Concurso PM AP: governador autoriza início dos preparativos

Governador Waldez Goés autoriza comandante da Polícia Militar a iniciar as tratativas para novo concurso PM AP.

22/06/2021 16:16 | Atualizado: 24/06/2021 13:12

22/06/2021 16:16 | Atualizado: 24/06/2021 13:12

O governador do Amapá, Waldez Góes, comunicou nesta terça-feira, 22, que o comandante da Polícia Militar do Estado, coronel Paulo Matias, está autorizado a iniciar os preparativos para novo concurso PM AP. O anúncio foi feito durante a entrega de novas viaturas no Comando Geral da corporação.

Em decorrência da Lei Complementar 173/2020, que restringe o ingresso de servidores até dezembro, a posse dos aprovados deve ocorrer apenas em 2022. Porém, os trâmites para o edital serão colocados em prática este ano.

Com o término da validade do último concurso para PM, um cronograma para publicação do próximo edital já está em estudo. Uma banca organizadora deverá ser contratada para conduzir a seleção e aplicar as etapas, como provas objetivas.

“O coronel Matias está autorizado a fazer essas tratativas, tomar providências internas, preparar edital, trabalhar junto com a Sead, contratar quem vai realizar o concurso (...) ao mesmo tempo que está na formação da última turma do último concurso. Portanto, se encerra o último concurso e a gente dá partida para mais um concurso da Polícia Militar, disse Góes.

Em suas redes sociais , o governador também publicou: “já autorizei nossas equipes a iniciarem a parte burocrática necessária para a realização de um novo concurso”.

Governador Waldez Góes durante entrega de novas viaturas no Comando Geral da PM.
Governador fala sobre concurso durante entrega de novas viaturas
para PM (Foto: Reprodução/Instagram Waldez Góes)

As carreiras contempladas, o número de vagas e os salários ainda não foram informados. Tais detalhes devem ser definidos após o estudo inicial.

A recomposição do efetivo da Polícia Militar do Amapá e a realização de concursos PM AP estão incluídas no Planejamento Estratégico da corporação até 2024 . Uma das ações planejadas é elaborar um estudo para reposição do efetivo, pelos próximos anos.

Novo concurso PM AP foi anunciado em fevereiro

Em fevereiro, o governador do Amapá, Waldez Goéz, anunciou a abertura de novo concurso para Polícia Militar em sua gestão. Durante a solenidade em homenagem aos 77 anos da corporação, ele revelou que o edital deve ser publicado em 2022.

O prazo foi definido porque o Estado está submetido à Lei Complementar 173/2020, que restringe a abertura de concursos até dezembro de 2021, em função da crise do Coronavírus. A exceção é para reposição de cargos vagos.

Ainda que as nomeações fiquem restritas, nada impede que os preparativos para o concurso PM AP sejam iniciados este ano. 

“É necessário começar agora, preparar edital, fazer levantamento de necessidades, isto é fundamental para chegar em janeiro e eu ter condições de fazer o anúncio (do novo concurso”, disse o governador, na ocasião.

Com o início dos preprativos do novo concurso para PM AP, os interessados devem começar a preparação. Não espere o edital para iniciar os estudos.

Você sabia que a Folha Dirigida também tem cursos preparatórios? A Folha Cursos traz uma preparação otimizada e sem enrolação. São videoaulas, material escrito e questões relacionadas comentadas para te ajudar no caminho até a aprovação.

Estude para concursos com a Folha Cursos!

Último concurso PM AP para soldados ocorreu em 2017

Em 2017, foi publicado o edital do último concurso PM AP para soldados. A oferta foi de 1.200 vagas para soldado, sendo 300 para contratação imediata e as outras 900 para formação de cadastro reserva. 

A Fundação Carlos Chagas (FCC) foi a banca organizadora. Para concorrer foi preciso ter o nível superior completo em qualquer área. A seleção registrou o total de 14.445 candidatos.

Eles foram submetidos a diversas etapas, como prova objetiva e redação, sob responsabilidade da FCC. Outras cinco fases foram coordenadas pelo Governo do Amapá, sendo elas: exame documental, teste físico, avaliação psicológica, exame de saúde e investigação social. 

Os aprovados ainda foram convocados para um curso de formação, no qual desfrutaram de remuneração de R$2.648,68, na época, já incluindo o auxílio-alimentação de R$900.

Após a formação, o aluno deixou o posto de soldado 2ª classe e tornou-se soldado 1ª classe, com salário de R$3.759,31.

Quer receber novidades sobre concursos?

Cadastre-se para receber e-mails com asnotícias em destaque da semana, dicas de preparação, novidades da Folha Dirigidae muito mais!

Carregando...