Concurso previsto para segundo semestre; até R$2.798,30
A carência de técnicos da Secretaria da Fazenda de São Paulo já supera a oferta prevista para o próximo concurso da categoria. No fim do ano passado o órgão encaminhou à Secretaria de Planejamento e Gestão um pedido para o preenchimento de 630 vagas, mas de acordo com dados divulgados no Diário Oficial do último dia 30, que tem como base o dia 31 de dezembro de 2014, o cargo já apresenta uma carência de 655 servidores. Além do aumento da carência, a realização do novo concurso é vista como urgente, pois o órgão não conta mais com concurso em validade para a categoria. A última seleção, realizada em 2010 expirou no mês passado. A expectativa é do departamento de recursos humanos da Fazenda é de que a nova seleção seja realizada no segundo semestre.   . 
17/03/2015 07:25 | Atualizado: 26/09/2017 02:30
17/03/2015 07:25 | Atualizado: 26/09/2017 02:30
 
A carência de técnicos da Secretaria da Fazenda de São Paulo já supera a oferta prevista para o próximo concurso da categoria. No fim do ano passado o órgão encaminhou à Secretaria de Planejamento e Gestão um pedido para o preenchimento de 630 vagas, mas de acordo com dados divulgados no Diário Oficial do último dia 30, que tem como base o dia 31 de dezembro de 2014, o cargo já apresenta uma carência de 655 servidores.
Além do aumento da carência, a realização do novo concurso é vista como urgente, pois o órgão não conta mais com concurso em validade para a categoria. A última seleção, realizada em 2010 expirou no mês passado. A expectativa é do departamento de recursos humanos da Fazenda é de que a nova seleção seja realizada no segundo semestre
 
De acordo com o presidente do Sindicato dos Técnicos da Fazenda Estadual de São Paulo (Sitesp), Joaquim Goma, uma das principais causas da carência do técnico, além da falta de concurso, é que boa parte dos novos servidores não conseguiram se manter no quadro. “Isso foi em razão do concurso anterior não ter sido regionalizado e devido a baixa remuneração do cargo em relação à outros órgãos da administração, por exemplo: Detran SP; Tribunal de Justiça SP”, explica.
 
O cargo conta com uma exigência de nível médio completo e uma remuneração inicial de R$1.863,15, podendo chegar a R$2.798,30, caso o servidor alcance 100% do prêmio de incentivo a qualidade. A área principal de atuação dos técnicos é a de Coordenadoria de Administração Tributária (CAT) onde a presença do técnico da fazenda estadual é fundamental para o apoio e a complementação dos trabalhos fiscais, que são executados pelos agentes fiscais de rendas.
 
O último concurso contou com 46.716 candidatos para 550 vagas. Os interessados na prova anterior devem conferir os gabaritos comentados por especialistas, assim como dicas de professores para auxílio do candidato que a FOLHA DIRIGIDA está publicando. A seleção passada foi constituída de provas objetivas com 80 questões de múltipla escolha, sendo dividida entre Conhecimentos Gerais (40) e Conhecimentos Específicos (40). A etapa de Conhecimentos Específicos foi a que possuiu o seu peso dobrado na nota de corte, sendo necessários 60% de pontos ponderados na prova para a aprovação da etapa de provas objetivas. Os exames foram realizados nas cidades de Araçatuba, Araraquara, Bauru, Campinas, Jundiaí, Marília, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, São José Do Rio Preto, Santos, São Paulo, Sorocaba e Taubaté.
 
 
 
 
Quer receber novidades sobre concursos?
Cadastre-se para receber e-mails com asnotícias em destaque da semana, dicas de preparação, novidades da Folha Dirigidae muito mais!
Newsletter
Receba notícias recomendadas para você!
É só se cadastrar e seguir concursos de seu interesse para receber notícias exclusivas direto na sua página inicial.
icon