Concurso Polícia Penal MG: superintendente fala de prazos e posse

Concurso Polícia Penal MG 2021 é tema de entrevista com superintendente Educacional de Segurança Pública, Roberta Corrêa. Confira!

25/08/2021 10:41 | Atualizado: 27/08/2021 17:40

Por: Bruna Somma

25/08/2021 10:41 | Atualizado: 27/08/2021 17:40 - Por: Bruna Somma

A partir de outubro, estarão abertas as inscrições do novo concurso com 2.420 vagas para policiais penais de Minas Gerais. A carreira tem como requisito apenas o ensino médio completo e oferece salários iniciais de R$4.631,25.

Para entender melhor sobre o concurso e tirar as principais dúvidas, Folha Dirigida entrevistou nesta quarta-feira, 25, a superintendente Educacional de Segurança Pública do Estado, Roberta Corrêa. Ela falou sobre a carreira, curso de formação, prazos e posse.

Roberta destacou, por exemplo, a importância do novo concurso para policiais penais (antigos agentes penitenciários). O Governo de Minas Gerais não realiza concurso para o cargo desde 2013.

“Tivemos durante esses anos muitas perdas. Muitos contratos vencidos e não renovados. Esperamos muito por esse concurso. Para que possamos prestar nosso serviço da melhor forma possível”, disse a superintendente.

Do total de vagas do concurso Polícia Penal MG, 1.944 chances para o sexo masculino e 476 para o sexo feminino. Roberta falou sobre o ingresso de mulheres no sistema penitenciário mineiro:

“Estamos cada vez mais fortalecendo o feminino dentro do sistema. Estamos preocupadas coma formação e capacitação dessas servidoras”.

Uma novidade do concurso é a reserva de vagas para pessoas com deficiência (PcDs). A superintendente explicou que essa cota está prevista na legislação estadual e que os deficientes poderão atuar como policiais penais, com as devidas adaptações.

“A secretaria que quis trazer essa reserva e dar oportunidade para essas pessoas. De maneira inclusiva. Com adaptações e em algumas atribuições é possível que uma pessoa com deficiência atue como policial penal”, concluiu.

O concurso não terá formação de cadastro de reserva ou chamada de excedentes. “Não teremos cadastro de reserva. Serão as 2.420 vagas. Estudem para passar nesse quantitativo”, assegurou Roberta Corrêa.

Assista a entrevista na íntegra:

 

Estude para o concurso Polícia Penal MG com a Folha Cursos!

Curso de formação está previsto para outubro de 2022

O concurso Polícia Penal MG é composto por seis fases: provas objetivas e de redação; avaliações de aptidão psicológica e psicotécnica; exames médicos; prova de condicionamento físico; comprovação de idoneidade e conduta ilibada (investigação social); curso de formação técnico-profissional.

O curso de formação é uma etapa do concurso, de caráter eliminatório e classificatório. Os aprovados só serão chamados para posse após o término do curso.

De acordo com Roberto Corrêa, o início do curso de formação está previsto para outubro de 2022, logo após a divulgação dos resultados da quinta etapa do concurso.

“Imediatamente após o resultado da 5ª etapa já teremos a convocação para o curso de formação. A ideia é que se inicie no final do mês de outubro”, confirmou a superintendente Educacional de Segurança Pública de Minas Gerais.

De acordo com ele, o governo espera chamar todos os 2.420 candidatos ao mesmo tempo ou em duas turmas.

“Isso não está fechado ainda. Temos que pensar em cada etapa logística. Precisamos ver se teremos local para chamar todos de uma única vez. Caso não seja possível, chamaremos de forma escalonada. Precisamos desse policial trabalhando o mais rápido possível na ponta”, esclareceu.

Estude para o concurso PP MG 2021 com a Folha Cursos!

Alunos terão aulas de defesa pessoal e tiro

Roberta também destacou que o curso será inovador com quatro meses de formação e novas disciplinas. Os alunos terão aulas, por exemplo, de defesa pessoal e tiro. Uma vez que, como policiais, terão direito ao porte de armas.

