Concurso PF 2021: veja análise do conteúdo programático

Veja a análise do programa de disciplinas do concurso PF, publicado na última sexta-feira, 15.

18/01/2021 10:45 | Atualizado: 28/01/2021 16:20

18/01/2021 10:45 | Atualizado: 28/01/2021 16:20

Um dos editais mais aguardados neste início de ano, do concurso PF, finalmente foi publicado. A seleção oferece 1.500 vagas para os cargos de agente, delegado, escrivão e papiloscopista. 

Para auxiliar quem almeja uma vaga no concurso da Polícia Federal no ano de 2021, Folha Dirigida realizou uma live especial com o head de conteúdo do Folha Cursos, Eugênio Montoto. Durante a live, Montoto analisou o conteúdo programático do concurso e deu algumas dicas.

O primeiro ponto destacado por Eugênio foi o fato de o programa do concurso PF 2021 ser muito parecido ao da última seleção, realizada em 2018. De acordo com o programa disponível no edital do concurso, serão cobradas as seguintes disciplinas para os cargos ofertados:

Agente

  • Bloco I, com 60 questões: Língua Portuguesa, Noções de Direito Administrativo, Noções de Direito Constitucional, Noções de Direito Penal e de Direito Processual Penal, Legislação Especial, Estatística e Raciocínio Lógico;
  • Bloco II, com 36 questões: Informática;
  • Bloco III, com 24 questões: Contabilidade Geral.

Escrivão

  • Bloco I, com 60 questões: Língua Portuguesa, Noções de Direito Administrativo, Noções de Direito Constitucional, Noções de Direito Penal e de Direito Processual Penal, Legislação Especial, Estatística e Raciocínio Lógico;
  • Bloco II, com 36 questões: Informática;
  • Bloco III, com 24 questões: Contabilidade Geral e Arquivologia.

Papiloscopista

  • Bloco I, com 60 questões: Língua Portuguesa, Noções de Direito Administrativo, Noções de Direito Constitucional, Noções de Direito Penal e de Direito Processual Penal, Legislação Especial, Estatística e Raciocínio Lógico;
  • Bloco II, com 36 questões: Informática;
  • Bloco III, com 24 questões: Biologia, Física e Química.

Para esses três cargos será preciso obter, pelo menos, 48 pontos na prova para garantir a aprovação. Além disso, os candidatos devem alcançar no mínimo, seis pontos no bloco I, três no bloco II e dois no bloco III. Isso significa que o candidato que zerar quaisquer um dos blocos será reprovado.

A prova para o cargo de delegado será um pouco diferenciada. As 120 questões não foram divididas em blocos. A avaliação será composta pelas disciplinas de: 

  • Direito Administrativo;
  • Direito Constitucional;
  • Direito Civil;
  • Direito Processual Civil;
  • Direito Empresarial;
  • Direito Internacional Público e Cooperação Internacional;
  • Direito Penal;
  • Direito Processual Penal;
  • Criminologia;
  • Direito Previdenciário; e
  • Direito Financeiro e Tributário. 

Para garantir uma vaga de delegado também é preciso que o candidato obtenha pelo menos 48 pontos de acertos na prova. 

No mesmo dia da prova objetiva, todos os concorrentes deverão realizar uma avaliação discursiva. Para agente, escrivão e papiloscopista a prova discursiva consistirá em um texto dissertativo de, no máximo, 30 linhas.

Para a carreira de delegado a avaliação contará com três questões dissertativas e a elaboração de uma peça profissional.

Eugênio Montoto chamou atenção para o fato de que os candidatos têm cerca de 66 dias para se preparar para o dia da prova. Segundo ele, os estudos agora devem ser feitos de maneira mais objetiva e organizada para que o concorrente possa garantir sua aprovação:

"Neste momento organização é fundamental, diria eu fatal. Se você não se organizar para estudar e revisar, você vai ter dificuldade para passar pelo conteúdo e chegar lá [na prova] adequadamente, com o nível correto para obter o sucesso", destacou.

De acordo com o professor, este é o momento de avaliar quais conteúdos precisam de revisão e o que ainda precisa ser estudado. Montoto reforçou, ainda, a importância de revisitar o conteúdo já estudado de maneira frequente.

"A mente humana, para fixar um conteúdo, precisa voltar naquele conteúdo, pelo menos, duas ou três vezes. Nós aprendemos step by step, ou seja, fração de conteúdo por fração de conteúdo."

Montoto também ressaltou que o sono é um grande aliado no processo de memorização dos conteúdos. "Como um aluno avisa ao cérebro para ele não jogar fora a aula que assistiu no dia anterior? Fazendo um resumo da aula antes de dormir."

Polícia Federal
Programa do concurso PF é semelhante ao do último concurso
(Foto: Divulgação)​​​​​​

Carreira de agente de polícia deve ser uma das mais disputadas

O cargo de agente de polícia promete ser um dos mais disputados nessa seleção. Isso porque além de ser a carreira com maior demanda dentro da corporação, é a que oferece mais vagas.

Das 1,5 mil oportunidades oferecidas, 893 são para agente de polícia, 400 para escrivão, 84 para papiloscopista e 123 para delegado de polícia. Todas as carreiras têm como exigência o nível superior e Carteira Nacional de Habilitação, na categoria B ou superior. 

