Concurso SAP-SP: escolha da banca organizadora é fracassada

A licitação para escolha da banca organizadora do concurso SAP-SP fracassou. Nenhuma das participantes atendeu aos requisitos.

10/05/2019 12:49 | Atualizado: 10/05/2019 15:49

10/05/2019 12:49 | Atualizado: 10/05/2019 15:49

A escolha da banca organizadora do novo concurso SAP-SP fracassou. Marcado para última quinta-feira, 9, o pregão eletrônico teve três participantes: CKM Serviços, Sarmento Concursos e Instituto Universal.

O setor de licitações da Secretaria de Administração Penitenciária de São Paulo (SAP-SP) explicou à FOLHA DIRIGIDA nesta sexta, 10, que nenhuma das bancas atingiu as condições mínimas para organizar o concurso. Por isso, o processo foi considerado fracassado. No projeto básico do concurso consta que o prova prática seja realizada em mais de três municípios diferentes.

Nenhuma das instituições participantes cumpriu essa exigência. Questionado sobre a abertura de um novo processo, o setor de licitações disse que analisará o ocorrido para publicar o fracasso do pregão eletrônico.

Somente depois dessa etapa, poderá ser viabilizada a abertura de uma nova licitação. O prazo para o edital está mantido. Após a escolha da banca, a secretaria terá cinco dias para a assinatura do contrato e, em seguida, mais 35 dias para a publicação do edital. 

O concurso SAP-SP terá oferta de 109 vagas para lotação em várias unidades. Para nível médio, serão 25 vagas para oficial operacional (motorista). Além da escolaridade, para se candidatar será preciso de carteira de habilitação nas categorias D ou E.

SAP-SP prepara novo concurso com 109 vagas para níveis médio
e superior (Foto: Divulgação)

 

Tais oportunidades de motorista estarão distribuídas entres as regiões Central do estado (cinco), Vale do Paraíba e Litoral (três), Região Metropolitana (quatro), Noroeste (sete) e Oeste do estado (seis). A remuneração inicial varia de R$1.339,29 a R$1.535,94, dependendo da porcentagem concedida em Prêmio de Desempenho Individual (PDI). 

Para nível superior, a SAP-SP oferecerá 15 oportunidades para médicos psiquiatras lotados nas regiões Oeste (quatro), Noroeste (três), Metropolitana e Coordenadoria de Saúde (quatro), Vale do Paraíba e Litoral (uma) e Central (três). 

• SAP-SP forma comissão organizadora de concurso com 109 vagas

Já para ginecologistas serão quatro vagas, sendo uma para cada uma das seguintes regiões: Central, Vale do Paraíba e Litoral, Região Metropolitana e Coordenadoria de Saúde, e Noroeste. 

As demais 65 vagas, de médico clínico geral, serão distribuídas da seguinte forma: Oeste (17), Noroeste (17), Região Metropolitana e Coordenadoria de Saúde (nove), Vale do Paraíba e Litoral (dez) e Região Central (12).

Os cargos exigem graduação em Medicina e especialização na respectiva área. Os ganhos iniciais são de R$7.710,75.

Novo concurso SAP-SP contará com duas etapas

FOLHA DIRIGIDA teve acesso ao projeto básico do concurso SAP-SP. O documento confirma que os candidatos serão avaliados por meio de duas etapas: prova objetiva para todos os cargos e prova prática apenas para oficial. 

Na primeira fase, os concorrentes a médico terão que responder a 40 questões distribuídas entre Conhecimentos Gerais e Conhecimentos Específicos da área. 

Tenha acesso a cursos de preparação para concursos

Já para oficial serão 60 questões, sendo 30 de Português, cinco de Matemática, dez de Conhecimentos Específicos, dez de Conhecimentos Gerais e cinco de Conhecimentos de Informática. 

A segunda etapa consistirá em um exame de direção de veículos, apenas para os candidatos a oficial (motorista) habilitados na prova objetiva. Serão convocados os primeiros 145 classificados na listagem geral e os primeiros 25 na lista especial. 

Os participantes deverão realizar um percurso com duração aproximada de 20 minutos. Ambas as etapas serão aplicadas nas cidades de Bauru, Campinas, Presidente Prudente, Taubaté e na capital paulista.

Últimos concursos SAP-SP foram em 2011 e 2013 

O último concurso para médicos da SAP-SP ocorreu em 2013, com organização da Fundação Vunesp. Na época, o edital trouxe a oferta de 322 vagas, sendo 92 destinadas a capital e Grande São Paulo. 

Os candidatos foram submetidos a duas etapas: prova de títulos e prova objetiva. O exame de múltipla escolha foi composto por 40 questões sobre Conhecimentos Específicos e teve duração de três horas.

Confira o edital de 2013

No caso de oficial operacional, a última seleção foi realiza em 2011. O edital, no entanto, não consta no site da banca. 

Quer receber novidades sobre concursos?

Cadastre-se para receber e-mails com asnotícias em destaque da semana, dicas de preparação, novidades da Folha Dirigidae muito mais!

Carregando...