“Nós traçamos um perfil profissiográfico para traçar quais as competências para que o policial execute bem suas atividades. A partir desse perfil, construímos esse curso de formação. Será um curso focado nos Direitos Humanos, na parte operacional, teremos defesa pessoal, teremos tiro. O policial penal terá porte de arma, por isso, teremos essas disciplinas”

O curso será realizado de forma semipresencial, com aulas presenciais e à distância, de segunda-feira a sábado. Durante o período de formação, o candidato receberá uma bolsa de 50% do vencimento inicial da carreira.

A tendência é que o curso de formação ocorra em Belo Horizonte. Mas, caso exista uma necessidade logística, é possível que as aulas ocorram também na região metropolitana.

Posse dos aprovados deve ocorrer no começo de 2023

Segundo a superintendente, a posse dos aprovados está prevista para o ano de 2023. “A expectativa é que a posse desses servidores ocorra no começo de 2023”, disse.

A escolha da lotação só ocorrerá após o curso de formação, de acordo com a classificação dos candidatos. Ou seja, quem tiver as melhores notas terá o direito de escolher primeiro os locais e unidades penitenciárias.

Questionada sobre os locais com maior demanda de policiais penais, Roberta disse que só tem condições de saber o número exato de vagas nas unidades próximo da homologação do concurso. “É feito um estudo da secretaria de necessidade em cada unidade além de um edital de remoção interna”.

O plano de carreira de policial penal ainda está em análise pela Assembleia Legislativa. Dessa forma, maiores detalhes como benefícios e adicionais estão em discussão e precisam ser regulamentados.

Para todos aqueles que desejam ingressar na Polícia Penal de Minas, Roberta Corrêa deixou a seguinte mensagem:

“Vocês estão com uma oportunidade única. Um concurso para uma carreira que tem um futuro promissor, com benefícios e capacitações continuadas. Tenho certeza que serão muito felizes quando entrarem para o sistema. E estamos ansiosos para recebê-los. Estudem muito".

Concurso Polícia Penal MG terá primeiras provas em janeiro

As inscrições do concurso serão abertas no dia 22 de outubro, pelo  site do Instituto Selecon , organizador da seleção. Os interessados poderão concluir o processo até o dia 21 de novembro.  A taxa é de R$49,16. 

As provas objetivas e de redação estão marcadas para o dia 16 de janeiro de 2022. A aplicação ocorrerá nos municípios de Barbacena, Belo Horizonte, Curvelo, Divinópolis, Ipatinga, Governador Valadares, Juiz de Fora.

Além de Lavras, Montes Claros, Patos de Minas, Poços de Caldas, Pouso Alegre, Teófilo Otoni, Uberaba, Uberlândia e Unaí. Durante cinco horas, os concorrentes deverão responder a 60 questões, distribuídas da seguinte forma:

  • Língua Portuguesa – 10 questões;
  • Informática Base – 5 questões;
  • Noções de Direito – 10 questões;
  • Direitos Humanos – 10 questões;
  • Legislação Especial – 20 questões;
  • Raciocínio Lógico – 5 questões.

Ainda será necessário elaborar uma redação de 20 a 30 linhas. Os classificados serão convocados para as próximas etapas. Por sua vez, a prova de condicionamento físico será de 22 de junho a 8 de julho de 2022 e exigirá os exercícios a seguir:

  • Teste de flexão em barra fixa (para o sexo masculino) e teste estático de barra fixa (para o sexo feminino);
  • Teste de flexão abdominal;
  • Teste de impulsão horizontal;
  • Teste de flexão de braços no solo;
  • Teste de corrida de 12 minutos.

Leia a entrevista na íntegra com a superintendente Educacional

FOLHA DIRIGIDA: Qual a importância do novo concurso para policiais penais de Minas Gerais?

Roberta Corrêa: É um concurso muito esperado. O último concurso para esse cargo foi em 2013. Tivemos durante esses anos muitas perdas. Muitos contratos vencidos e não renovados. Agora com a criação da Polícia Penal, as atribuições aumentam ainda mais. A gente esperava muito por esse concurso. Para que possamos prestar nosso serviço da melhor forma possível. Temos um sistema prisional muito extenso com quase 200 unidades.

Qual a expectativa para as vagas do sexo feminino?

