Concurso TCU: tribunal inicia 2021 com 193 cargos vagos de auditor

Enquanto o novo edital para auditor do TCU não é publicado, órgão acumula mais de 190 cargos vagos para carreira. Confira!

25/12/2020 17:00

25/12/2020 17:00

O Tribunal de Contas da União vai começar o ano de 2021 com uma quantidade significativa de cargos vagos para auditor. Apesar do concurso TCU para a carreira já estar autorizado, os trâmites sofreram atraso por conta da pandemia do novo Coronavírus.

De acordo com dados disponíveis no Portal de Transparência do TCU, o órgão conta com 209 vacâncias, só para a carreira de auditor. Desse total, 193 cargos vagos são para carreira de auditor de controle externo.

Ainda há vagas desocupadas para as especialidades de Enfermagem (uma), Tecnologia da Informação (12) e Medicina (três).

As vacâncias, no entanto, não param por aí. Para técnicos, o número chega a 253 cargos vagos. Desse total, 78 são para área de controle externo.

Também há vagas desocupadas para área técnica administrativa (136), técnica operacional (33), Tecnologia da Informação (duas) e Enfermagem (quatro). 

Por fim, o tribunal também tem duas vacâncias para o cargo de auxiliar. Ao todo, são 463 vagas desocupadas.

Lembrando que o TCU não conta mais com concursos em validade para preenchimento dessas vacâncias. A validade do concurso para auditor encerrou em 2017. O prazo era de seis meses, prorrogáveis por igual período. 

Já a validade do concurso para técnico era de dois anos, também prorrogáveis por igual período. O prazo encerrou em dezembro de 2019.

Concurso TCU: veja tudo o que aconteceu com a seleção até o momento

+ Concurso TCU deve ser realizado apenas em 2021. Entenda!

TCU
Ao todo, TCU acumula mais de 460 cargos vagos
(Foto: Leopoldo Silva/Agência Brasil)

TCU tem concurso autorizado com 20 vagas para auditor

O próximo concurso já está autorizado, desde março deste ano. A autorização foi para concurso com 20 vagas imediatas, mais oportunidades para cadastro de reserva.

As chances serão para os cargos de auditor de controle externo. Para concorrer, é preciso ter o nível superior em qualquer área de formação.

Um dos principais atrativos deste cargo é a remuneração. Os ganhos podem chegar a R$17.371,38

O valor é composto pelo vencimento básico, a gratificação de desempenho (R$8.475,69), o auxílio-alimentação (R$1.011,04) e o auxílio transporte (R$1.249,61).

Além disso, os auditores do TCU têm direito a outros benefícios, como auxílio pré-escolar, no valor de R$791,58, assistência médica, de R$334,51, e exames periódicos, de R$135,96.

Botão com link para assinatura

Organizadora do concurso TCU ainda deve ser definida

O Instituto Serzedello Corrêa está a frente dos trâmites para a realização do concurso, mas ainda deverá ser definida uma banca organizadora para conduzir as etapas de seleção do concurso.

No entanto, a contratação da empresa depende da evolução da pandemia. A comissão do concurso já havia informado anteriormente que o concurso só ocorreria quando não houvesse mais riscos de contaminação a todos os envolvidos. Ou seja, membros da comissão, equipe da banca organizadora e candidatos.

A expectativa é de que os preparativos do concurso TCU sejam retomados em 2021.  Inclusive, o Projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA) de 2021, que foi entregue ao Congresso Nacional, traz indicação de 30 vagas para provimento no Tribunal de Contas da União (TCU). 

Como o concurso só tem 20 vagas autorizadas até o momento, espera-se que essas outras dez chances venham no edital como oportunidades para formação de cadastro de reserva.

Embora o concurso TCU já esteja autorizado, essa indicação no PLOA 2021 é necessária para que o governo tenha o controle sobre os recursos financeiros necessários para o provimento dessas vagas no próximo ano.

Resumo concurso TCU 2020

  • Órgão: Tribunal de Contas da União
  • Banca: a definir
  • Cargos: auditor de controle externo
  • Requisitos: nível superior em qualquer área
  • Vagas: 20 (mais cadastro de reserva) 
  • Lotação: a definir
  • Remuneração: R$17.371,38

Edital anterior pode servir como referência para estudos

O último concurso para auditores do TCU foi realizado em 2015. Para quem não quer perder tempo e se dedicar desde já aos estudos, uma boa opção é usar o edital anterior como referência. 

Em 2015, o concurso foi composto por etapas de provas objetiva e discursiva. Ambas avaliações tinham caráter eliminatório e classificatório.

A prova objetiva tinha 200 questões, distribuídas por disciplinas de Conhecimentos Gerais (100) e Específicos (100). A organizadora do concurso foi o Cebraspe.

Na prova de Conhecimentos Gerais foram cobrados itens de Língua Portuguesa, Língua Inglesa, Raciocínio Analítico, Matemática Financeira, Noções de Estatística, Controle Externo, Direito (Constitucional, Administrativo, Civil, Processual Civil, Penal), Auditoria Governamental e Análises de Informações.

Já na avaliação discursiva os candidatos tiveram que responder a duas questões de Conhecimentos Gerais, uma de Conhecimentos Específicos. Além disso, foi cobrada a elaboração de uma peça de natureza técnica.

Os aprovados ainda passaram por uma segunda etapa de avaliação, que consistia em um programa de formação, de caráter eliminatório. Tal programa é coordenado pelo Instituto Serzedello Corrêa.

A formação tem duração mínima de 120 horas, podendo ser ministrada, inclusive, aos sábados, domingos e feriados e, ainda, em horário noturno.

Quer receber novidades sobre concursos?

Cadastre-se para receber e-mails com asnotícias em destaque da semana, dicas de preparação, novidades da Folha Dirigidae muito mais!

Carregando...