Concurso TJ MG 2021: saiba o que estudar para as provas

Confira quais disciplinas podem ser cobradas nas provas do novo concurso TJ MG para oficial e analista judiciário.

22/10/2021 06:12

22/10/2021 06:12

O Tribunal de Justiça de Minas Gerais prepara novo concurso TJ MG para área de apoio. A oferta será para os cargos de oficial e analista judiciário, que exigem os níveis médio e superior, respectivamente. Os vencimentos iniciais chegam a R$4,6 mil.

De acordo com o presidente do tribunal, desembargador Gilson Lemes, a estimativa é que o edital seja publicado ainda este ano. Por isso, quem deseja uma vaga já deve iniciar a preparação para as provas. Mas o que estudar para o concurso TJ MG?

Os conteúdos cobrados nas últimas avaliações podem servir de base para os estudos. Até que o novo edital seja publicado. Folha Dirigida separou as disciplinas a seguir. Confira:

Oficial judiciário (cargo de nível médio):

O último concurso TJ MG para oficiais foi realizado em 2017. A banca organizadora foi a Consulplan. A prova objetiva foi composta por 80 questões distribuídas pelas disciplinas de:

  • Língua Portuguesa: 25 questões;
  • Noções de Informática: 15 questões;
  • Noções de Direito: 25 questões;
  • Atos de Ofício: 15 questões.

Analista judiciário (cargo de nível superior):

Em 2011, ocorreu o último concurso para técnico judiciário (atual analista judiciário). Na ocasião, os candidatos tiveram que responder a 60 questões objetivas sobre as disciplinas de:

  • Língua Portuguesa: 15 questões;
  • Noções de Informática: 5 questões;
  • Noções de Direito: 20 questões;
  • Conhecimentos Específicos: 20 questões.

Os concorrentes as especialidades de Analista de Recursos Humanos, Assistente Social, Jornalista, Relações Públicas e Direito ainda tiveram que elaborar uma redação (dissertação sobre tema escolhido pela Comissão Examinadora). Nesse caso, a Fumarc foi a banca organizadora.

Concurso TJ MG: novo edital será unificado

O novo concurso para o TJ MG seguirá as regras de unificação dos quadros de pessoal da Primeira e Segunda Instância, aprovada em 2019. Os servidores do TJ MG, atualmente, compõem um quadro único.

Fachada do Tribunal de Justiça de Minas Gerais
TJ MG prepara novo concurso para área de apoio
(Foto: Renata Caldeira/TJMG)

A partir disso, o órgão não pode mais realizar concursos individuais para provimento de vagas em cada instância. Com a unificação, as carreiras foram agrupadas e receberam as seguintes nomenclaturas:

  • Oficial judiciário (abrangendo as carreiras de oficial judiciário e oficial de apoio judicial, que exigem nível médio);
  • Analista judiciário (abrangendo a carreira de técnico judiciário, de nível superior).

O TJ de Minas Gerais anunciou os trâmites de novos concursos públicos desde o início de 2021. Em março, foram constituídas as comissões dos processos, responsáveis pela elaboração do edital e contratação da banca organizadora.

A próxima etapa antes da publicação do edital é a escolha da banca organizadora. Como o concurso está previsto para ser aberto ainda em 2021, a contratação da instituição deve ser concluída em breve.

Os vencimentos atuais são de R$2.986,57 para oficial e R$4.677,09 para analista. Com as progressões na carreira, os valores podem ser ainda maiores.

Os servidores do Tribunal de Justiça de Minas Gerais também recebem benefícios como: auxílio-alimentação de R$1.100; auxílio-transporte de R$150.

Assim, um aprovado no concurso TJ MG receberia R$4.236,57 para oficial judiciário (nível médio) e R$5.917,09 para analista judiciário (nível superior).

O órgão ainda oferece um auxílio saúde de R$200 para servidores de até 40 anos; R$250 para profissionais de 41 a 50 anos; e R$300 para funcionários a partir de 51 anos.

Estude para concursos de tribunais com a Folha Cursos

Você sabia que a Folha Dirigida também tem cursos preparatórios para concursos de tribunais? A Folha Cursos dispõe de videoaulas, material escrito e questões comentadas para te auxiliar no caminho até a posse.

Confira os cursos para carreiras de tribunais e comece já sua preparação!

O TJ de Minas Gerais também realiza um novo concurso para juízes substitutos. A oferta é de 82 vagas para imediatas para ingresso na carreira. As remunerações iniciais são de R$30 mil. 

O cargo de juiz substituto tem como requisitos: Bacharelado em Direito há três anos e atividade jurídica de, no mínimo, três anos completos. Em início de carreira, os salários serão de R$30.404,42. 

As inscrições serão abertas no dia 25 de outubro. Os cadastros poderão ser feitos até 23 de novembro, pelo  site da Fundação Getulio Vargas (FGV)  , banca organizadora. 

Primeiro, será preciso preencher o formulário com todas as informações solicitadas. Depois, gerar o boleto e pagar a taxa de R$300. O pagamento será aceito até 23 de novembro. Confira mais detalhes sobre o concurso aqui!

Quer receber novidades sobre concursos?

Cadastre-se para receber e-mails com asnotícias em destaque da semana, dicas de preparação, novidades da Folha Dirigidae muito mais!

Carregando...