Concurso Polícia Penal MG 2021 tem edital nesta quarta, 18

O edital do concurso Polícia Penal MG será publicado na próxima quarta-feira, 18. Oferta será de 2.420 vagas para quem tem nível médio.

15/08/2021 21:10 | Atualizado: 18/08/2021 06:30

15/08/2021 21:10 | Atualizado: 18/08/2021 06:30

O concurso da Polícia Penal MG tem edital previsto para esta quarta-feira, 18 de agosto. O prazo foi passado pelo subsecretário de Inteligência e Integração da Secretaria de Justiça de Minas Gerais, Christian Vianna de Azevedo.

+Conforme adiantado, edital da Polícia Penal MG 2021 foi publicado. Confira!

Em transmissão ao vivo realizada no domingo, 15, o gestor deu detalhes sobre a reta final dos preparativos rumo ao lançamento do concurso.

"O concurso já está realmente chegando. Quarta-feira (dia 18) o edital será publicado, no caminhar natural das coisas. A empresa amanhã vai fazer as últimas alterações no edital, sugeridas pela Assessoria Jurídica. Na terça o secretário assina o edital e ele é publicado na quarta", revelou o subsecretário.

A Secretaria de Justiça e Segurança Pública de Minas Gerais (Sejusp MG) já havia se pronunciado sobre a abertura do concurso para a Polícia Penal.

Em resposta à Folha Dirigida na última quarta-feira, 11, a pasta já tinha confirmado que o edital estava previsto para agosto.  A seleção terá oferta de 2.420 vagas para policiais penais (antigos agentes penitenciários).

Agentes de segurança de Minas Gerais posam para foto
Concurso Polícia Penal MG terá oferta superior a 2 mil vagas
(Foto: Divulgação)

Do total de oportunidades, 1.944 serão para o sexo masculino e 476 para o sexo feminino. O cargo requer o ensino médio completo e idade mínima de 18 anos. Não há limite de idade, altura ou necessidade de Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Os salários iniciais são de R$4.631,25, para jornada de trabalho de 40 horas por semana. O período poderá ser cumprido em escala de plantão, conforme a necessidade do trabalho. Haverá reserva de vagas para pessoas com deficiência.

De acordo com o subsecretário Christian Vianna, o concurso será estadual. As oportunidades não serão regionalizadas, isto é, o edital não trará a distribuição da oferta por localidades.

Os aprovados poderão ser lotados em qualquer unidade penitenciária, a depender da necessidade e do orçamento disponível.

Selecon será organizador do concurso Polícia Penal MG

O concurso para a Polícia Penal de Minas Gerais já tem banca organizadora definida. O Instituto Selecon foi contratado para receber as inscrições e aplicar as primeiras etapas da seleção, como provas objetivas e discursivas.

Ao todo, serão cinco fases: provas objetivas e de redação; avaliações de aptidão psicológica e psicotécnica; exames médicos; prova de condicionamento físico; comprovação de idoneidade e conduta ilibada (investigação social).

Não será realizada prova de títulos. Os aprovados em todas as etapas também passarão por curso de formação, a ser realizado em Belo Horizonte. Durante o período de aula, haverá concessão de uma bolsa de 50% do salário inicial da carreira.

Em julho, o subsecretário Christian Vianna disse que, a primeira fase do concurso (prova objetiva e redação) deverá ser realizada entre o fim de setembro e o início de outubro. A estimativa é que o concurso seja concluído somente em 2022.

“O processo será iniciado este ano e terminará apenas no fim do ano que vem. As provas objetivas e de redação serão entre fim de setembro e início de outubro”, afirmou.

Estude para o concurso Polícia Penal MG com a Folha Cursos

Na iminência para a divulgação do edital, os interessados no concurso Polícia Penal MG devem acelerar os estudos para as provas.

Você sabia que a Folha Dirigida também tem cursos preparatórios? A Folha Cursos traz videoaulas exclusivas, material de apoio e questões comentadas para te ajudar no caminho até a aprovação.

Estude para o concurso Polícia Penal MG com a Folha Cursos!


Uma ajuda para os estudos é o projeto básico do concurso Polícia Penal MG, ao qual Folha Dirigida teve acesso. O documento é como um espelho para o edital e confirma as etapas da seleção e as disciplinas que serão cobradas.

Segundo o projeto básico, as provas objetivas serão compostas por 60 questões, distribuídas da seguinte maneira:

  • Língua Portuguesa – 10 questões;
  • Informática Base – 5 questões;
  • Noções de Direito – 10 questões;
  • Direitos Humanos – 10 questões;
  • Legislação Especial – 20 questões;
  • Raciocínio Lógico – 5 questões.

As avaliações serão realizadas em 16 cidades mineiras, incluindo a capital Belo Horizonte. Já a prova de aptidão física exigirá os exercícios a seguir:

  • Teste de flexão em barra fixa;
  • Teste de flexão abdominal;
  • Teste de impulsão horizontal;
  • Teste de flexão de braços no solo;
  • Teste de corrida de 12 minutos.

Essa estrutura pode sofrer alterações no edital, a depender da negociação com a banca organizadora. Porém, já é possível ter um norte para os estudos.

Quer receber novidades sobre concursos?

Cadastre-se para receber e-mails com asnotícias em destaque da semana, dicas de preparação, novidades da Folha Dirigidae muito mais!

Carregando...