Concurso São Paulo: prefeito confirma novo edital com 550 vagas

Bruno Covas, prefeito de São Paulo, confirma a realização de um novo concurso para SP Regula com 550 vagas para os níveis médio e superior

13/11/2020 16:15

13/11/2020 16:15

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas, confirmou a realização de um novo concurso para o município com 550 vagas. A oferta será para os níveis médio e superior.

A confirmação foi feita em entrevista exclusiva à Folha Dirigida no especial Eleições 2020. Covas, que tenta a reeleição para o cargo, contou sobre suas propostas para um próximo mandato. Entre elas, a abertura do concurso público.

“Uma busca constante da nossa gestão é a melhoria dos serviços públicos, a valorização de pessoal e a eficiência da máquina pública. Tanto que em julho deste ano, sancionamos a lei 17.433, que reorganiza a administração pública municipal indireta. Com isto, teremos novo concurso, o Prefeitura SP, com 550 vagas para nível médio e superior”, destacou.

Em 29 de julho, Bruno Covas sancionou a lei nº 17.433/2020, que dispõe sobre a reorganização da Administração Pública Municipal Indireta, com a extinção e criação de entidades.

A lei garante a abertura da Agência Reguladora de serviços públicos do município de São Paulo, a SP Regula. Ela terá  autonomia administrativa  , financeira e orçamentária. Segundo o texto sancionado, o quadro de pessoal terá 550 cargos.

Prefeitura de São Paulo terá novo concurso com 550 vagas
Prefeitura de São Paulo terá novo concurso com 550 vagas
(Foto: Divulgação)

Esse quantitativo criado para SP Regula será preenchido por concurso. A divulgação de um novo edital, segundo a Secretaria de Gestão do município, ocorrerá conforme o planejamento da necessidade de pessoal da entidade. Além do volume de serviços que serão executados.

De acordo com a assessoria de imprensa da Prefeitura de São Paulo, até o momento, não há um mês exato para abertura desse concurso. 

“A Secretaria de Gestão informa que os empregos públicos criados pela Lei n 17.433/2020 serão providos mediante concurso público de provas ou de provas e títulos, que serão realizados de acordo com o planejamento da necessidade de pessoal, correspondente ao volume de serviços executados pela entidade. Os atuais servidores que trabalham com as temáticas que serão tratadas pela SP regula poderão ser cedidos à Entidade, caso seja necessário. Não há, no momento, previsão para concurso público para este fim”.

Concurso SP Regula terá ganhos iniciais de até R$8 mil

Conforme a legislação, do total de cargos criados para a SP Regula, 400 serão de nível médio e 150 de nível superior. Essas oportunidades serão para técnico em fiscalização de serviços públicos.

As remunerações iniciais, de acordo com a lei, serão de R$2.800. Tal valor pode subir para R$6.390 no decorrer de progressões.

As demais 150 chances serão de nível superior para analista de regulação de serviços públicos. Os salários serão de R$8.500, podendo chegar a R$17.278 com as progressões.

A contratação dos profissionais será pelo regime da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). Os aprovados no concurso deverão cumprir carga de trabalho de 40 horas por semana.

Com a SP Regula ficam extintos o Serviço Funerário, a Amlurb e dois departamentos da Secretaria Municipal de Subprefeitura.

Resumo concurso São Paulo SP

  • Órgão: Agência Reguladora de serviços públicos do município de São Paulo (SP Regula)
  • Vagas: 550
  • Requisitos: níveis médio e superior
  • Salários: R$2.800 a R$8.500

Concurso São Paulo SP: último edital teve 168 vagas

O último concurso público aberto pela Prefeitura de São Paulo ocorreu em 2018. A oferta foi de 168 vagas de nível superior.

As chances foram distribuídas entre os cargos de engenheiro civil (34), engenheiro do trabalho (duas), agrônomo (14), engenheiro florestal (10) e arquiteto (58). A remuneração, na época, foi de R$7.032,90 para carga de trabalho de 40 horas.

Ainda foram disponibilizadas 50 oportunidades para analista de planejamento e desenvolvimento organizacional — Ciências Contábeis. Tais profissionais atuaram na Secretaria de Fazenda de São Paulo. Os salários iniciais foram de R$6.106,33.

Para concorrer foi necessário ter nível superior completo na área a qual desejava concorrer e inscrição no Conselho Regional. Os aprovados no concurso foram contratados pelo regime estatutário, que garantiu estabilidade aos servidores.

Os candidatos foram submetidos a provas objetiva e discursivas, de caráter eliminatório e classificatório.

As provas tiveram 80 questões, divididas pelas disciplinas de Língua Portuguesa (15), Raciocínio Lógico e Matemático (cinco), Realidades Municipais e Administração Pública (dez) e Conhecimentos Específicos (50).

No exame discursivo, os inscritos elaboraram um estudo de caso. As fases foram aplicadas no mesmo dia: 9 de dezembro.

Quer receber novidades sobre concursos?

Cadastre-se para receber e-mails com asnotícias em destaque da semana, dicas de preparação, novidades da Folha Dirigidae muito mais!

Sobre o concurso

Previsto

Prefeitura de São Paulo-SP - 2020

SP
Não informado
Fund...
Não informado

Carregando...

Preparação