Concurso Sedu ES: novo edital deve ter 1.500 vagas efetivas

Oferta do novo concurso Sedu ES será de 1.500 vagas, sendo 900 para professores e 600 para agentes de suporte educacional. Confira!

19/10/2021 12:25 | Atualizado: 19/10/2021 12:33

19/10/2021 12:25 | Atualizado: 19/10/2021 12:33

O novo concurso para Sedu ES (Secretaria de Estado de Educação do Espírito Santo) deve ter oferta de 1.500 vagas efetivas. Esse foi o quantitativo informado pelo governo ao deputado estadual Bruno Lamas.

Do total de vagas, 900 serão para professores e 600 para agente de suporte educacional. As oportunidades serão distribuídas da seguinte maneira:

  • Professor MaPB (Anos Finais do Ensino Fundamental, Ensino Médio, EJA): 800 vagas;
  • Professor MaPP (professores em função Pedagógica): 100 vagas;
  • Agente de Suporte Educacional: 600 vagas.

Para se candidatar a carreira de professor será necessário ter nível superior na modalidade de Licenciatura Plena.

Conforme o edital do último concurso para agente de suporte educacional, os requisitos para o cargo são: ensino médio completo e certificado de curso de informática básica (Windows, Word e Excel), com carga horária mínima de 40 horas.

Fachada da Secretaria de Estado de Educação do Espírito Santo
Novo concurso Sedu ES terá vagas para professores e 
agentes de suporte educacional (Foto: Divulgação)

De acordo com o parlamentar Bruno Lamas, o concurso para Educação deve ser realizado entre 2021 e 2022. As informações foram divulgadas pelo deputado na segunda-feira, 18, em suas redes sociais. Confira o documento na íntegra .  

O Projeto da Lei Orçamentária Anual (Ploa) do Estado para o ano de 2022 contém a previsão do concurso para Secretaria de Educação. O que colabora para a publicação do edital.

O novo concurso Sedu ES será reposição de profissionais que se aposentaram ou foram exonerados dos cargos. Segundo o governador Renato Casagrande, parte dessa vacância é ocupada, hoje em dia, por docentes contratados em regime de designação temporária (DT).

Pela Lei Complementar 173/2020, que estabelece o Programa de Enfrentamento ao Coronavírus, só é permitido abrir novos concursos até dezembro de 2021 para suprir cargos vagos. Não é possível publicar editais, por exemplo, para preenchimento de novos cargos.

“Temos vagas abertas que estão sendo ocupadas pelos DTs. Não posso é abrir novas vagas. Fazer concurso para ocupar vagas existentes é permitido. Temos mais de 50% de DTs no Estado hoje, na Educação”, explicou o governador em entrevista ao jornal A Gazeta.

De acordo com Casagrande, o ideal é que os concursos para professores sejam realizados de maneira recorrente. Isso porque há a preocupação que o número de temporários não ultrapasse os profissionais efetivos.

“É bom que a gente mantenha sempre concursos rotineiros. É bom continuar com os DTs, eles são importantes para nosso funcionamento, para nos dar flexibilidade, mas ao mesmo tempo que não caia muito o número de efetivos”, afirmou.

Último concurso para Sedu ES ocorreu em 2018

A Secretaria de Educação do Espírito Santo abriu, em 2018, seu último concurso para efetivos. A oferta foi de 1.025 vagas para as carreiras de pedagogo e professor em diversas especialidades.

As oportunidades foram divididas da seguinte forma: pedagogo (87) e professores nas disciplinas de Arte (58), Biologia/Ciências (108), Educação Física (73), Espanhol (uma), Filosofia (três), Física (67), Geografia (117), História (58).

Além de Língua Inglesa (10), Língua Portuguesa (170), Matemática (227), Química (44), Sociologia (duas). Tais chances foram para os 78 munícipios que abrangem a Região Metropolitana do Estado.

Os salários dos professores da rede estadual, na época, foram de R$2.081,68 para docentes com licenciatura plena, a R$3.732,67, para os com doutorado, por 25 horas semanais. Os contratados tiveram direito ainda ao auxílio-alimentação.

Com organização da Fundação Carlos Chagas (FCC), os candidatos foram avaliados por prova objetiva, discursiva e avaliação de títulos. O exame de múltipla escolha foi composto por conteúdos de Conhecimentos Básicos e Específicos, com caráter eliminatório e classificatório.

O concurso Sedu ES teve como objetivo substituir as vagas de professores temporários por efetivos. Com isso, o governo do Estado afirmou que ganhou na operacionalidade e otimização dos recursos.

Prepare-se para concursos com a Folha Cursos

Você sabia que a Folha Dirigida também tem cursos preparatórios? A Folha Cursos traz videoaulas exclusivas, material escrito e questões comentadas para te ajudar no caminho até a posse.

Conheça os cursos e inicie seus estudos!

Quer receber novidades sobre concursos?

Cadastre-se para receber e-mails com asnotícias em destaque da semana, dicas de preparação, novidades da Folha Dirigidae muito mais!

Carregando...