Complementar.

A exceção foi para o cargo de analista área especializada, em que foram exigidas Noções de Direito Constitucional e de Direito Administrativo, ao invés de Legislação Complementar e de Conhecimentos Específicos. Os concorrentes ainda tiveram que elaborar uma redação.

Inicie seus estudos para o próximo concurso TJ GO

Conforme informado por especialistas, a preparação antecipada aumenta as chances de aprovação em concursos. Por isso, a orientação é começar já os estudos para o concurso TJ GO. 

Você sabia que a Folha Dirigida também tem cursos preparatórios para concursos? A Folha Cursos dispõe de videoaulas, material escrito e questões comentadas para te auxiliar no caminho até a posse. 

Confira os cursos para carreiras de tribunais e comece já sua preparação!

Concurso TJ GO: presidente promete até 100 vagas de juiz

Durante sua posse como presidente do TJ GO, o desembargador Carlos Alberto França anunciou que o concurso para juízes substitutos terá até 100 vagas. O edital deve ser publicado em breve, já que a intenção é dar posse aos aprovados ainda em 2021.

Segundo informado pela presidente da Associação de Magistrados de Goiás (Asmego), Patricia Carrijo, a previsão é que o concurso seja realizado no início de 2021. A estimativa é que o edital seja divulgado em meados de fevereiro.

O tribunal, a princípio, revelou que a oferta do concurso TJ GO seria de 43 vagas para juízes substitutos. Os aprovados em cadastro de reserva podem ser chamados durante o prazo de validade da seleção.  

A carreira requer Bacharelo em Direito e, pelo menos, três anos de prática jurídica. A remuneração inicial dos juízes é de R$28.884,25. Com as progressões, o valor pode chegar a R$35.462,28. 

A Fundação Carlos Chagas (FCC) já foi contratada como banca organizadora do concurso. Ela será responsável por receber as inscrições e aplicar as etapas da seleção, como provas objetivas.

Quer receber novidades sobre concursos?

Cadastre-se para receber e-mails com asnotícias em destaque da semana, dicas de preparação, novidades da Folha Dirigidae muito mais!

Carregando...