Para o cargo de delegado ainda é preciso ter a comprovação de experiência jurídica ou policial de três anos. As remunerações variam de R$12.980,50 a R$24.150,74, confira a tabela:

CarreiraRequisitosRemuneração 
AgenteNível superior em qualquer área + CNHR$12.980,50
EscrivãoNível superior em qualquer área + CNHR$12.980,50
PapiloscopistaNível superior em qualquer área + CNHR$12.980,50
DelegadoNível superior em Direito, experiência de três anos + CNH R$24.150,74

O regime de contratação é pelo regime estatutário, que garante estabilidade. As vagas são nacionais, ou seja, sem distribuição por regiões. As convocações serão realizadas de acordo com as necessidades da PF. A Região Norte e as faixas de fronteira são os locais com mais vagas disponíveis.

Botão com link para curso para agente da PF

Confira quais conteúdos de agente de polícia devem ser destaque na prova

Eugênio Montoto chamou atenção para a prova do agente de polícia. O professor alertou que 50% da prova está distribuídas entre as disciplinas dos Blocos II e III. Ou seja, Informática, que corresponde a 30% do total da avaliação e Contabilidade, representando  20% da prova.

A afirmação é feita com base em uma análise realizada pelo professor com base no histórico de provas do concurso PF ao longo dos anos. Além disso, Montoto, que é professor de Contabilidade, destacou que o destaque para essa disciplina deve ser o tema de Escrituração Contábil.

Para ele, das 24 questões destinadas a essa disciplina, sete ou oito devem abordar o tema.

"Claro que não é só Escrituração Contábil, o programa é imenso, mas nós sabemos o histórico desse concurso. A banca tem a mesma distribuição percentual de grande parte das matérias, pelo menos as principais."

Ainda de acordo com Montoto, outros tópicos que merecem atenção são: Atos demonstrativos; Conceito de contas; e  Planos de contas.

Montoto também chamou atenção para o fato de que os candidatos não devem chutar questões em provas do Cebraspe. Isso porque a banca adota aquele característico sistema de correção em que uma resposta errada anula uma resposta certa.

"Prova do Cebraspe não é para você chutar, você tem que marcar aquilo que você tem absoluta convicção. Atenção nesse aspecto, porque isso é bastante relevante, uma questão que você chuta e erra, vai anular uma questão que você acertou. Portanto, esse é um ponto muito importante quando você estiver fazendo sua prova, tem que ter bastante calma e convicção."

+ Concurso PF: diretora fala de edital, etapas e convocações. Assista!

Concurso PF tem provas marcadas para março

A data das provas objetiva e discursiva do concurso PF está marcada para o dia 21 de março. Os exames serão aplicados nas 26 capitais,  além do Distrito Federal, podendo ter novos locais de acordo com a demanda de inscritos.

Todos os cargos terão provas aplicadas no mesmo dia e horário. Essa primeira fase terá caráter eliminatório e classificatório.

Lembrando que só serão corrigidas as provas discursivas dos aprovados na avaliação objetiva. De acordo com o edital, será feita a correção de 4.507 provas discursivas. Sendo:

  • Agente - 2.675 provas corrigidas;
  • Escrivão - 1.200 provas corrigidas;
  • Delegado - 376 provas corrigidas;
  • Papiloscopista - 256 provas corrigidas.

Além das provas objetiva e discursiva, os candidatos do concurso PF serão avaliados em outras etapas de seleção, sendo elas:

Os concorrentes ainda terão pela frente outras etapas de seleção, podendo eliminar ou classificar, que serão:

  1. Exame de aptidão física;
  2. Prova oral (somente delegado);
  3. Avaliação médica;
  4. Avaliação psicológica;
  5. Avaliação de títulos (somente delegado);
  6. Prova prática de digitação (somente escrivão).
  7. Investigação social;
  8. Curso de formação.

O curso de formação será ministrado na Academia Nacional de Polícia, no Distrito Federal.

Inscrições do concurso iniciam no próximo dia 22

As inscrições do concurso PF terão início no dia 22 de janeiro, no site do Cebraspe , organizador. As candidaturas poderão ser feitas até o dia 9 de fevereiro.

Para formalizar a inscrição, os concorrentes devem efetuar o pagamento de uma taxa de inscrição, no valor de:

  • Agente - R$180
  • Escrivão - R$180
  • Papiloscopista - R$180
  • Delegado - R$250

O concurso PF tem validade de dois anos, contados a partir da data de homologação do concurso. O prazo poderá ser prorrogado, uma vez, por igual período.

A Polícia Federal prevê o aproveitamento do cadastro de reserva, com a convocação de excedentes. A princípio, serão 2 mil aprovados convocados, mas outras nomeações podem ocorrer ao longo do prazo de validade do concurso.

curso para a PF

Veja cursos de preparação para o concurso PF

Você já conferiu a novidade da Folha Dirigida? No início deste mês foi feito o lançamento do Folha Cursos, com opções para uma preparação adequada e sem enrolação.

Na Folha Cursos, os futuros servidores têm acesso a materiais completos e aulas com professores especializados. Os cursos contam com videoaulas, material escrito e questões relacionadas comentadas .

E, para quem está de olho numa vaga do concurso PF, há cursos de preparação disponíveis específicos para essa seleção. Veja a lista:

Por cargo

Por carreira

Quer receber novidades sobre concursos?

Cadastre-se para receber e-mails com asnotícias em destaque da semana, dicas de preparação, novidades da Folha Dirigidae muito mais!

Sobre o concurso

Inscrições Encerradas

Polícia Federal - 2021

Nacional
Até R$24150,74
Fund...
1500 vagas

Carregando...

Preparação