Concurso Polícia Penal MG: área técnica aceita proposta do Selecon

A área técnica aprova proposta apresentada pelo Instituto Selecon para organizar as primeiras etapas do concurso Polícia Penal MG. Entenda!

18/06/2021 15:34 | Atualizado: 21/06/2021 10:14

18/06/2021 15:34 | Atualizado: 21/06/2021 10:14

A escolha da banca organizadora do concurso Polícia Penal MG voltou a ter andamentos nesta sexta-feira, 18. A área técnica da Secretaria de Justiça e Segurança Pública de Minas Gerais (Sejusp) aprovou a proposta apresentada pelo Instituto Selecon para organizar as primeiras etapas da seleção, como provas objetivas e teste físico.

Agora, a comissão de licitação terá acesso aos documentos habilitatórios do Instituto para análise. Dessa forma, o pregão será retomado no dia 22 de junho, às 15h, para uma posição.

O governo de Minas Gerais realiza dois processos licitatórios para o concurso Polícia Penal. Um é para contratar a banca responsável pelas primeiras etapas da seleção, no qual o Instituto Selecon apresentou a melhor proposta.

O outro procedimento é para escolha de uma instituição que organizará o curso de formação dos aprovados. Nesse caso, o Instituto AOCP apresentou o menor preço.  Porém, no dia 14 de junho, informou que não conseguirá manter e prosseguir com sua proposta.

“Nós consideramos na fase orçamentária a realização do curso com 40 alunos, porém caso a pandemia persista teremos que usar salas com a capacidade reduzida entre outros detalhes, podendo custar uma diferença de 4 milhões o que nos representa um risco muito grande para assumirmos”, disse o Instituto AOCP.

Agentes de Segurança de Minas Gerais
Concurso terá oferta de 2.420 vagas para policial penal 
(Foto: Divulgação)

Diante da desistência, a instituição que propôs o segundo menor valor para organizar o curso de formação foi convocada a enviar seus documentos. O nome dessa banca não foi revelado.

Concurso Polícia Penal MG tem edital previsto para julho

De acordo com o secretário de Justiça e Segurança Pública de Minas Gerais, Rogério Greco, o edital do concurso Polícia Penal MG deve ser publicado em julho. Em transmissão ao vivo no dia 13 de junho, ele anunciou a publicação do documento em meados do próximo mês.

“Nossa previsão é em meados de julho”, disse o secretário. De acordo com ele, o edital será divulgado após a homologação e contratação da banca organizadora.

O concurso terá oferta de 2.420 vagas para policial penal (antigo agente penitenciário), na qual 1.944 oportunidades serão para o sexo masculino e 476 para o sexo feminino. A carreira exige o ensino médio completo e idade mínima de 18 anos.

As remunerações iniciais são de R$4.631,25 para jornada de trabalho de 40 horas por semana. Esse período poderá ser cumprido em escala de plantão, conforme a necessidade do trabalho.

Greco ainda confirmou a estrutura de provas do concurso. Serão cinco etapas: provas objetivas e de redação; prova de aptidão psicológica e psicotécnica; exames médicos; prova de condicionamento físico; comprovação de idoneidade e conduta ilibada (investigação social).

Um ponto destacado pelo secretário foi quanto ao curso de formação, que será realizado pelos aprovados em todas as etapas do concurso. Segundo Greco, serão quatro meses de aulas, com cerca de 672 horas, e não mais 40 dias, como ocorreu anteriormente.

“Acabou aquilo de entrar para um cargo importante, como o da Polícia Penal, sem o mínimo de preparação”, esclareceu.

Turbine sua preparação para o concurso Polícia Penal MG

Com a proximidade do concurso, quem deseja ingressar no cargo de policial penal de Minas Gerais deve intensificar os estudos.

Você sabia que a Folha Dirigida também tem cursos preparatórios? A Folha Cursos traz videoaulas exclusivas, apostilas e questões comentadas para te ajudar no caminho até a aprovação.

Estude para o concurso Polícia Penal MG com a Folha Cursos!

Concurso Polícia Penal MG: saiba como serão as etapas

Folha Dirigida obteve o projeto básico do concurso Polícia Penal MG, que funciona como um espelho para o edital. O documento traz informações sobre cargos, vagas, requisitos e também sobre a estrutura de provas.

A seguir, veja os detalhes das provas objetivas, redação e de condicionamento físico:

Prova objetiva e de redação:

As avaliações objetivas e de redação serão realizadas no mesmo dia, com duração de cinco horas. Os exames serão compostos por 60 questões, distribuídas da seguinte maneira:

  • Língua Portuguesa – 10 questões;
  • Informática Base – 5 questões;
  • Noções de Direito – 10 questões;
  • Direitos Humanos – 10 questões;
  • Legislação Especial – 20 questões;
  • Raciocínio Lógico – 5 questões.

A redação será sobre tema fornecido no momento da aplicação, com 20 a 30 linhas. Serão corrigidos os textos dos participantes que conseguirem a pontuação mínima e que estiverem dentro do limite equivalente a cinco vezes o número de vagas do concurso. 

Será classificado na objetiva quem obtiver o mínimo de 60% do total de pontos atribuídos na prova e mínimo de 40% em cada disciplina. Os exames serão aplicados nos municípios de: Belo Horizonte, Contagem, Vespasiano, Juiz de Fora, Uberaba, Lavras, Divinópolis.

Além de Governador Valadares, Uberlândia, Patos de Minas, Montes Claros, Ipatinga, Barbacena, Curvelo, Teófilio Otoni, Unaí, Pouso Alegre, Poços de Caldas, Sete Lagos. O candidato poderá escolher o local de aplicação dos exames no ato da inscrição.  

Prova de condicionamento físico:

A prova de condicionamento físico do concurso Polícia Penal MG, por sua vez, exigirá os exercícios a seguir:

  • Teste de flexão em barra fixa;
  • Teste de flexão abdominal;
  • Teste de impulsão horizontal;
  • Teste de flexão de braços no solo;
  • Teste de corrida de 12 minutos.

Quer receber novidades sobre concursos?

Cadastre-se para receber e-mails com asnotícias em destaque da semana, dicas de preparação, novidades da Folha Dirigidae muito mais!

Carregando...