Concurso TRF2: 5,2 mil candidatos ainda podem ser nomeados

Com concurso TRF2 em validade, mais de 5 mil candidatos ainda podem ser nomeados. Veja a quantidade exata e sobre o prazo de validade.

26/11/2021 12:36 | Atualizado: 30/11/2021 10:43

26/11/2021 12:36 | Atualizado: 30/11/2021 10:43

O seu sonho é fazer parte do Tribunal Regional Federal da 2ª Região e você fez parte do último concurso TRF2? Então as suas chances ainda não acabaram.

O órgão confirmou à Folha Dirigida a 'quantas andam' o seu cadastro de reserva e o atual prazo de validade.

Em resposta à reportagem, o TRF2 confirmou que 5.248 candidatos ainda podem ser chamados para tomar posse.

Estes candidatos são aprovados que constam no cadastro de reserva e poderão ser chamados durante todo o prazo de validade do concurso, de acordo com a necessidade do tribunal.

E as chances de muitos candidatos serem chamados são grandes. Quer entender o motivo? Vamos lá!

Para quem não sabe, o concurso TRF2 que teve edital publicado em 2016 visava formar cadastro de reserva, ou seja, não teve uma oferta de vagas imediatas. Ao todo, 5.909 candidatos foram classificados após a realização das etapas.

Com isso, até a novembro de 2021, o Tribunal Regional Federal da 2ª região:

  • já NOMEOU 661 candidatos!

Isso porque o concurso chegou a ter validade suspensa, caso contrário, este número já poderia ter sido maior. 

Fato é que suas esperanças não podem ter fim. Afinal, concursos de tribunais costuma usar bastante o cadastro de reserva e o TRF2 ainda deve usar bastante o seu. 

Ah, e mesmo se terminar e você não for chamado. Um novo concurso TRF2 já teve ser feito em seguida, para que haja sempre cadastro válido e reforços possam ser chamados.

Por isso, esteja preparado para garantir um bom resultado quando o próximo concurso for realizado:

Concurso TRF2: até quando vai a validade atual?

Em 2019, o prazo de validade do concurso TRF2 foi prorrogado por dois anos, passando a ser até 29 de novembro de 2021. No entanto, em maio deste ano, um novo ato da presidência interferiu no prazo.

O ato que suspendia o prazo de validade dos concursos realizados no âmbito do Poder Judiciário foi prorrogado até 31 de dezembro de 2021.

Dessa forma, o prazo de validade somente voltará a contar a partir do dia 1º de janeiro de 2022.

Mas, e qual será o prazo de validade do concurso TRF2? 

O Tribunal Regional Federal da 2ª Região confirmou que o concurso ficará válido, com o novo prazo, até 5 de junho de 2023.

Fachada do TRF2
Concurso do TRF2 estará em validade até julho de 2023
(Foto: Divulgação)

Saiba tudo sobre o último concurso TRF2

O edital do concurso TRF2 foi publicado em novembro de 2016. Todas as oportunidades foram para formar cadastro de reserva em cargos de técnicos e analistas para diversas áreas/especialidades.

concurso TRF2 reuniu 204.452 candidatos, sendo 146.779 no Rio de Janeiro e 57.673 no Espírito Santo.

O cargo de técnico judiciário sem especialidade (técnico administrativo) foi destaque em ambos os estados, tendo o maior número de inscritos: 64.737 no RJ e 25.764 no ES.

Quais foram as etapas de seleção?

O concurso do TRF2 contou com diversas etapas, sendo elas:

  • prova objetiva;
  • redação;
  • estudos de caso;
  • avaliações prática e física.

A realização das fases dependiam da escolha do cargo. As primeiras a serem realizadas foram as provas escritas, sendo a objetiva para todos os cargos. A redação e o estudo de caso variavam conforme a carreira.

Saiba mais sobre as fases

► Prova objetiva (técnico sem especialidade, de nível médio): 40 questões, sendo dez de Conhecimentos Gerais e 30 de Conhecimentos Específicos.

► Prova objetiva (técnico com alguma especialidade):60 questões dessas disciplinas.

Prova objetiva (analista): de 40 a 60, questões, distribuídas pelas mesmo disciplinas, abordando diferentes assuntos. 

► Prova prática: aplicada apenas para o técnico judiciário de Telecomunicações e Eletricidade, e a física para o de Segurança e Transporte. 

► Redação: aplicada ao analista e técnico sem especialidade. Nesta, foi aprovado quem atingiu, no mínimo, 12 dos 20 pontos disputados

► Estudo de caso: aplicado apenas a alguns cargos de analista. Foram aprovados aqueles que conseguiram, no conjunto das três questões, média igual ou superior a 18 pontos.

Quer receber novidades sobre concursos?

Cadastre-se para receber e-mails com asnotícias em destaque da semana, dicas de preparação, novidades da Folha Dirigidae muito mais!

Carregando...