Concurso Sefaz DF: após revogação, etapas estão suspensas até março

Foi revogado o edital que suspendia o concurso Sefaz DF até dezembro de 2021. Saiba mais sobre a seleção!

02/09/2020 10:43 | Atualizado: 02/09/2020 10:46

Por: Julia Azevedo

02/09/2020 10:43 | Atualizado: 02/09/2020 10:46 - Por: Julia Azevedo

A Secretaria de Estado de Economia revogou a suspensão do concurso Sefaz DF que iria até dezembro de 2021. Agora, a seleção ficará suspensa somente até março do próximo ano

A confirmação foi publicada nesta quarta-feira, 2, por meio do Diário Oficial do Distrito Federal. Pelo mesmo motivo anterior, a decisão foi tomada para adotar as medidas de prevenção ao novo Coronavírus (Covid-19).

Em 26 de março deste ano, o concurso para a Secretaria de Estado de Fazenda já tinha sofrido uma suspensão temporária. Tal medida iria durar até agosto, quando a seleção seria retomada.

Agora, durante este período de suspensão os futuros servidores podem aproveitar para ir se preparando, na medida do possível. Quando o novo cronograma for divulgado, ainda terá uma etapa de avaliação, composta pela  prova discursiva

Concurso Sefaz DF é suspenso até março de 2021 (Foto: Unsplash)
Concurso Sefaz DF é suspenso até março de 2021
(Foto: Unsplash)

Resumo do concurso Sefaz DF:

  • Órgão: Secretaria de Estado de Fazenda do Distrito Federal 
  • Banca: Cebraspe
  • Vagas: 120 (40 imediatas + 80 cadastro reserva)
  • Cargo: auditor fiscal
  • Escolaridade: nível superior
  • Remuneração: R$14.970
  • Inscrições: 22 de novembro a 19 de dezembro de 2019
  • Provas objetivas: 2 de janeiro de 2020

Concurso Sefaz DF teve provas em janeiro

Os inscritos no concurso Sefaz DF realizaram as provas objetivas em janeiro deste ano. A avaliação foi dividida entre dois blocos, somando 160 questões no total.

+ Com mudanças para servidores, Reforma Administrativa fica para 2021

A primeira parte contou com 80 questões, com a seguinte distribuição: 

  • Língua Portuguesa (10);
  • Conhecimentos sobre o Distrito Federal (2);
  • Administração Pública (6);
  • Contabilidade Pública (8);
  • Direito Administrativo (8);
  • Direito Constitucional (8);
  • Direito Civil, Direito Empresarial e Direito Penal (10);
  • Economia e Finanças Públicas (10);
  • Tecnologia da Informação (8); 
  • Matemática Financeira, Estatística e Raciocínio Lógico (10).

 

Já a segunda também terá 80 questões, que foram distribuídas por disciplinas específicas, sendo elas: 

  • Auditoria Fiscal do ICMS e do ISS (20);
  • Contabilidade Geral e Contabilidade de Custos (15);
  • Direito Financeiro (5);
  • Direito Tributário (15); 
  • Legislação Tributária (25).

Saiba como será a prova discursiva do concurso Sefaz

Embora o concurso tenha sido suspenso, as provas discursivas ainda terão a mesma estrutura. Com uma nova data a ser definida, o exame terá duração de quatro horas e consistirá de:

  • parte 1: uma dissertação de, no mínimo, 30 linhas e máximo de 60 linhas, a respeito de temas relacionados a conhecimentos específicos do cargo; e
  • parte 2: duas questões, a serem respondidas em, no mínimo, 10 linhas cada e, no máximo, 20 linhas cada, a respeito de temas relacionados a conhecimentos específicos do cargo.

+ PLOA 2021 prevê mais de 50 mil vagas em concursos públicos

Serão aprovados os que obterem cinco pontos ou mais. Esses serão convocados para a última fase do concurso Sefaz DF, a avaliação de vida pregressa. 

Secretaria tem remuneração de até R$14 mil

Publicado em setembro de 2019, o edital de abertura do concurso Sefaz DF inscreveu para 120 vagas para o cargo de auditor fiscal. Desse total, 40 são imediatas e mais 80 para a formação de cadastro de reserva.

O concurso prevê reserva de vagas para candidatos negros e pessoas com deficiência.

Das 40 vagas imediatas, 24 são destinadas à ampla concorrência, oito reservadas a candidatos negros e oito para pessoas com deficiência.No cadastro de reserva, 48 são para a concorrência geral e 16 reservadas a negros e deficientes.

prepare-se

Para concorrer à função, a exigência é o nível superior completo, em qualquer área de formação ou habilitação legal equivalente. A remuneração é de R$14.970, para uma carga de trabalho de 40 horas semanais.

O concurso terá validade de dois anos, contados a partir de dua data de homologação. O período poderá ser prorrogado, uma vez, por igual período.

    Quer receber novidades sobre concursos?

    Cadastre-se para receber e-mails com asnotícias em destaque da semana, dicas de preparação, novidades da Folha Dirigidae muito mais!

    Carregando...