Concurso PF 2020: previsão de edital em outubro pode ser mantida

A Polícia Federal ainda não recebeu aval para o concurso PF 2020, como previa o cronograma. Edital, porém, ainda pode sair em outubro.

25/05/2020 14:00 | Atualizado: 25/05/2020 17:49

Por: Mateus Carvalho

25/05/2020 14:00 | Atualizado: 25/05/2020 17:49 - Por: Mateus Carvalho

O primeiro passo para a realização de um concurso federal é a publicação da autorização do governo. A Polícia Federal, em seu cronograma provisório, estimava um aval para o concurso PF 2020 esta segunda-feira, 25, - o que não aconteceu. Mas, o que pode mudar a partir de agora?

Em tese, o que muda são os atrasos nos eventos posteriores e a possibilidade de o edital não ser divulgado este ano, caso o aval não saia em tempo hábil. No entanto,  há esperanças de o concurso PF acontecer em 2020, tendo em vista a rapidez da corporação no último edital.

Isso mesmo! Em 2018, - ano que Polícia Federal divulgou o seu último edital com 500 vagas - a autorização saiu em abril. A PF tinha até seis meses para divulgar o edital de abertura, o que aconteceu muito antes disso.

A corporação trabalhou com agilidade nos preparativos, definiu banca e divulgou edital dois meses depois, em junho. Isso indica que a Polícia Federal pode ter a mesma celeridade para um edital este ano, caso a autorização saia no segundo semestre. 

Vale lembrar que todo aval do governo federal para a realização de concurso prevê que os órgãos publiquem seus editais em até seis meses. Dessa forma, uma autorização até 30 de junho obrigaria a corporação a divulgar o edital ainda em 2020.

(Foto PF)
Polícia Federal espera aval do governo para realizar novo concurso público
(Foto: PF)


Cronograma previa editais em outubro e novembro

Em março, começou a circular nas redes sociais um documento que indicava um possível cronograma sugestivo do próximo concurso PF. O calendário das etapas pré e pós edital havia sido enviado como sugestão ao governo - demonstrando que internamente a corporação já se movimentava.

A reportagem da FOLHA DIRIGIDA apuroum, junto a fontes da PF, que esse documento é verídico. Ele previa autorização em 25 de maio e assinatura do contrato com a banca em setembro.

+ MP que extingue comissionados não impacta o concurso PF, diz Boudens

Essa mesmo documento ainda revelou para quais cargos da área Policial foi o pedido do concurso PF: 

  • agente de polícia;
  • escrivão;
  • delegado; e
  • papiloscopista.

A exceção desta vez foi o perito. Todos os cargos exigem nível superior, com o delegado exigindo habilitação em Direito. Além disso, a PF estimava divulgar os editais ainda este ano, usando o prazo máximo da autorização, veja:

-> 5 de outubro (agente e papiloscopista); e
-> 22 de novembro (escrivão e delegado).

Como assim prazo máximo? Se a corporação estimava receber autorização em 25 de maio, contados os seis meses (prazo máximo dado pelo governo para publicação do edital), o segundo edital estava previsto para sair três dias antes dessa previsão expirar.

Mas, como a PF trabalhou com agilidade no concurso anterior, há a possibilidade ainda dessas datas de publicação de editais serem mantidas. A Polícia Federal não se manifesta oficialmente sobre esse cronograma.

O que pode ter atrasado a autorização do concurso PF?

Antes mesmo da previsão para a autorização expirar, a reportagem da FOLHA DIRIGIDA foi atrás dos motivos pelo qual o atraso poderia acontecer

Para o presidente da Fenapef -, Luis Boudens, o aval corria riscos de atraso em virtude do PLP 39/2020, já que a pauta da vez, internamente, não é um novo concurso, mas sim a possibilidade de os policiais ficarem sem reajuste salarial. 

"Creio que apenas depois desse projeto é que teremos algumas novidade sobre a autorização do concurso", disse o presidente da Fenapef.

O representante da federação explicou ainda que as entidades e a corporação aguardam sobre o veto ou sanção do presidente Jair Bolsonaro. A Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal (ADPF) apontou outro evento que impactaria no atraso do aval.

Segundo a ADPF, o imbróglio envolvendo as investigações e o inquérito do Supremo Tribunal Federal têm impacto direto na corporação e traria consequências em todo esse trâmite.

A PF tem dois pedidos de concurso em análise no Ministério da Economia, totalizando 834 vagas. Dessas, 600 são para a área Policial e 234 para a área Administrativa. Além disso, uma minuta solicitando mais 3.400 vagas foi enviada, havendo a possibilidade de ser concedido um aval superior.

Confira as principais datas que o cronograma trouxe:

  • Autorização - 25/05
  • Assinatura do contrato com a banca - 28/09
  • Publicação edital (agente e papiloscopista) - 05/10
  • Publicação edital (escrivão e delegado) - 22/11
  • Provas objetivas e discursivas (agente e papiloscopista) - 07/02
  • Provas objetivas e discursivas (escrivão e delegado) - 28/03
  • Exame de aptidão física (agente e papiloscopista) - 11/04
  • Exame médico (agente e papiloscopista) - 17/05
  • Preenchimento da ficha de informações confidenciais (agente e papiloscopista) - 18/05 a 25/05
  • Avaliação psicológica (agente e papiloscopista) - 24/05
  • Exame de aptidão física (escrivão e delegado) - 06/06
  • Perícia médica (agente e papiloscopista) - 27/06
  • Procedimento de heteroidentificação - 28/06
  • Exame médico (escrivão e delegado) - 11/07
  • Preenchimento da ficha de informações confidenciais (escrivão e delegado) - 12 a 19/07
  • Resultado da primeira etapa (agente e papiloscopista) - 21/07/2021
  • Prova oral (delegado) - 21 e 22/08/2021
  • Avaliação psicológica (escrivão e delegado) - 26/09
  • Perícia médica (escrivão e delegado) - 30/10/2021
  • Processo de heteroidentificação (escrivão e delegado) - 31/10/2021
  • Resultado final primeira etapa (escrivão e delegado) - 21/12/2021
  • Nomeação (agente e papiloscopista) - 27/12/2021


O que precisa ter para concorrer no próximo concurso PF?

CarreiraRequisitosRemuneração 
AgenteNível superior em qualquer + CNHR$12.441,26
EscrivãoNível superior em qualquer + CNHR$12.441,26
PapiloscopistaNível superior em qualquer + CNHR$12.441,26
DelegadoNível superior em Direito, experiência de três anos + CNH R$23.130,48
Agente administrativoNível médio completoR$4.710,76
Plano Especial de Cargos da PF Nível superior em várias áreas R$5.554,87


Confira o material de preparação da FOLHA DIRIGIDA e comece já os estudos para o concurso!

✔ E-books 
✔ Provas para download
✔ Artigos sobre concursos
✔ Editais verticalizados
✔ Vídeos com dicas

Newsletter

Newsletter

Quer receber novidades sobre concursos?

Quer receber diretamente no seu e-mail as principais notícias dos concursos da sua região?

E de quebra dicas para seus estudo? Cadastre-se gratuitamente na newsletter FD para ter tudo isso!

Sobre o concurso

Previsto

Polícia Federal - 2020

Nacional
Não informado
Fund...
Não informado