Como estudar para o concurso Senado 2021? Especialista orienta!

Consultor legislativo e professor do IMP, João Trindade traz dicas de como se preparar para as provas do concurso Senado 2021. Confira!

27/11/2020 16:05 | Atualizado: 27/11/2020 16:38

27/11/2020 16:05 | Atualizado: 27/11/2020 16:38

O Senado Federal deve retomar os preparativos de seu novo concurso em 2021. A comissão formada para organizar os trâmites este ano teve que ser suspensa, em decorrência do contingenciamento de gastos pelo Coronavírus.

O adiamento do concurso Senado deve ser visto como uma oportunidade a mais de se preparar para as provas. Essa é a opinião defendida por João Trindade, consultor legislativo do órgão.

Ele também é professor de Direito Constitucional e Processo Legislativo e coordenador da Turma Platinum do curso preparatório IMP Concursos . De acordo com Trindade, é desejável começar os estudos agora, antes do edital.

“Num concurso competitivo como o do Senado, é muito raro que um candidato seja competitivo começando a se preparar após a publicação do edital”, afirmou em entrevista à Folha Dirigida.

Para João Trindade, a melhor maneira de se preparar antes do edital é formando uma base nas disciplinas que são certas de cobrança.

Senado tem novo concurso autorizado com 40 vagas nos níveis médio e superior
Senado tem novo concurso autorizado com 40 vagas nos níveis
médio e superior (Foto: Divulgação)

“Há muitos boatos sobre cair a matéria X ou Y; porém, muito mais seguro e efetivo é estudar bem e formar uma base das matérias principais”. Ele exemplificou essas principais disciplinas:

  • Direito Constitucional;
  • Português;
  • Processo Legislativo;
  • Regimentos (Interno e Comum);
  • Direito Administrativo.

“O que já é muita coisa, como se percebe”, apontou o especialista.

+  Quer passar em concursos públicos? Saiba como!
Concurso Senado: à espera de edital, órgão tem 1.467 cargos vagos

Qual a diferença de cobrança nos níveis médio e superior?

O Senado tem autorização para abrir concurso com 40 vagas. Desse total, 24 oportunidades são para técnico legislativo na especialidade de policial legislativo. O cargo exige somente o ensino médio completo e tem salários de R$20.410,07. 

Ainda serão abertas quatro chances para advogado. Graduados em Direito poderão desfrutar de ganhos iniciais de R$34.443,96, se aprovados no concurso. 

Serão disponibilizadas ainda 12 vagas para analista legislativo, em especialidades com exigência de nível superior em ramos específicos. Como Administração (duas), Arquivologia (uma), Assistência Social (uma), Contabilidade (uma), Enfermagem (uma). 

Assim como Informática Legislativa (uma), Processo Legislativo (duas), Registro e Redação Parlamentar (uma), Engenharia do Trabalho (uma), Engenharia Eletrônica e Telecomunicações (uma). Nesse caso, as remunerações atuais são de R$26.880,04.

Questionado sobre a diferença de cobrança nas provas do nível médio para o nível superior, João Trindade apontou que não há muita mudança no grau de dificuldade. Isso porque, segundo ele, a concorrência é muito qualificada em ambas as escolaridades.

“Geralmente, para Analista a prova discursiva é mais puxada e tem mais peso. Neste próximo concurso, contudo, o nível médio sairá apenas para cargos de Policial, que é um certame bem distinto da área de Processo Legislativo, porque cai muito Direito Penal e Processo Penal”, identificou.

Resumo concurso Senado

  • Órgão: Senado Federal
  • Vagas: 40
  • Cargos: técnico legislativo, advogado e analista legislativo
  • Requisitos: níveis médio e superior
  • Taxas: R$194,57 (policial legislativo), R$258,97 (analista legislativo) e R$334,61 (advogado). 
  • Remunerações: R$20.410,07 a R$34.443,96

Quais serão as etapas do novo concurso Senado?

O Senado Federal já definiu as etapas do concurso. De acordo com o projeto do edital, ao qual Folha Dirigida teve acesso, os candidatos serão avaliados pelas seguintes etapas:

► Policial legislativo: prova objetiva; prova discursiva; exame de sanidade física e mental; teste de aptidão física; exame psicotécnico; sindicância de vida pregressa e investigação social; prova de títulos.

► Analista legislativo: prova objetiva; prova discursiva; prova prática (para especialidade de registro e redação parlamentar); prova de títulos.

► Advogado: prova objetiva; prova discursiva; prova oral; prova de títulos.

As provas objetivas e discursivas serão aplicadas em todas as capitais dos estados e no Distrito Federal. As demais fases serão realizada apenas na capital federal, inclusive a prova discursiva para o cargo de advogado.

Haverá também perícia médica e procedimento de heteroidentificação para inscritos com deficiência e concorrentes autodeclarados negros, respectivamente.

O especialista João Trindade recomendou atenção especial para os exames discursivos. “Seja como for, lembre-se de que é fundamental a preparação para as provas discursivas”.

Vale destacar que o Senado Federal informou que o projeto de edital pode passar por mudanças. Mas, esse documento já pode servir como uma base para os estudos.

Como é o dia a dia de trabalho no Senado Federal?

João Trindade é consultor legislativo do Senado. Sobre o dia a dia de trabalho na Casa Legislativa, ele classificou como ‘muito gratificante’.

“Os servidores efetivos não se envolvem diretamente nas negociações políticas, mas poder acompanhá-las de perto e dar forma jurídica e técnica às decisões políticas é muito interessante”, explicou.

Os servidores têm direito as vantagens remuneratórias, como plano de saúde para os familiares e auxílio-alimentação de mais de R$900 por mês. “E, claro, saber como nascem as leis é uma experiência única”, ressaltou Trindade.

O especialista deixou a seguinte mensagem para os interessados no novo concurso Senado:

“Comece a se preparar hoje, ou, se já começou, intensifique a preparação. Não conheço ninguém que tenha se arrependido de ter estudado. O concurso deve ser retomado em 2021, então está mais do que na hora de se manter no ritmo”.

Quer receber novidades sobre concursos?

Cadastre-se para receber e-mails com asnotícias em destaque da semana, dicas de preparação, novidades da Folha Dirigidae muito mais!

Carregando...