TCE AM institui comissão do concurso com 217 vagas para auditor

A comissão organizadora do concurso para auditor do TCE AM foi instituída, conforme publicação no Diário Oficial do Tribunal.

17/09/2020 09:24 | Atualizado: 17/09/2020 11:32

17/09/2020 09:24 | Atualizado: 17/09/2020 11:32

Mais um passo para a realização do concurso TCE AM foi concluído. Desta vez, foi instituída a comissão que ficará responsável por organizar e fiscalizar todas as etapas referentes ao concurso.

Os nomes de alguns dos integrantes do grupo já haviam sido divulgados pelo Tribunal de Contas do Amazonas. No entanto, só na última quarta-feira, dia 16, toda a equipe foi revelada, por meio de publicação no Diário Oficial Eletrônico do TCE AM. 

A comissão será presidida pelo próprio presidente do TCE AM, conselheiro Mario Manoel Coelho de Mello. O vice-presidente do grupo será o conselheiro Érico Xavier Desterro e Silva.

Ainda fazem parte da comissão a coordenadora Beatriz de Oliveira Botelho e os servidores Charles de Almeida e Silva, Patrícia Augusta do Rego Monteiro Lacerda e Carla Roberta Tiradentes.

O concurso foi aprovado no último dia 3 pelo colegiado do tribunal. O próximo passo é a formalizar a contratação da organizadora da seleção, que também já está definida. Será a Fundação Getúlio Vargas (FGV). 

Resumo do concurso TCE AM

  • Órgão: Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE AM)
  • N° de vagas: 217 (a confirmar)
  • Cargos: auditor técnico (diferentes áreas)
  • Organizadora: Fundação Getúlio Vargas (FGV)
TCE AM
Concurso TCE AM deve oferecer 217 vagas para o cargo de auditor
(Foto: Divulgação/TCE AM)

Concurso TCE AM tem edital previsto para início de 2021

O conselheiro Mario de Mello já havia falado sobre a previsão do edital do concurso para auditores no início deste ano. Na ocasião, o presidente do TCE AM disse que a expectativa era de que o documento fosse publicado em 2021.

Mello também comentou na época sua preocupação com a redução do quadro de servidores no tribunal. Segundo ele, a Reforma da Previdência, entre outros fatores, aceleraram as aposentadorias dos  funcionários.

"O tribunal precisa fazer esse concurso urgentemente, porque corre o risco de começar a atrapalhar a principal função do Tribunal de Contas, que é cuidar do recurso público", disse na ocasião.

O presidente do TCE AM aproveitou para reforçar que o concurso é o foco da atual administração. O objetivo é restabelecer grande parte do quadro de funcionários por meio da nova seleção.

Concurso TCE AM: presidente anuncia vagas para procurador e auxiliar

Concurso prevê a oferta de 217 vagas para auditor

Inicialmente, a expectativa era de que o concurso TCE AM apresentasse uma oferta de 150 vagas, para a carreira de auditor. No entanto, de acordo com informações do próprio tribunal, o número pode chegar a 217 oportunidades.

O quantitativo ainda precisa ser confirmado. Segundo o TCE AM, o número de vagas estabelecido no edital do concurso levará em consideração a disponibilidade orçamentária do tribunal. As vagas em aberto são decorrentes do aumento no número de aposentadorias no tribunal.

Para chegar a este novo número, o TCE AM realizou um estudo que identificou a possibilidade do órgão realizar concurso para o preenchimento imediato de 217 cargos de auditor técnico de controle externo A. As oportunidades deverão ser distribuídas pelas seguintes áreas: 

  • Auditoria Governamental = 173 vagas;
  • Auditoria de Obras Públicas = nove vagas;
  • Auditoria de Tecnologia da Informação = 15 vagas; e
  • Ministério Público de Contas = 20 vagas.

“Ressalta-se que também fora efetuado um levantamento acerca da quantidade de cargos que poderão ficar desocupados, em razão de aposentadorias, identificando-se o total de 89 cargos aptos a serem preenchidos no intervalo de 2020 a 2025”, destacou o presidente do TCE AM.

O tribunal ainda não confirmou o valor exato da remuneração para o cargo de auditor técnico. Mas, segundo o presidente do órgão, os valores ficam em torno de R$8 a R$10 mil.

Botão com link para curso de prepação

Conheça os requisitos para concorrer às vagas no TCE AM

Os requisitos para participação no concurso já foram definidos. O próprio tribunal divulgou as exigências para concorrer a cada uma das especialidades contempladas no concurso. Confira:

As vagas de auditor técnico de controle externo (Auditoria Governamental) são destinadas a graduados em qualquer área de formação. No entanto, até 20% das vagas poderão ser destinadas para bacharéis em alguns cursos.

São eles: Administração, Arquivologia, Biblioteconomia, Ciências Atuariais, Ciências Contábeis, Ciências Econômicas, Ciências da Saúde, Direito, Enfermagem, Estatística, Fisioterapia, Geologia, Jornalismo, Medicina, Odontologia, Pedagogia e Psicologia.

O cargo de auditor técnico de controle externo (Auditoria de Obras Públicas) exige formação em nível superior nas áreas da Engenharia e da Arquitetura (qualquer especialidade).

Neste caso, poderá ser feita a reserva de um percentual de 20% para os bacharéis em Arquitetura e Engenharias Ambiental, Elétrica, Eletrônica, de Estradas, Mecânica, Naval, de Pesca, de Petróleo e Gás e de Transportes ou Logística.

O cargo de auditor técnico de controle externo (Tecnologia da Informação) exigirá formação superior em Tecnologia da Informação. Já para o cargo de auditor técnico de controle externo (Ministério Público de Contas) será preciso ter o nível superior em Direito.

“A regra do concurso público é o edital que seguirá a legislação e obedecerá todos os critérios previstos em lei. As leis que regem o TCE AM já especificam alguns cargos com vagas e atribuições, mas dependemos da disponibilidade orçamentária e o edital do concurso também levará em conta isso para especificação do número de vagas por cargo”, reforçou o conselheiro Mario de Mello.

Relembre os últimos concursos realizados pelo TCE AM

Os últimos concursos para servidores do TCE AM foram realizados em 2015, 2013 e 2012. Em 2015 a oferta foi de duas vagas para auditor fiscal. Também foram oferecidas oportunidades para formação de um cadastro de reserva. Na época, a remuneração para a função era de R$28.947,54.

As demais seleções ofertaram chances para área de apoio. Em 2013, foram oferecidas 24 oportunidades para auditor técnico de controle externo.

Em 2012, foram 30 vagas distribuídas entre áreas de Auditoria de Obras Públicas (25) e Tecnologia da Informação (cinco). Os salários oferecidos eram de R$5.500, mais benefícios.

A Fundação Carlos Chagas (FCC) foi a banca organizadora dos três concursos. Foram aplicadas provas objetivas e discursivas, com conteúdos de disciplinas de Conhecimentos Gerais e Conhecimentos Específicos.

Newsletter

Newsletter

Quer receber novidades sobre concursos?

Quer receber diretamente no seu e-mail as principais notícias dos concursos da sua região?

E de quebra dicas para seus estudo? Cadastre-se gratuitamente na newsletter FD para ter tudo isso!

Sobre o concurso

Previsto

TCE-AM - 2020

AM
Não informado
Fund...
Não informado