Concurso Polícia Penal MG: escolha do Selecon como banca é homologada

Escolha do Instituto Selecon como organizar do novo concurso Polícia Penal MG é homologada pelo governo. Confira!

07/07/2021 10:26 | Atualizado: 07/07/2021 15:25

07/07/2021 10:26 | Atualizado: 07/07/2021 15:25

A escolha do Instituto Selecon como organizador do novo concurso da Polícia Penal de Minas Gerais foi homologada nesta quarta-feira, 7. Com isso, a contratação da banca poderá ser efetuada junto à Secretaria de Justiça e Segurança Pública do Estado.

Após a assinatura do contrato, as partes poderão se reunir para definir o cronograma do concurso. O edital está previsto para ser publicado na primeira semana de agosto. Já as provas devem ocorrer entre o final de setembro e início de outubro.

Os prazos foram passados pelo secretário de Segurança do Estado, Rogério Greco, e pelo subsecretário de Inteligência e Integração, Christian Vianna de Azevedo, em  transmissão ao vivo pelas redes sociais no último dia 4.

“A partir da homologação da escolha da banca, a gente tem outro trâmite interno e externo para publicação do edital. O edital deve sair na primeira semana de agosto, em cerca de 30 dias”, disse Christian Vianna.

O concurso terá o total de 2.420 vagas para policial penal (antigo agente penitenciário). Desse total, 1.944 serão para o sexo masculino e 476 para o sexo feminino.

Agentes de segurança de Minas Gerais
Concurso Polícia Penal MG terá mais de 2 mil vagas para nível médio
(Foto: Divulgação)

O cargo tem como pré-requisitos o ensino médio completo e idade mínima de 18 anos. Os salários são de R$4.631,25, em início de carreira, para jornada de trabalho de 40 horas por semana, que poderá ser cumprida em escala de plantão.

Concurso Polícia Penal MG: provas terão 60 questões objetivas

Folha Dirigida teve acesso ao projeto básico do concurso Polícia Penal MG. O documento, que funciona como um espelho para o edital, confirma as etapas da seleção e as disciplinas que serão cobradas.

Os concorrentes serão avaliados, primeiro, por provas objetivas e de redação, com duração de cinco horas. Os exames serão compostos por 60 questões, distribuídas da seguinte maneira:

  • Língua Portuguesa – 10 questões;
  • Informática Base – 5 questões;
  • Noções de Direito – 10 questões;
  • Direitos Humanos – 10 questões;
  • Legislação Especial – 20 questões;
  • Raciocínio Lógico – 5 questões.

Será classificado quem alcançar o mínimo de 60% do total de pontos atribuídos na prova objetiva e mínimo de 40% em cada disciplina. Já a redação será sobre tema fornecido no momento da aplicação, com 20 a 30 linhas.

De acordo com o projeto básico, serão corrigidas as redações dos candidatos que alcançarem a pontuação mínima e que estejam dentro do limite equivalente a cinco vezes o número de vagas do concurso. 

Os exames serão realizados nas cidades de: Belo Horizonte, Contagem, Vespasiano, Juiz de Fora, Uberaba, Lavras, Divinópolis, Governador Valadares, Uberlândia, Patos de Minas, Montes Claros, Ipatinga, Barbacena, Curvelo, Teófilo Otoni, Unaí, Pouso Alegre, Poços de Caldas, Sete Lagos.

O candidato poderá escolher o local de aplicação dos exames no ato da inscrição.  

Turbine seus estudos para o concurso Polícia Penal MG

Com o avanço nos trâmites do concurso, quem deseja ingressar no cargo de policial penal de Minas Gerais deve intensificar os estudos.

Você sabia que a Folha Dirigida também tem cursos preparatórios? A Folha Cursos traz videoaulas exclusivas, apostilas e questões comentadas para te ajudar no caminho até a aprovação.

Estude para o concurso Polícia Penal MG com a Folha Cursos!

Outras fases serão cobradas no concurso Polícia Penal MG

O concurso Polícia Penal MG também terá prova de aptidão psicológica e psicotécnica; exames médicos; prova de condicionamento físico; comprovação de idoneidade e conduta ilibada (investigação social); curso de formação técnico-profissional.

A prova de aptidão física exigirá os exercícios a seguir:

  • Teste de flexão em barra fixa;
  • Teste de flexão abdominal;
  • Teste de impulsão horizontal;
  • Teste de flexão de braços no solo;
  • Teste de corrida de 12 minutos.

Por último, os classificados em todas as etapas serão convocados para o curso de formação. A previsão é que ocorram duas chamadas para o curso.

A primeira contará com os classificados entre a 1ª e a 1.249ª posição. Já a segunda turma será composta pelos aprovados na 1.250ª a 2.497ª colocação.

Quer receber novidades sobre concursos?

Cadastre-se para receber e-mails com asnotícias em destaque da semana, dicas de preparação, novidades da Folha Dirigidae muito mais!

Carregando...