Concurso PM AP: governador anuncia preparativos de novo edital

Mesmo com edital em validade, governador do Amapá anuncia preparativos para novo concurso PM AP em 2022. Cargos estão em definição!

17/02/2021 16:02 | Atualizado: 17/02/2021 16:33

17/02/2021 16:02 | Atualizado: 17/02/2021 16:33

O governador do Amapá, Waldez Goés, anunciou nesta quarta-feira, 17, a abertura de um novo concurso para Polícia Militar. Durante a solenidade em homenagem aos 77 anos da corporação, ele revelou que o edital deve ser publicado em 2022.

Isso porque o estado está submetido à Lei Complementar 173/2020, que restringe a realização de concursos até dezembro de 2021 em decorrência da crise do Coronavírus. A exceção é para reposição de cargos vagos no período.

Porém, o governador pontuou que nada impede que os preparativos já comecem este ano. A Polícia Militar do Amapá, primeiro, deve concluir a chamada de 300 aprovados no concurso PM AP, realizado em 2017 e que está em validade.

“Estamos com uma turma de quase 300 pessoas para trabalhar o curso de formação e que já passaram por todas as outras etapas. Assim, vamos iniciar um novo planejamento que, pela legislação atual, só posso fazer em 2022. Mas, nada me impede de tomar todas as providências”, disse Goés, em entrevista coletiva.

O governador ainda acrescentou que será necessário realizar um estudo de quais cargos precisam de reposição.

Governo anuncia preparativos de novo concurso PM AP
Governo anuncia preparativos de novo concurso PM AP
(Foto: Divulgação)

“É necessário começar agora, preparar edital, fazer levantamento de necessidades, isto é fundamental para chegar em janeiro e eu ter condições de fazer o anúncio (do novo concurso)”.   

Resumo concurso PM AP

  • Órgão: Polícia Militar do Amapá
  • Cargos: em definição
  • Vagas: não divulgadas
  • Edital: previsto para 2022

Com o anúncio do novo concurso PM AP, a recomendação é iniciar os estudos o quanto antes. Isso porque a preparação antecipada aumenta as chances de aprovação.

Você sabia que a Folha Dirigida também tem cursos preparatórios? A Folha Cursos traz uma preparação otimizada e sem enrolação. São videoaulas, material escrito e questões relacionadas comentadas.

Estude para concursos com a Folha Cursos!

Deputado cobra convocação de aprovados no concurso PM AP

No final de 2020, o deputado Kaká Barbosa (PL) encaminhou um requerimento para o aproveitamento de habilitados no concurso PM AP de 2017. A convocação seria para o cargo de soldado.

De acordo com o parlamentar, o efetivo da PM AP não supre metade do número previsto de policiais militares previsto em lei. “No ano de 2020, o efetivo é de 3.449 policiais e o número previsto é de 7.923, resultado em um déficit de 4483”, disse Barbosa.

O deputado ainda informou que mais 170 policiais deveriam entrar na reserva remunerada até o final do ano passado. A partir desses dados, o parlamentar pede que o governo do Estado aumente o número de vagas do cadastro de reserva.

“Considerando que não só o Estado do Amapá, mas outras Unidades da Federação já realizaram medida similar de amento da quantidade de vagas previstas no cadastro de reserva a fim de atender às necessidades do serviço público sem a necessidade de abrir novos concursos”.

O requerimento esteve, em novembro de 2020, no Plenário da Assembleia Legislativa do Amapá (AL AP) para apreciação.

Concurso PM AP: confira detalhes do último edital para soldados

Há quatro anos, foi divulgado o edital do concurso PM AP para soldados. Ao todo, foram abertas 1.200 vagas para soldado, sendo 300 para contratação imediata e as outras 900 para formação de cadastro reserva. 

A Fundação Carlos Chagas (FCC) foi a banca organizadora. Para concorrer, foi necessário ter o nível superior completo em qualquer área. A seleção atraiu o total de 14.445 candidatos.

Os concorrentes foram submetidos a diversas etapas, como prova objetiva e redação, sob responsabilidade da FCC. Outras cinco fases foram coordenadas pelo Governo do Amapá, sendo elas: exame documental, teste físico, avaliação psicológica, exame de saúde e investigação social. 

Os aprovados também foram convocados para um curso de formação, no qual desfrutaram de remuneração de R$2.648,68, na época, já incluindo o auxílio-alimentação de R$900. Após a formação, o aluno deixou o posto de soldado 2ª classe e tornou-se soldado 1ª classe, com salário de R$3.759,31.

Quer receber novidades sobre concursos?

Cadastre-se para receber e-mails com asnotícias em destaque da semana, dicas de preparação, novidades da Folha Dirigidae muito mais!

Carregando...