Concurso TJ GO: projeto prevê mais convocações para analista

Projeto de lei prevê transformação de cargos e mais convocações de aprovados no concurso TJ GO para analista. Entenda os detalhes!

24/11/2021 16:08 | Atualizado: 24/11/2021 16:09

24/11/2021 16:08 | Atualizado: 24/11/2021 16:09

O concurso para analista judiciário do TJ GO pode ter mais convocações de aprovados. Isso porque o Tribunal de Justiça de Goiás apresentou e enviou para a Assembleia Legislativa do Estado de Goiás (Alego) uma proposta para transformação de cargos. 

A ideia é reorganizar a estrutura administrativa e adequá-la às novas necessidades dos serviços judiciários. De forma a aumentar a força de trabalho no primeiro grau de jurisdição, ou seja, na atividade-fim do Poder Judiciário, diante da crescente demanda jurisdicional. 

O projeto de lei prevê a transformação, sem aumento de despesa, de 77 cargos efetivos das áreas judiciária e especializada em 76 cargos efetivos de analista judiciário – área de apoio judiciário e administrativo, que serão providos com os aprovados do concurso em andamento

Além de seis cargos em comissão de assessor de juiz de Direito. Aumentando, assim, o número de postos de trabalho para 82 cargos. 

É proposta ainda a alteração de 16 cargos em comissão de assistente administrativo de juiz de Turma Recursal em cargos em comissão de assessor de juiz de Direito, com vinculação aos gabinetes das juízas e juízes das Turmas Recursais.

Fachada do Tribunal de Justiça de Goiás
TJ GO realiza concurso para analistas judiciários, de nível
superior (Foto: Divulgação)

A proposta de alteração legislativa não cria cargo, emprego ou função que implique aumento da despesa. Por esse motivo, as transformações não apresentarão impacto financeiro aos cofres públicos. Segundo a Diretoria-Geral do tribunal, a despesa relativa aos novos cargos reduzirá em quase R$14 mil.

“Os cargos estão vagos e diante da constante modernização tecnológica do Poder Judiciário podem ser direcionados a outras áreas visando a continuidade e eficiência da prestação jurisdicional. O Poder Judiciário tem autonomia administrativa e financeira para a iniciativa legislativa de sua organização judiciária”, explicou o presidente do tribunal, Carlos França. 

No TJGO, a proposta teve parecer favorável da Comissão de Regimento Interno e Organização Judiciária, Corregedoria-Geral da Justiça e, por fim, foi aprovada à unanimidade pelo Órgão Especial. Agora, está na Assembleia Legislativa para apreciação. 

Proposta de mudanças também para férias de servidores

A proposta do Judiciário também está relacionada às férias das servidoras e servidores, que poderão requerer a conversão em pecúnia das férias relativas ao período em que não for possível o usufruto por necessidade do serviço. 

Os servidores que substituírem seus superiores na função por encargo de confiança e do cargo em comissão terão assegurados a substituição remunerada na proporção de 1/30 (um trinta avos). Hoje, esse pagamento estava condicionado à duração superior a 15 dias.

A lei ainda alterou regras relativas à licença-prêmio. O parágrafo único do artigo 4º da Lei estadual nº 20.033/2018 foi revogado. Dessa forma, a partir de agora, o pedido de pagamento do abono pecuniário não está condicionado a um período de licença-prêmio por exercício.

Por fim, a nova lei garante que os servidores lotados na Coordenadoria do Plantão Judicial do Poder Judiciário goiano poderão atuar em regime de horário diferenciado, fazendo jus ao adicional noturno.

Concurso TJ GO tem 95 vagas imediatas para analista

Publicado em setembro, o edital do concurso para analista judiciário prevê a oferta de 95 vagas imediatas. Desse total, 46 são para analista da Área de Apoio judiciário e Administrativo, carreira destinada a quem possui nível superior em qualquer área. As remunerações são de R$3.833,88.

As demais 49 chances são para analista da área Judiciária, para formados em Direito. Nesse caso, os salários são de R$4.259,86.

Caso o projeto do TJ seja aprovado pelo Legislativo, os aprovados além das 95 vagas imediatas devem ser convocados. 

As inscrições do concurso ficam abertas até a próxima segunda-feira, 29 de novembro, pelo site do Centro de Seleção da Universidade Federal de Goiás (UFG), banca organizadora.

O concurso TJ GO será composto por provas objetivas e discursivas, de caráter eliminatório e classificatório. A aplicação das avaliações será no mesmo dia: 19 de dezembro. 

Prepare-se para concursos de tribunais com a Folha Cursos

Assim como o TJ GO, outros tribunais pelo país preparam novos concursos públicos. Incluindo o cargo de técnico judiciário, de nível médio. 

Você sabia que a Folha Dirigida também tem cursos preparatórios para concursos de tribunais? A Folha Cursos dispõe de videoaulas, material escrito e questões comentadas para te auxiliar no caminho até a posse. 

Confira os cursos para carreiras de tribunais e comece já sua preparação!

Quer receber novidades sobre concursos?

Cadastre-se para receber e-mails com asnotícias em destaque da semana, dicas de preparação, novidades da Folha Dirigidae muito mais!

Carregando...