Concurso Sejusp MG: banca é contratada para agente socioeducativo
Secretaria de Justiça e Segurança Pública contrata o IBFC para organizar o concurso com 270 vagas para agentes socioeducativos. Confira!
22/06/2022 11:13 | Atualizado: 22/06/2022 12:54
22/06/2022 11:13 | Atualizado: 22/06/2022 12:54

A Secretaria de Justiça e Segurança Pública de Minas Gerais contratou o Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC) para organizar o novo concurso para agente socioeducativo. O extrato do contrato foi publicado nesta quarta-feira, 22, no Diário Oficial do Estado. 

O próximo passo será a divulgação do edital. O IBFC ficará responsável por receber as inscrições do concurso em seu site, viabilizar e aplicar as etapas, como provas objetivas. 

Contrato com o IBFC para organizar o novo concurso para agente
socioeducativo de Minas Gerais (Reprodução Diário Oficial 22/06/2022)

O concurso Sejusp MG terá oferta de 270 vagas de agente socioeducativo, em caráter efetivo. O cargo tem como requisito o ensino médio completo e oferece remuneração inicial de R$4.098,45. 

Os agentes socioeducativos têm as seguintes atribuições: exercer atividades de vigilância e escolta nos estabelecimentos da Subsecretaria de Atendimento às Medidas Socioeducativas - SUASE -, zelando pela integridade física, mental e emocional dos adolescentes em regime de internação e semi-liberdade.

Além de garantir a integridade do patrimônio e a segurança dos servidores em exercício nas unidades de atendimento; assegurar o cumprimento das medidas socioeducativas; atuar como orientador no processo de reinserção social do adolescente em conflito com a lei.

A reportagem está em contato com a Sejusp MG para verificar se existe um prazo para a publicação do edital. 

Concurso Sejusp MG terá mesma estrutura que para Polícia Penal

De acordo com a superintendente Educacional de Segurança Pública do Estado, Roberta Corrêa, a estrutura do concurso para agente socioeducativo será muito similar a da seleção para Polícia Penal, aberta no ano passado. 

“É um concurso bem similar ao da Polícia Penal, com as mesmas etapas e o requisito: nível médio”, destacou em entrevista à Folha Dirigida em 2021.

concurso Polícia Penal MG é composto por seis etapas: 

  • Provas objetivas e de redação; 
  • Avaliações de aptidão psicológica e psicotécnica; 
  • Exames médicos; 
  • Prova de condicionamento físico; 
  • Comprovação de idoneidade e conduta ilibada (investigação social); 
  • Curso de formação técnico-profissional.

Último concurso Sejusp MG de agentes foi em 2013

Há nove anos, foi realizado o último concurso para ingresso como agente socioeducativo de Minas Gerais. No total, foram disponibilizadas 820 vagas, com reserva para pessoas com deficiência. 

As remunerações, na ocasião, eram de R$2.655 para jornada de 40 horas por semana. A jornada de trabalho poderia ser desempenhada em regime de plantão, incluindo o período noturno, sábados, domingos e feriados.

O Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC) também foi o organizador. Os candidatos foram avaliados por prova objetiva e redação; prova de condicionamento físico por testes específicos.

Assim como exame psicológico; comprovação de idoneidade e conduta ilibada; exames médicos; curso de formação técnico-profissional. 

Na prova objetiva, por exemplo, foram cobradas questões sobre as disciplinas de: Português, Raciocínio Lógico, Noções de Direito e Conhecimentos Específicos.

Quer receber novidades sobre concursos?
Cadastre-se para receber e-mails com asnotícias em destaque da semana, dicas de preparação, novidades da Folha Dirigidae muito mais!
Newsletter
Receba notícias recomendadas para você!
É só se cadastrar e seguir concursos de seu interesse para receber notícias exclusivas direto na sua página inicial.
icon