Concurso Receita: Sindifisco alega falta de prestígio com aval da CGU

Sindicato dos auditores, o Sindifisco alega falta de prestígio do órgão em não conseguir autorização para um novo concurso Receita Federal.

30/07/2021 09:09 | Atualizado: 30/07/2021 14:00

Por: Mateus Carvalho

30/07/2021 09:09 | Atualizado: 30/07/2021 14:00 - Por: Mateus Carvalho

Nem todo mundo digeriu bem a autorização da Economia para o novo edital da Controladoria-Geral da União. O Sindifisco, por exemplo, analisou a atitude da pasta e criticou a demora com o aval do concurso da Receita Federal.

Segundo o Sindifisco Nacional, houve uma falta de prestígio. A categoria ainda classificou a tentativa de concurso como um 'fiasco', ainda mais sem explicações.

A posição do sindicato veio em nota divulgada na última quinta-feira, 29, quando falava sobre várias ações e medidas.

O Sindifisco lembra que a Administração da Receita Federal alegou que não havia mais tempo hábil para nomear ainda em 2021, o que atrapalhou o processo de autorização. A categoria, no entanto, alega que para a CGU o tratamento foi outro.

"O fato de não haver tempo para nomeação em 2021, para a CGU, não foi problema", disse o Sindifisco Nacional.

Vale lembrar que, na última terça-feira, 27, a Controladoria-Geral da União recebeu aval da Economia para preencher 375 vagas de técnicos e auditores. Saiba como se preparar!

Sindisfisco pede explicação para tamanho desprestígio

O sindicato alegou, ainda, que até o momento a Administração da Receita Federal não deu nenhuma explicação plausível que explicasse 'tamanho desprestígio'. É assim que a categoria avalia a diferença no tratamento entre o aval da CGU e do órgão do fisco.

"De nada adianta o órgão alcançar resultados que deveriam lhe trazer reconhecimento, como recordes sucessivos de arrecadação e recorde de apreensões de drogas, se não há, por parte da administração, a capacidade de transformá-los em fortalecimento institucional", diz o Sindifisco.

A categoria relembra que um novo concurso da Receita em 2021 viria para ajudar no reforço de auditores nas fronteiras e em locais de difícil provimento, que estão há anos sem uma remoção.

(Foto: Senado)
Concurso da Receita Federal espera por aval da Economia
(Foto: Senado)

À espera de aval, concurso Receita pode ter edital em 2021

Mesmo com o manifesto do Sindifisco Nacional, segue a expectativa para que um novo concurso Receita possa ser divulgado ainda este ano. Caso a autorização seja dada, o órgão trabalha com um possível edital em setembro.

A informação foi divulgada pelo próprio Sindifisco, no inicio de julho. A categoria trouxe o novo prazo logo após ficar sabendo do adiamento, já que o edital era esperado para logo, com nomeações em 2021.

Isso não será possível mais, sem tempo hábil. No entanto, a Receita Federal estaria otimista para divulgar o edital este ano e conseguir nomear em 2022.

Para isso, seria necessário que a autorização da Economia fosse divulgada em agosto para que haja tempo hábil na contratação da banca. Embora haja críticas da categoria, espera-se que o aval da CGU possa ter aberto a passagem para outras autorizações.

confira cursos

O órgão explicou que, "por questões de ordem orçamentária, os recursos que estavam separados no orçamento de 2021 não podem ser alocados para nomeações no ano de 2022."

O alvo é obter a autorização após a conclusão do PLOA 2022, que se define no Executivo em 31 de agosto de 2021. Ela trará a previsão de nova verba.

"É inadmissível que um órgão como a Receita Federal, essencial para o funcionamento do Estado, responsável, dentre outros aspectos, por sua própria manutenção financeira, tenha sido tratado com tamanho desleixo pelo Governo Federal, a ponto de não dar a devida atenção aos prazos envolvidos para a realização do concurso. A Direção Nacional vai acompanhar e cobrar incisivamente todos os responsáveis, para que o concurso público seja autorizado com a maior brevidade possível", finalizou o Sindifisco Nacional.

♦ Seja aprovado no concurso da Receita Federal ♦ 

A sua chance de ser aprovado no concurso da Receita Federal é essa. Há anos sem edital, o órgão do fisco federal deve desencantar em 2021 e receber o sonhado aval da Economia para auditor e analista.

E se você quer ter o seu nome carimbado no Diário Oficial da União e ser um dos próximos convocados, antecipe-se e comece já a se preparar!

Aqui na Folha Cursos, você já tem disponível cursos para os cargos de auditor-fiscal e analista-tributário

Com ele, você vai ter acesso à materiais exclusivos, professores especializados e uma das melhores preparações para concursos da atualidade.

acesse curso para o concurso Receita

Sindireceita quer provas do concurso Receita no mesmo dia

Outro órgão que também está na luta pelo concurso da Receita Federal 2021 é o Sindireceita, categoria dos analistas-tributários. Recentemente, eles se reuniram com representantes do órgão e pediram provas no mesmo dia.

A Receita Federal respondeu que essa demanda já está no planejamento.

Com isso, o auditor-fiscal e o analista-tributário teriam avaliações no mesmo dia. Se o aval sair em tempo hábil, as provas podem acontecer ainda este ano.

De acordo com a categoria, seria com o intuito de evitar com que vagas do analista-tributário remanesçam sem preenchimento ao termino do concurso.

Concurso Receita Federal pode ter aval para 699 vagas

O ofício que pede um novo concurso Receita Federal foi confirmado em abril e visa prover 699 vagas nas carreiras de auditor e analista, sendo: 

  • 230 vagas para auditor-fiscal; e
  • 469 vagas para analista-tributário

O órgão do fisco federal readequou o pedido após ter solicitado mais de 3 mil vagas em 2020, sem sucesso. A demanda anterior foi para vários cargas de níveis médio e superior.

Quer receber novidades sobre concursos?

Cadastre-se para receber e-mails com asnotícias em destaque da semana, dicas de preparação, novidades da Folha Dirigidae muito mais!

Carregando...