Concurso SES DF: novo edital depende de alterações na LDO

Governo do Distrito Federal aguarda alterações na LDO para liberar o novo concurso SES DF com cerca de mil vagas. Entenda!

03/12/2021 11:41 | Atualizado: 07/12/2021 10:26

03/12/2021 11:41 | Atualizado: 07/12/2021 10:26

Para que um novo concurso SES DF (Secretaria de Estado de Saúde do Distrito Federal) seja realizado foram solicitadas alterações na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2022.

Isso porque é necessário adequar as vagas autorizadas às novas carreiras de gestão e assistência pública à saúde e a de técnico em enfermagem. A Câmara Legislativa já aprovou as mudanças.

Com isso, o Governo do DF aguarda apenas a publicação das alterações na LDO para confirmar a realização do concurso para Saúde. Estão previstas quase mil vagas para ingresso na pasta. A estimativa é que o edital seja divulgado no primeiro semestre de 2022.

Desde agosto, a Secretaria de Economia publicou no Diário Oficial do DF a autorização do novo concurso para a Secretaria de Saúde. 

“O concurso para a carreira de gestão e assistência pública à Saúde já foi autorizado pela Secretaria de Economia por meio da Portaria n° 233, de 28/08/2021. No entanto, foi preciso alterar a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para adequar as vagas autorizadas para realização de concursos neste ano às novas carreiras de gestão e assistência pública à saúde e a de técnico em enfermagem”, explicou o GDF ao jornal Metrópoles.

Fachada da Secretaria de Saúde do DF
Secretaria de Saúde do DF tem autorização para realizar
novo concurso para efetivos (Foto: Divulgação)

Ainda segundo o jornal, serão disponibilizadas, pelo menos, 957 vagas para cargos dos níveis médio, técnico e superior. O concurso SES DF deve apresentar os seguintes cargos e vagas:

  • 340 vagas para a função de analista de gestão e assistência pública à saúde;
  • 300 vagas para assistente em gestão e assistência pública;
  • 30 vagas para técnico em gestão e assistência pública à saúde;
  • 287 vagas para técnicos em enfermagem.

Há previsão de vagas ainda para farmacêuticos, psicólogos, assistentes sociais, dentistas, enfermeiros e médicos. A depender da carreira, as remunerações podem chegar a R$10 mil sem as gratificações. 

Concurso SES DF: lei traz mudanças para carreiras

No mês de julho, foi sancionada a lei que cria a carreira de Gestão e Assistência Pública à Saúde, com postos distribuídos da seguinte maneira:

  • Analista em Gestão e Assistência Pública à Saúde – nível superior;
  • Assistente em Gestão e Assistência Pública à Saúde – nível médio;
  • Técnico em Gestão e Assistência Pública à Saúde – nível médio.

A partir da lei, os integrantes do cargo de Técnico em Saúde (nas especialidades de Técnico de Laboratório, técnico de Nutrição, Técnico em Higiene Dental e técnico em Radiologia) foram enquadrados no cargo Assistente, com exigência de nível médio.

As demais especialidades de Técnico em Saúde foram integradas ao cargo de Analista, que requer nível superior completo.

Já os integrantes do cargo de Auxiliar em Saúde passam a compor os postos de Técnico em Gestão e Assistência Pública à Saúde. Nesse caso, a escolaridade exigida para ingresso passou do nível fundamental para o médio.

Último concurso SES DF foi realizado há três anos

O último concurso para ingresso de efetivos na Secretaria de Saúde do Distrito Federal foi realizado em 2018. Foram divulgados quatro editais com a oferta total de 416 vagas. As oportunidades foram para níveis médio, técnico e superior.  

No nível médio, as vagas foram para técnico de contabilidade e 10 para técnico de laboratório.

As demais chances foram para o nível superior nos cargos de médico em diversas especialidades, além de administrador, contador, analista de sistemas, economista, enfermeiro, estatístico, farmacêutico, físico, fonoaudiólogo e técnico em comunicação social.

Os salários, na época, eram de R$1.735,00 a R$12.654, a depender do cargo. A banca organizadora foi o Instituto Americano de Desenvolvimento (Iades).  

Os candidatos foram avaliados por prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório. Os exames foram compostos por 50 questões de múltipla escolha.

As disciplinas cobradas foram: Língua Portuguesa, Raciocínio Lógico e Matemático, Legislação Aplicada aos Servidores do Governo do Distrito Federal, Sistema Único de Saúde (SUS), Atualidades, e Conhecimentos Específicos.

Estude para concursos com a Folha Cursos

Você sabia que a Folha Dirigida tem cursos preparatórios? A Folha Cursos traz videoaulas exclusivas, material de apoio em PDF e questões comentadas para te ajudar no caminho até a posse.

Conheça os cursos e comece já sua preparação!

Quer receber novidades sobre concursos?

Cadastre-se para receber e-mails com asnotícias em destaque da semana, dicas de preparação, novidades da Folha Dirigidae muito mais!

Carregando...