Concurso Susam: secretaria prevê novo edital para efetivos pós-Covid

Pandemia fez crescer contratações e SES AM prevê realização de concurso Susam pós-Covid. Comissão já está formada. Confira!

05/03/2021 16:20 | Atualizado: 05/03/2021 16:26

05/03/2021 16:20 | Atualizado: 05/03/2021 16:26

Um novo concurso Susam poderá finalmente sair no período pós-covid! Como as ações realizadas na pandemia deixarão um legado de expansão de leitos, haverá a necessidade de ampliar o quadro da Secretaria de Estado de Saúde (SES AM ou Susam).

De acordo com o chefe do Departamento de Recursos Humanos (DGRH) da pasta, Mário Ernani Mendonça, pensando nessa perspectiva, o departamento já trabalha em um levantamento de impacto financeiro e da necessidade de pessoal.

Sendo confirmada essa necessidade e havendo disponibilidade dos recursos, novas contratações deverão ser realizadas por meio de concurso público, como determina a legislação. 

Já conhece a Folha Cursos? Folha Dirigida agora tem curso preparatório!

Assine a Folha Dirigida e turbine os estudos

Secretaria contratou mais de 2 mil temporários na pandemia

O aumento de atendimentos na rede de assistência em Manaus, com o recrudescimento das infecções pelo novo Coronavírus no Amazonas, possibilitou a ampliação dos quadros da Secretaria de Saúde em mais de 2 mil profissionais temporários.

Segundo informações do governo estadual, de outubro de 2020, quando começou o Plano Executivo de Contingência Estadual para o Recrudescimento da Infecção Humana pelo Novo Coronavírus, a 1º de março de 2021, a Susam contratou 2.089 profissionais.

Para responder à necessidade de ampliação de RH na pandemia, a Secretaria atuou em duas frentes: levantaram, dentro das próprias unidades profissionais, estatutários que tinham disponibilidade de dobrar a carga horária e contrataram, diretamente, profissionais que integram um banco de RH alimentado pelo Ministério da Saúde (MS).

Feitos esses dois movimentos, a Susam segue com as contratações, mas agora de forma mais pontual, de acordo com as demandas que as unidades apresentam em áreas específicas.

Os 2.089 contratados de forma temporária se somam aos 14.914 servidores que já integram a rede de Saúde do estado, totalizando 17.003 mil profissionais. O número leva em consideração o total de servidores na capital e no interior. 

Como já dito, essas as ações realizadas na pandemia deixarão um legado de expansão de leitos e, em consequência, haverá a necessidade de ampliar o quadro de profissionais. Fora da emergência, o Estado vai partir para a contratação de efetivos, como prevê a lei.

Concurso Susam
Concurso Susam tem preparativos em andamento
(Foto: Divulgação)

Concurso Susam já tem comissão formada

Uma comissão organizadora para o concurso Susam já foi formada, segundo publicação no Diário Oficial em dezembro do ano passado. O grupo é o responsável por realizar os estudos e levantamentos necessários para realização do concurso Susam

Na época, foi informado um prazo que encerra no próximo dia 31 de março para a conclusão desses trabalhos. Ao final do prazo, com a conclusão das atividades, deverá ser emitido um relatório detalhado. O projeto de edital deve ser elaborado durante esse período.

A urgência para realização do novo concurso Susam já foi apontada pelo Ministério Público do Amazonas (MP-AM). O órgão recomendou a contratação de servidores efetivos para Secretaria do Estado de Saúde.

Em meados de 2020, o Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE AM) também recomendou à diretoria do Hospital Pronto Socorro 28 de Agosto, em Adrianópolis, Manaus, que solicitasse a realização do concurso Susam para reposição de pessoal no lugar de terceirizados.

Último concurso Susam foi realizado em 2014

Este ano, a Secretaria de Saúde do Amazonas realizou contratações temporárias pela pandemia do novo Coronavírus. Mas, o último concurso Susam AM para efetivos foi realizado em 2014. A oferta foi de 11.646 vagas para todos os níveis de escolaridade.

Ao todo, foram 3.305 oportunidades para nível fundamental completo e incompleto, 5.247 para o médio e 3.094 para nível superior. Os salários, na época, foram de R$1.294,57 a R$7.691,45 mensais.

A contratação dos aprovados ocorreu pelo regime estatutário, com garantia de estabilidade empregatícia. A banca organizadora foi a Fundação Getúlio Vargas (FGV).

Os candidatos foram avaliados por prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório. A aplicação ocorreu na capital, Manaus, e em outros 61 municípios do estado. As questões foram cobradas conforme o nível de escolaridade do cargo, sendo elas de:

  • Língua Portuguesa;
  • Matemática;
  • Conhecimentos Específicos;
  • Princípios e Organização do SUS.

A validade do concurso foi de dois anos, podendo ser prorrogada por igual período. As chances foram para agente administrativo, recepcionista, auxiliar de serviços gerais, técnico de radiologia, auxiliar de laboratório, assistente social, enfermeiro, psicólogo, entre outros cargos.

Prepare-se com a Folha Cursos

Folha Cursos chegou para acelerar os seus estudos com materiais completos, otimizados e sem enrolação. Confira a seguir os cursos preparatórios já disponíveis!

Quer receber novidades sobre concursos?

Cadastre-se para receber e-mails com asnotícias em destaque da semana, dicas de preparação, novidades da Folha Dirigidae muito mais!

Sobre o concurso

Previsto

Susam - 2020

AM
Não informado
Fund...
Não informado

Carregando...

Preparação