RC: Temos mais de 400 vagas reservadas para as mulheres. Estamos cada vez mais fortalecendo o feminino dentro do sistema. Estamos preocupadas com a formação e capacitação dessas servidoras. Estamos confiantes de essas novas policiais ingressarem no sistema.

De forma inovadora, o concurso para Polícia Penal trouxe reserva de vagas para pessoas com deficiência. O que motivou essa atitude?

RC: Temos uma lei estadual que regulamenta e determina a previsão de vagas para deficientes em 10%. Existe também uma orientação do Tribunal de Contas. Mas do que isso é uma diretriz da secretaria que quis trazer essa reserva e dar oportunidade para essas pessoas. De maneira inclusiva. Com adaptações e em algumas atribuições é possível que uma pessoa com deficiência atue como policial penal.

Como funciona o curso de formação para policiais penais de Minas Gerais?

RC: O curso de formação é uma etapa do concurso. É a sexta e última etapa do concurso. Fizemos um curso de formação inovador. No último concurso, a formação foi de um mês. Neste serão aproximadamente quatro meses de duração, com disciplinas inéditas, como por exemplo, tiro.

Nós traçamos um perfil profissiográfico para traçar quais as competências para que o policial execute bem suas atividades. A partir desse perfil, construímos esse curso de formação. Será um curso focado nos Direitos Humanos, na parte operacional, teremos defesa pessoal, teremos tiro. O policial penal terá porte de arma, por isso, teremos essas disciplinas.

O curso será semipresencial, com aulas online e presencial. Estamos estudando como executar o curso nesse formato. No curso de formação, o candidato já receberá uma bolsa de 50% do vencimento inicial da carreira.

O curso é realizado de segunda a sábado, de acordo com a grade curricular.

Os mais de 2 mil aprovados serão convocados de uma única vez para o curso de formação? Ou serão feitas chamadas escalonadas?

RC: A ideia é que sejam chamados os 2.420 ao mesmo tempo ou em duas turmas. Mas isso não está fechado ainda. Temos que pensar em cada etapa logística. Precisamos ver se teremos local para chamar todos de uma única vez. Caso não seja possível, chamaremos de forma escalonada. Precisamos desse policial trabalhando o mais rápido possível na ponta.

Onde será realizado o curso de formação?

RC: A única etapa do concurso que será realizada de forma descentralizada será a prova objetiva e de redação. As demais etapas vão acontecer em Belo Horizonte. O curso de formação pode ocorrer na Região Metropolitana para atender a todos os candidatos.

Qual a previsão para início do curso de formação? O término será apenas em 2023 em função dos quatro meses de aulas?

RC: Imediatamente após o resultado da 5ª etapa já teremos a convocação para o curso de formação. A ideia é que se inicie no final do mês de outubro.

Quando a Secretaria de Justiça e Segurança Pública pretende homologar o concurso? A posse dos aprovados ocorrerá somente em 2023?

RC: A expectativa é que a posse desses servidores ocorra no começo de 2023.

A escolha da lotação ocorrerá após o curso de formação. Certo? Saberia quais unidades penitenciárias têm a maior demanda de pessoal?

RC: Só vai escolher no final do concurso, após o curso de formação, de acordo com a sua classificação. Só temos condições de saber o número de vagas nas unidades próximo da homologação do concurso. É feito um estudo da secretaria de necessidade em cada unidade além de um edital de remoção interna.

O concurso para Polícia Penal de Minas Gerais prevê formação de cadastro de reserva? Se sim, há a intenção de chamada de excedentes no decorrer do prazo de validade da seleção?

RC: Não teremos cadastro de reserva. Serão as 2.420 vagas. Estudem para passar nesse quantitativo.

Qual mensagem deixa a todos aqueles que desejam ingressar na carreira de policial penal?

RC: Vocês estão com uma oportunidade única. Um concurso para uma carreira que tem um futuro promissor, com benefícios e capacitações continuadas. Tenho certeza que serão muito felizes quando entrarem para o sistema. E estamos ansiosos para recebê-los. Estudem muito!

Quer receber novidades sobre concursos?

Cadastre-se para receber e-mails com asnotícias em destaque da semana, dicas de preparação, novidades da Folha Dirigidae muito mais!

Carregando...